A honra das terras altas - Hannah Howell

>>  segunda-feira, 25 de maio de 2020

HOWELL, Hannah. A honra das terras altas. São Paulo: Editora Arqueiro, 2020. 272p. (Os Murrays, v.2). Título original: Highland honor.

“De repente, todos os seus pequenos sonhos de ganhar o coração de Nigel não pareciam nada além das fantasias loucas de uma criança enamorada. Tinha sido uma tola, tentando alcançar algo que pertencia a outra de um modo inabalável. Gisele se sentiu extremamente vulnerável e indefesa. Não poderia suportar aquilo por mais um minuto. Tampouco conseguiria voltar a encarar Nigel, aterrorizada com a ideia de suas emoções recém-descobertas pudessem ser lidas em seu rosto ou em seus olhos. Seria impossível ficar à vontade com aquele homem. Passaria todos os momentos do dia temendo se trair por uma palavra ou um gesto. ” p. 163

Depois de um ano de espera (!!!) finalmente saiu o segundo volume da série Os Murrays da Hannah Howell. Eu adorei o primeiro, O destino das terras altas, e estava ansiosa pela continuação. Confiram o que achei de A honra das terras altas!

Sir Nigel Murray saiu de suas terras na Escócia com o coração partido e sem saber o que fazer do resto de sua vida. Depois que a mulher que amava, se casou com seu irmão. Sete anos se passaram. Ele foi viver como mercenário na França, lutando contra os ingleses nas batalhas que precisassem. Sua vida de mulheres desconhecidas e bebedeiras muda quando conhece por acaso um jovem fugitiva.

Gisele DeVeau é uma moça belíssima, que foge há mais de um ano para escapar dos capangas da família de seu falecido marido. Depois de um casamento marcado por abusos físicos e sexuais, ela buscou ajuda da família, que fez pouco caso de suas queixas. Suas promessas gritadas de matar o marido, acabaram sendo usadas contra ela quando ele foi, de fato, assassinado.  Ela fugiu e nunca olhou para trás.

A família DeVeau jurou vingança, e segue em seu encalço, oferecendo uma polpuda recompensa pela sua captura. Ela é inocente, mas nem mesmo sua família acreditou nela. Contando com a ajuda de um primo, Gisele se junta ao exército e corta seus longos cabelos negros cacheados, para se passar por um pajem. Ela não engana como homem, nem usando calças e cabelo curto. E quem descobre tudo já no primeiro dia, é Nigel.

Quando ela conta sua triste história, ele se dispõe imediatamente a protege-la. Oferece para leva-la para a Escócia, na casa de sua família ela estaria segura. Mas tudo dá errado e logo eles estão fugindo com vários inimigos por perto.

No meio de longas cavalgadas e florestas francesas, logo surge uma paixão avassaladora entre eles. A determinação dos dois será posta em prova constantemente. Eles precisam sobreviver, vencer os traumas do passado e só então encontrar o amor.

~~~~~

Eu curti muito o primeiro livro da série, mas demorou bastante para sair a continuação, tive até que relembrar a primeira história. Como os livros são razoavelmente independentes (cada livro conta sobre um casal diferente), isso não atrapalha tanto, é a vantagem das séries de romance de época.

O primeiro livro teve uma maior ambientação histórica, sobre as guerras da época e a estruturação da sociedade escocesa. Gostei bastante desse desenvolvimento, não ficou só na história do casal principal. Aqui o livro praticamente inteiro é apenas com o casal protagonista. Isso porque eles passam quase o livro todo fugindo, tentando chegar à Escócia.

Eu adoro Nigel desde o primeiro livro, então torcia muito por ele, para que encontrasse seu verdadeiro amor. Maddie, protagonista do primeiro livro, sempre gostou dele como amigo e se apaixonou por seu irmão mais velho, mas ele nunca aceitou ou superou isso. Foi lindo vê-lo se apaixonar novamente, mesmo tendo escolhido uma moça que poderia ser irmã de Maddie (o que lhe renderá problemas no decorrer da história rs). Gisele é uma mulher interessante, magra, pequena, que teve sua inocência roubada de forma tão escrota. Morri de pena dela, o leitor vai querer protege-la quase tanto quanto Nigel.

No livro quase todo temos a fuga desesperada dos dois. Ficou lento e bem repetitivo algumas vezes, torcia para eles chegaram logo e nada. E fora as burrices que Gisele faz, não uma, mas duas vezes. Me irritou o comportamento dela nesses momentos, já era para ter aprendido que não conseguiria sobreviver sozinha com um monte de homem querendo matá-la para receber a recompensa.   

Eu adorei o romance, os dois têm química e são muitas cenas calientes dos dois no meio de um matinho qualquer (Jamie Fraser feelings aiai) rsrs. Torci muito por eles, afinal o escroto do marido dela merecia morrer e ela era inocente no meio de tudo isso. Muito triste ver a forma como os abusos a afetavam tanto, principalmente no início do livro.

Porém, comparando com o primeiro, achei o enredo lento, faltaram mais emoções e reviravoltas. A ambientação foi fraca, considerando os cenários lindos que passaram pela França e Escócia. Eu esperava mais, mas emoção do final. A narrativa foi um pouco repetitiva as vezes, muitas frases que se repetem. Não desgostei, mas achei a leitura morna.

Quem leu me conta se gostou, eu só espero que não demorem tanto a lançar o terceiro, estou bem curiosa (o primeiro capítulo dele está incluso nesse volume). Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Os Murrays da Hannah Howell:
  1. O destino das terras altas (Highland destiny) – Maldie e Balfour
  2. A honra das terras altas (Highland honor) – Nigel e Gisele
  3. Highland promise (os demais ainda não lançados no Brasil)
  4. Highland vow
  5. Highland Knight
  6. Highland bride
  7. Highland angel
  8. Highland groom
  9. Highland warrior
  10. Highland conqueror
  11. Highland Champion
  12. Highland lover
  13. Highland barbarian
  14. Highland savage
  15. Highland Wolf
  16. Highland sinner
  17. Highland protector
  18. Highland avenger
  19. Highland máster
  20. Highland guard
  21. Highland chieftain
  22. Highland devil.
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de maio!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO