O homem que morreu duas vezes - Richard Osman

>>  segunda-feira, 18 de outubro de 2021

OSMAN, Richard. O homem que morreu duas vezes. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2021. 400p. (Thursday murder club series, v.2). Título original: The man who died twice.

"Assim sendo, e olhando para o quadro geral, Elizabeth espera que Douglas esteja morto. Sem querer ofender. Só prefere ter como ex-marido um ladrão morto do que um assassino vivo." p. 212

Quem acompanha o blog sabe que eu amei de paixão O clube do crime das quintas-feiras e defendo esse livro com unhas e dentes! Se alguém leu e não amou, nem me conte... Para entender melhor essa história irreverente e muito diferente, para quem ainda não conhece, leiam a resenha do primeiro livro! E agora, confiram o que achei do segundo livro da série com O homem que morreu duas vezes do Richard Osman. 

Em O clube do crime das quintas-feiras ficamos conhecendo a turma de idosos mais descolada da Inglaterra. Eles moram em um retiro de aposentados, mas ao contrário de todo o tédio esperado nesses lugares, eles resolveram investigar antigos crimes sem solução, como um hobby... Tudo fica mais sério quando alguém realmente morre por lá e eles resolvem descobrir o culpado. E é assim que Elizabeth, a "líder" da trupe e que trabalhou no MI5 (serviço de espionagem doméstica britânico); Joyce, a verdadeira líder do grupo que se passa por uma senhora frágil e inofensiva muito bem; Ron que ainda conserva a fúria dos seus tempos de líder sindical e Ibrahim, um psiquiatra que tem formas muito gentis de dizer tudo o que os amigos precisam escutar... se tornam os mais improváveis detetives britânicos!

Com os crimes mais recentes solucionados, a turma entrou em uma tediosa rotina de aposentados, que eles odeiam. Até que algo acontece com Ibrahim e deixa todos em polvorosa para ajudá-lo, buscar vingança, ou, quem sabe, justiça. O que vier primeiro. O inspetor-chefe, Chris Hudson, está feliz da vida com Patrice, e a namorada é ninguém menos do que a mãe de Donna, policial parceira de Chris e amiga de todos do clube.  

Ao mesmo tempo, Douglas, ex-marido de Elizabeth dos tempos do MI5, a procura com um pedido de ajuda. O agente tinha cometido "um erro" bem planejado, ele roubara 20 milhões de libras em diamantes da máfia e precisava ficar escondido. Claro que o MI5 alegou que nada havia sido retirado da casa, mas o dono do local tem provas contra Douglas e busca vingança. Ele agora está escondido pela agência e nega para todos o roubo, mas conta a verdade para Elizabeth.

Enquanto isso, Joyce se diverte criando uma conta no Instagram, flertando com todos os senhores de boa aparência que conhece (até os mafiosos) e pensando em adotar um cachorro. Ron recebe a visita especial do seu neto, uma criança fofa e inteligente, e Ibrahim precisa vencer seus próprios medos. Já o marido de Elizabeth, Stephen, continua se divertindo jogando xadrez com Bogdan, enquanto se anima com as aventuras da esposa. Sua mente está cada dia mais confusa, com o avanço do Alzheimer, mas ele ainda encontra partes de si para permanecer no mundo real. 

Quando um duplo assassinato acontece no curso da investigação, elas correm para a ação. Precisam descobrir o culpado, encontrar os diamantes, e claro, enfrentar a máfia. E tudo isso, obviamente, antes da polícia e do MI5. 

"Donna se ajoelha e acende a lanterna. Joyce pensa em se ajoelhar também, mas isso é um suplício para quem já passou dos sessenta e cinco. Ela opta por sentar-se no degrau logo acima. Elizabeth se ajoelha. Não há nada que ela não consiga fazer?" p.224

~~~~~~~

Ah gente, se vocês ainda não tiverem lido o primeiro livro, leiam logo!! Essa série é tão deliciosamente divertida, tão apaixonante! Eu amo esses personagens todos, eles já parecem amigos que reencontro e morro de saudade, todos eles parecem tão reais. O autor consegue construir tudo de forma muito natural, que você acha TUDO possível. Todas as loucuras, enrascadas, eu me divirto da primeira à última página!

O segundo livro continua tão ou mais divertido do que o primeiro, eu dei risada do início ao final, me emocionei, contei as melhores partes para o marido que ficava do lado observando eu rindo sozinha (não que isso ainda cause surpresa kkk)... É dos poucos livros que eu termino e poderia começar a ler de novo agora, sem enjoar.  

Claro que é tudo muito cômico e muito exagerado, as partes de suspense e ação não são forçadas nem nada assim, mas é cada coisa esdrúxula que acontece!! O MI5 conta tudo para a Elizabeth, a polícia não guarda segredos e trabalha em conjunto com eles, a máfia acredita nesses malucos e todos têm dificuldade de "matar logo" um pobre velhinho. Eu fiz algumas teorias e o título do livro me pegou bonito, tive uma surpresa no final. Matei algumas charadas sobre o Douglas e a outra agente e foi só, sempre acontecem várias coisas imprevisíveis.

E para aumentar a diversão, eu ri mais ainda, ao descobrir que algo citado pelo autor era real. Nesse volume a Joyce, minha favorita entre os quatro, faz uma conta no Instagram. E ela passa o livro todo contando o que postou, quem está seguindo, com quem ela interage por lá e etc. E qual não foi minha surpresa, quando lá no final do livro eu fui pesquisar e descobri que o Instagram @greatjoy69 realmente existe! E todas as fotos que ela cita desde o início do livro estão lá! Isso não foi uma tirada incrível do autor? Eu adorei!! Como toda boa fã, já estou seguindo e mandei uma mensagem para a Joyce externando meu amor (risos)!

Eu adoro todos os personagens! Elizabeth inteligente e a líder do grupo, alguém que se importa muito pouco com a idade e o fato de ser uma agente aposentada... ela mexe os pauzinhos e resolve os problemas. Joyce, minha favorita, a boa cozinheira que sempre se passa como a inofensiva do grupo, mas que na verdade é quem tem os melhores palpites e deixa todos no chinelo. O diário dela tem as melhores narrações da história. Adoro Ron e seu jeito protetor e ao mesmo tempo meio brucutu, e Ibrahim, o mais intelectual e o mais frágil do grupo. Adorei também o núcleo secundário: os policiais Chris e Donna, Patrice, Bogdan e Stephen. Todos muito bem construídos! Acho muito interessante como a abordagem da demência de Stephen vai avançando aos poucos, ele está desenvolvendo Alzheimer, vive esquecendo coisas e vivendo no passado, mas quando realmente importa, ele está no presente, sabendo de tudo, e pronto para apoiar a esposa, Elizabeth. 

A narrativa continua muito divertida e você sempre aprende muito com todas as pérolas da terceira idade que vão sendo jogadas durante a história.  

Eu amei a continuação e indico para todos, esse livro é diferente e imperdível! Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Thursday murder club series:
  1. O clube do crime das quintas-feiras (The thursday murder club)
  2. O homem que morreu duas vezes (The man who died twice)
  3. Thursday murder club book 3 (previsto para 2022 nos EUA)
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de outubro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO