A pequena livraria dos sonhos - Jenny Colgan

>>  segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

COLGAN, Jenny. A pequena livraria dos sonhos. São Paulo: Editora Arqueiro, 2019. 304 p. (Scottish Bookshop, v.1). Título original: The little shop of happy ever after.

“- Mas ao ler um livro, a gente sente que está vivendo dentro dele.
- Que nem em jogo de computador?
- Não, não é que nem em um jogo de computador. Jogos são legais, mas, no fim das contas, você continua vendo coisas na tela e apertando botões. Ler é existir na história.
Bem franziu os olhos, pensando.
- É como está lá de verdade.
- É como está lá de verdade. Você se conecta direto ao cérebro do escritor. Só você e ele. Você vivencia o que ele vivencia. ” p. 184

Hoje tem mais um livro da coleção Romances de hoje por aqui, o último que faltava eu ler dessa coleção tão fofa (por dentro e por fora rs). Dessa mesma autora já saiu na coleção A padaria dos finais felizes, meu favorito entre todos. Enfim, confiram o que achei de A pequena livraria dos sonhos.

Nina Redmond, 29 anos, é uma mulher tímida, magra e pequena, com longos cabelos castanho-avermelhados e que está sempre com um livro na mão. Nina é uma rata de biblioteca e uma bibliotecária apaixonada pelo seu trabalho. Com cada vez mais bibliotecas fechando as portas, com os livros sendo destruídos e substituídos pelos celulares e e-readers, ela tem a sensação de que vai ser atirada na rua a qualquer momento. Ela vive em um mundo que, infelizmente, tem cada vez mais bibliotecários desempregados.

Quando a biblioteca pública em que trabalha em Londres, anuncia que vai fechar as portas, ela fica desesperada. Não sabe o que fazer do futuro, principalmente, não sabe como salvar todos aqueles livros, que provavelmente serão descartados. Ela tenta salvar a maioria, e começa a encher a pequena casa que divide com a melhor amiga, Surinder, de todos os livros que consegue pegar. Claro que a amiga surta, e as duas estão sempre prestes a brigar.

Nina ama ler, ama encontrar o livro perfeito para cada pessoa. Quando vê o anúncio de uma enorme van na Escócia, tem uma ideia. Transformar a van em uma livraria, e, com o poder da literatura, transformar vidas por onde passar.

Usando todas as suas economias, desconsiderando as críticas dos amigos, ela larga tudo e vai começar do zero em uma cidade no meio do nada, nas Terras Altas da Escócia. E Nina, que até então só vivia nas páginas dos seus livros, começa a descobrir um mundo de romance e aventuras.

~~~~~~~

É claro que eu amei tudo que refere a biblioteca, a livraria, as inúmeras citações de livros e autores. Vários deles não foram lançados aqui no Brasil, nunca nem ouvi falar, então fiquei animada anotando tudo. Por outro lado, em se falando do romance em si, ele deixou um pouco a desejar, vamos lá...

Adorei a ambientação na Escócia, com seus lindos vales e montanhas, a paisagem bucólica e a vida longe da cidade grande. Foi lindo acompanhar como Nina desabrochou com essa mudança toda e aos poucos foi amadurecendo. A autora cita Outlander, Heidi, Harry Potter e inúmeras outras histórias para público de todos os gostos, adorei tudo relacionado a Nina bibliotecária, e a sua fofa livraria.

Sobre os personagens, eu gostei da protagonista. Nina é tímida, introspectiva, mas tem um coração bom e vive com a cabeça no mundo dos livros. Ela quer um daqueles romances perfeitos e arrebatador. Seus amigos, Surinder e Griffin meio que tentam acordar ela para a vida, mas fazem isso de uma maneira que torna difícil simpatizar com eles. Gostei dela, mas o achei muito chato. Marek surge do nada, um dos candidatos a “mocinho” da história. Não gostei dele em hora nenhuma rs. Já o mal-humorado Lennox roubaria meu coração fácil rs.

O romance deixou a desejar. Demora pra caramba para acontecer, o primeiro beijo rola lá depois da página 250, e de repente o livro já está acabando. Eu até gostei dos dois juntos, mas faltou explorar mais o relacionamento. Mesmo sabendo que o foco desses livros é a mulher e a forma como ela muda seu mundo e seus objetivos, eu queria mais. Falando em geral sobre a coleção Romances de hoje, eu não desgostei desse, mas comparando, foi o que menos gostei da coleção até agora.

Acho que minha avaliação ficou até bem parecida com a da Evelyn, que já leu e resenhou esse mesmo livro por aqui. Faltou drama, faltou romance, faltou PEGADA! Ficou meio bleh, tudo muito linear o livro todo. E, claro, vou reclamar bem mais do final! Terminou do nada, no ar, puff acabou. Já temos mais um livro da série, a Nina vai ser apenas uma coadjuvante e conta a história de uma mulher que ainda não apareceu por aqui, mas espero que a Nina tenha algum destaque.

Quem leu, me conte o que achou! Eu indico a coleção inteira, principalmente para as mulheres. Nós precisamos sempre nos unir, e acreditar que possamos ocupar qualquer lugar no mundo! Desde que a gente queira e corra atrás dessas mudanças.

Adicione ao seu Skoob!

Série Scottish Bookshop:
  1. A pequena livraria dos sonhos (The little shop of happy ever after)
  2. The bookshope on the shore (ainda não lançado no Brasil).
Avaliação (1 a 5): 3.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit top comentarista de janeiro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO