Um refúgio nas montanhas - Robyn Carr

>>  quarta-feira, 1 de dezembro de 2021


CARR, Robyn. Um refúgio nas montanhas. Rio de Janeiro: Editora Harlequin, 2020. 368p. (Virgin River, v.2). Título original: Shelter Mountain.

"- Ele disse... John disse que eu posso ficar uns dias. Mas ele...
- Ele o quê? - perguntou Mel, franzindo o cenho.
- Ele é um pouco assustador.
Mel deu uma risadinha.
- Não, ele é muito assustador. Na aparência. A primeira vez que eu vi Preacher, fiquei com medo de me mexer. Mas ele é o melhor amigo do meu marido há uns quinze anos e é sócio dele no bar tem mais de dois anos. Ele é manso como um gatinho. Demora um tempo para se acostumar com ele... Mas Preacher é muito bom - acrescentou ela, com brandura. O coração que ele tem... É tão grande. Tão grande quanto ele." p.45

Depois de Virgin River: um lugar para sonhar que deu origem a série de TV homônima da Netflix, eu estava curiosa para ler a continuação. Hoje conto para vocês o que achei de Um refúgio nas montanhas da Robyn Carr. 

Não contém spoilers sobre o primeiro livro, mas conta sobre a vida atual do casal anterior. 

John Preacher Middleton, 32, é sócio de Jack no bar, eles trabalham juntos há muitos anos, depois de terem servido juntos como fuzileiros. Preacher é um homem enorme, musculoso, tímido e solitário. Filho único, perdeu a mãe muito cedo e só tem amigos próximos. Ele nunca esteve em um relacionamento e nem se imagina assim, nem vendo os amigos casados e felizes com os filhos. Ele acha que assusta a maioria das mulheres e crianças.

Paige Lassitter, 29, está fugindo, tentando escapar do marido violento que a espancou inúmeras vezes. Ela sabia que uma hora ele iria matá-la, sua única chance era escapar com o filho de 3 anos, Christopher. Mesmo depois de duas queixas na polícia, terapia, nada mudou.  Ela foge e pretende atravessar o país até uma casa segura, um endereço que lhe deram em um abrigo.

Mas em uma noite chuvosa e depois de pegar um desvio errado, uma Paige machucada e assustada, acaba chegando em Virgin River. Ela entra no bar e conhece Preacher, que estava sozinho prestes a fechar. Uma Paige muito assustada só quer continuar fugindo, para cada vez mais longe do marido. Já Preacher faz de tudo para ajudar, e insiste para que ela fique na cidade por alguns dias até se recuperar. 

Ela logo está sendo protegida pela comunidade, é levada à clínica onde Mel a examina e cuida dela. Todos querem ajudar. Paige só quer escapar. Preacher, acha que finalmente achou uma mulher por quem poderia se apaixonar. 

~~~~~~~~~~~


Gostei muito mais do segundo livro do que do primeiro!! Esse volume é mais maduro, o enredo explora vários personagens e é bem mais dinâmico. A ambientação continua perfeita, mas temos já também aquele apego por todos os personagens. Adorei a leitura!

Virgin River é aquela cidade que saiu dos sonhos de qualquer coração romântico. Uma paisagem belíssima, uma cidade acolhedora e romântica, com moradores unidos e sempre dispostos a cuidar uns dos outros. É aquele lugar que você lê e se imagina lá, dá vontade de conhecer e ser mais um dos seus poucos moradores. 

E nesse livro a autora trabalha com temas pesados, mas com muita sensibilidade.  Ela aborda de forma consciente e rica temas importantes como: abuso contra a mulher, violência doméstica, violência psicológica, transtornos psicológicos, efeitos das drogas no organismo pelo uso contínuo, maternidade, gravidez na adolescência, perda, luto. E mesmo sendo muitos assuntos, Robyn Carr faz isso muito bem, passando uma linda mensagem de superação, fé e esperança. 

Falando sobre os protagonistas, eu adorei o casal! Preacher é um fofo, um cara enorme, mas que é todo coração. Ele morria de medo de assustar Paige, se aproximou dela aos poucos, foi o amigo que ela precisava naquele momento. O romance mesmo demora a acontecer, mas dá para perceber que aos poucos, eles vão se apaixonando. Christopher é um fofo! Que criança linda e carinhosa. E eu adorei a forma como Preacher se apaixonou também pela criança e fez tudo o que o pai (o fdp que só espancava a esposa) nunca fez. 

A história é repleta de tramas paralelas, tanto que por muito tempo o romance fica em segundo plano. Temos Mel gravidíssima de Jack e cheia de planos para a chegada do bebê. Eu já lia esperando o drama e morrendo de medo de algo de errado acontecer. Temos a família de Jack, em especial Brie, a irmã mais nova que foi abandonada pelo marido e está arrasada. Ela é uma promotora de sucesso e praticamente tem que sustentar o traidor, que raiva! Temos Mike Venezuela que também serviu com Jack e Preacher, atualmente é policial, e é baleado e fica em estado grave. Temos Rick que com apenas 17 anos engravida a namorada de 14! E por aí vai... muitas histórias paralelas, muita emoção. Inclusive Brie será a protagonista do próximo livro.

O final foi bem novelesco, com muitos dramas e bastante ação. Achei um pouco manjado, mas devorei tudo, amei o final mesmo assim. 

Já sobre a série de TV, o livro realmente deixa a série no chinelo! No primeiro até era bem fiel e tinha coisas que mudaram e ficaram melhores na TV, aqui o livro dá um banho! Eu não entendi porque mudar toda a história de Preacher e Paige na série e deixar tudo tão sem graça. Será que foi para não tirar o protagonismo de Mel e Jack? Não entendo. Na série Paige já mora na cidade, o filho já tem uns 10 anos acho, e ela é dona de um trailer de lanches. E ela tem sim um passado secreto, foge do marido abusivo, mas isso é a única coisa em comum. Uma pena! A história de Rick, de Brie, de Mike, também é totalmente diferente. Brad que na série tem todo um destaque, nos livros é só o recente ex-marido fdp da Brie. 

Eu adorei e estou doida para ler o próximo, leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Virgin River da Robyn Carr:
  1. Virgin River: Um lugar para sonhar (Virgin River) - Mel e Jack 
  2. Um refúgio nas montanhas (Shelter mountain) 
  3. Recando dos segredos (Whispering rock)
  4. A Virgin River Christmas  (os demais ainda não lançados no Brasil)
  5. Second chance pass
  6. Temptation ridge
  7. Paradise valley
  8. Forbidden falls
  9. Angel's peak
  10. Moonlight road
  11. Promise Canyon
  12. Wild man creek
  13. Harvets moon
  14. Bring me home to Christmas
  15. Hidden Summit
  16. Redwood bend
  17. Sunrise point
  18. My kind of Christmas
  19. Return to Virgin River.
Avaliação (1 a 5):
,

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de novembro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO