O que acontece em Londres - Julia Quinn

>>  segunda-feira, 18 de maio de 2020

QUINN, Julia. O que acontece em Londres. São Paulo: Editora Arqueiro, 2020. 288p. (Trilogia Bevelstoke, v.2). Título original: What happens in London.

“E naquele momento a expressão “luz nos olhos” finalmente fez sentido.
Porque, quando lhe pediu que aparecesse na janela ás seis, Olivia sorriu. E quando olhou no fundo dos olhos dela, foi como se o mundo inteiro ganhasse uma luz difusa e alegre, e tudo aquilo, cada ínfima gota de beleza, diversão e felicidade, tudo vinha dela. Daquela mulher que estava diante dele à porta de sua casa em Mayfair.
E foi então que ele soube. Tinha acontecido. Ali mesmo, em Londres.
Harry Valentine tinha se apaixonado. ” p. 225

Li o segundo volume da Trilogia Bevelstoke da Julia Quinn, confiram o que achei de O que acontece em Londres!

Olívia Bevelstoke, 20, é a bela do baile. Em sua terceira temporada em Londres começou a ficar com uma certa “má fama” na sociedade. Afinal, já teve muitos admiradores e recusou todos os pedidos de casamento que recebeu. Olívia busca algo mais, e nenhum dos mocinhos patetas, formais ou sem sal a interessou.

Quando fica sabendo, através de fofocas pouco confiáveis das amigas, que seu novo vizinho é alguém de fama duvidosa, ela resolve espioná-lo. Dizem que ele é lindo, mas que matou a ex noiva. Ela então começa a passar dias inteiros na janela, espiando o vizinho no escritório dele. Ele nunca sai de lá, passa os dias escrevendo, o que é claro, muito suspeito. Até que um dia ele a vê e Olívia fica mortificada.

Harry Valentine, não possui título nem grande fortuna, filho mais velho de um baronete bêbado, se alistou no exército para ficar longe de tudo. Hoje trabalha como tradutor de russo para o Departamento de Guerra inglês. Apesar de não trabalhar como espião, foi treinado para tal, então percebe imediatamente que a linda vizinha o observa há alguns dias. Ele imagina que seja mais uma jovem cabeça de vento, embora linda, e não da grande importância ao assunto.

Seu irmão mais novo, Edward, já lhe dá trabalho suficiente. Já que pelo jeito, o jovem está seguindo os mesmos passos do pai, vive bêbado. Já seu primo Sebastian, também não sai de sua casa, normalmente voltando de alguma festa.

Quando Harry decide deixar a história de Olívia de lado, recebe uma convocação do seu trabalho, ele precisa vigiar um príncipe russo, suspeito de conspirar contra a Inglaterra. O problema é que o príncipe parece estar cortejando Olívia, e agora ele precisa ficar muito próximo dela.

~~~~~~

Essa trilogia apesar das capas magníficas, não está realmente entre os melhores da autora por enquanto, ainda falta o terceiro livro. Mas eu gostei mais desse do que do primeiro, porque achei tudo muito engraçado! Ri demais das cenas malucas entre eles e com um livro fanfarrão que todos começam a ler.  Esse se encaixaria bem em uma categoria, algo como um “chick-lit de época” rs, bem leve e divertido.

Gostei da Olívia, mas faltou Miranda aparecer em algum momento. As duas juntas eram ótimas. Ou o irmão gêmeo dela aparecer mais. A Olívia impetuosa e que não mede palavras do primeiro livro, raramente aparece aqui. Talvez por não ter tantos eventos sociais, o livro quase inteiro se passa na casa dela, mais especificamente na janela! Isso porque no começo ela fica espionando Harry, achando que ele não percebeu. E depois que eles já se conhecem se encontram sempre na janela para papear, o que foi fofo, mas fez perder pontos na ambientação.

Ele a presenteia com um livro “Srta. Butterworth e o barão louco” e eu me diverti horrores com os personagens lendo partes do livro. E quando Sebastian começa a ler e encenar parte do livro na sala de estar da Olívia, lendo para o príncipe Russo!! Eu ri alto com as cenas. Imagino que isso volte no próximo livro, que será do Sebastian, estou curiosa.

O romance é morno, foi o que perdeu pontos comigo. O mocinho é sem sal toda vida, só lá para o final que ele melhora bastante. Mas pelo menos ele é cortês e educado com ela o tempo todo, o que já é bem melhor do que o mocinho anterior rs. O romance em si é quase inexistente, tirando uma cena de beijo e uma íntima em uma festa, temos só conversas e conversas, na janela principalmente. Apesar disso achei o final bem fofinho, gostei demais do pedido de casamento inusitado.

História leve, fofa e divertida, mas falta pegada no romance. Para quem é viciado no estilo como eu rs, tem outras séries melhores. Quem leu me conte o que achou!! Quem ama romance de época eu sempre indico, garante bons momentos de descontração, leiam!

Adicione ao seu Skoob!


Trilogia Bevelstoke da Julia Quinn:
  1. História de um grande amor (The secret diaries of miss Miranda Cheever)
  2. O que acontece em Londres (What happens in London)
  3. Ten things I love about you (ainda não lançado no Brasil).

Avaliação (1 a 5): 3.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de maio!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO