Cortesã por uma noite - Lisa Kleypas

>>  segunda-feira, 3 de maio de 2021

 

KLEYPAS, Lisa. Cortesã por uma noite. São Paulo: Editora Arqueiro, 2021. 272p. (Os mistérios de Bow Street, v.1). Título original: Someone to watch over me.

"Era hipócrita da parte dele usar o passado de Vivien contra ela, disse a si mesmo. Afinal, ele não vivera como um monge. E Vivien não podia mudar o próprio passado. Ela alegava se arrepender de sua promiscuidade, e Grant, acreditava nela. Mas não conseguia controlar seu ciúme... ciúme de uma cortesã... Ah, tanto os amigos quanto os inimigos dele teriam um prazer maldoso com aquilo, se soubessem. Ninguém jamais poderia descobrir, inclusive Vivien, quanto ele gostava dela." p. 120

Eu sou fã da Lisa Kleypas e quando vejo série dela, já vai logo para a lista. Não foi diferente com este lançamento, um dos livros mais antigos da autora e o primeiro da Trilogia Os mistérios de Bow Street. Confiram o que achei de Cortesã por uma noite.

Grant Morgan é um homem implacável! Nascido na pobreza, perdeu o pai muito novo e viveu em um orfanato, até ir parar nas ruas. Ele começou do nada, mas se tornou um dos patrulheiros da Bow Street, sob o comando de Sir Ross Cannon.  Morgan ficou conhecido nas ruas e é temido por todos, um trabalhador incansável que sempre resolve seus casos, não importa quão influente seja o culpado. Isso, seus quase 2 metros de altura e físico forte, acabou tornando-o famoso, sendo conhecido por todos e aceito nos bailes da aristocracia.  

Em uma noite fria, Morgan é chamado para investigar uma vítima de afogamento no rio Tâmisa. Lá chegando, fica surpreso ao descobrir que a vítima, uma mulher, está viva! E mais ainda, ele a conhece. A moça quase morta, é ninguém menos do que Vivien Duvall, uma famosa cortesã. Eles têm um passado conturbado, Morgan a conheceu em um evento social e ficou encantado pela sua beleza, mas sua postura orgulhosa, fez com que ele dispensasse suas atenções. Mas a fofoca que correu por toda Londres, espalhada por ela, foi que ela o dispensou. Ele nunca esqueceu e queria vingança. 

Morgan acaba levando a moça para a sua casa e quando ela é examinada, o médico descobre que ela perdeu a memória. Vivien sobreviveu a uma tentativa de assassinato,  foi estrangulada e jogada no rio para morrer. Ele agora precisa descobrir o culpado, mas como ela não se lembra de nada, o caso se complica. Enquanto investiga, ele resolve deixar Vivien hospedada em sua casa.

A moça simples, aparentemente inocente e muito inteligente, tem pouco em comum com uma famosa cortesã. Sem memória, ela se entrega sem reservas ao seu salvador.  Já Grant, sente uma atração cada vez maior, mas não se esquece de quem ela é, e que, em algum momento, deve recuperar a memória. 


~~~~~~~~~~

Eu gosto muito da Lisa Kleypas, mas este livro não me conquistou. E olha que começou muito bem! A trama prende, esse toque de suspense sempre deixa tudo melhor. O livro é bem escrito e o enredo é ótimo...  O problema foi o romance! 

Eu adorei Vivien no início! Aparentemente uma cortesã fria e sem coração que coleciona homens de acordo com seus desejos, ela escolhe amantes ricos e os troca quando não servem mais. Vive uma vida de riqueza e badalação. O problema é que a Vivien sem memória não se lembra de nada disso e aparenta ser apenas uma jovem inocente e desprotegida.  Uma moça simples, que ama ler, trata os empregados com gentileza e insiste em ajudar nas tarefas. Uma moça que fica corada com os galanteios de Grant, que o deixa confuso desde o início. 

Grant é um ótimo policial, mas é também um homem solteiro que não acredita no amor. Ele não pensa em se casar e o sexo para ele é sempre algo sem compromisso. Ele se encantou por Vivien no passado e acabou sendo humilhado. Agora, mesmo com toda a atração que sente por ela, tenta se segurar. Ao mesmo tempo que fica encantado, duvida de tudo o que ela diz e faz, afinal, ela é apenas uma cortesã e em algum momento deve recuperar a memória. 

O grande problema para mim foi os dois protagonistas como um casal. O Grant está longe de ser um "mocinho" e eu fui tomando raiva do protagonista ao decorrer da leitura. Vivien estava frágil, convalescendo, sem memória e ele praticamente abusa dela em duas cenas. Em uma que força um beijo e em outra que ela está dormindo. E ele justifica todas as suas atitudes em pensamento, já que ela é "apenas uma cortesã". Então pelo seu passado, era como se ele pudesse fazer tudo com ela, já que ela já dormiu com vários homens mesmo. Ao contrário de uma mulher pura, a quem ele deveria respeito! Gente, eu sei que em romance de época nós temos que relevar muitas coisas, muito do que acontece fazia parte das regras da época, do senso comum de todos os homens naquele período da história. Uma prostituta é vista como uma pária, sempre. Mas a narrativa foi machista ao extremo, eu não consegui aceitar a postura do protagonista.

Além disso, a autora estraga o melhor plot twist do livro com uma revelação que deveria ser bombástica. O título e tudo o que acontecia no início já estraga a surpresa! Falando nisso não gostei do título nacional, entrega o segredo todo, pois dá a entender algo diferente do que a narrativa diz. Apesar disso a capa é maravilhosa!! Enfim, a grande revelação para mim selou de vez o machismo da história. Já que o comportamento de Grant muda da água para o vinho. 

Outra decepção foi Vivien após recuperar a memória. Eu esperava tanto da personalidade dela! E que nada, ela só tinha olhos para Grant e seu grande amor por ele aff. E até o final eu não engoli Grant, para mim ele foi um brutamontes manipulador o livro todo! 

E tem algo que presta? Tem gente!! hahaha. Apesar de tudo isso, o suspense prende e o enredo é muito bom. Gostei do desenvolvimento final e fiquei curiosa para ler os próximos da trilogia. Só espero que tenha "mocinhos" que mereçam usar este nome rs. 

Quem leu me conte se gostou! 

Adicione ao seu Skoob!

Trilogia Os mistérios de Bow Street:
  1. Cortesã por uma noite (Someone to watch over me)
  2. Lady Sophia's Lover (os demais ainda não lançados no Brasil)
  3. Worth any price.

Avaliação (1 a 5): 2.5


 Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de maio!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO