target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A descoberta das bruxas - Deborah Harkness

>>  quarta-feira, 3 de agosto de 2011

HARKNESS, Deborah. A descoberta das bruxas. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2011. 640p. Título original: A Discovery of witches.

“- Hamish, há muita coisa nessa história que não entendo, mas entendo três coisas – disse Matthew enfaticamente enquanto pegava a taça de vinho no chão.
- Não cederei ao desejo de beber o sangue dela. Eu não quero controlar o poder dela. E seguramente não desejo transformá-la em vampiro.” P.126

Bruxos, demônios e vampiros. Três raças que convivem secretamente entre os humanos e que se odeiam publicamente. Só este mote já me deixou louca para ler este livro, eu amo sobrenatural e aqui o misticismo convive lado a lado com a ciência. Magia, romance e suspense me deixaram grudada a cada uma das páginas de A descoberta das Bruxas de Deborah Harkness.

Diana Bishop é uma bruxa, a última descendente da família Bishop, já que é filha única e seus pais foram mortos quando ela era ainda uma criança; uma tragédia que mudou para sempre sua vida - seu pai e sua mãe descendiam de linhagens muito poderosas e a magia os levou muito jovens. A dor desta perda fez com que Diana quisesse ficar bem longe de seu dom, ela seguiu com sua vida evitando ao máximo usar qualquer tipo de encanto, embora ainda deslizasse como no dia em que sua máquina de lavar quase inundou seu apartamento. Mas ela era uma pesquisadora, estudava história da ciência, os manuscritos sobre alquimia que demonstravam como a ciência ultrapassou a magia.

Durante uma pesquisa na Biblioteca Bodleiana de Oxford, a acadêmica sem querer começa a ler um manuscrito chamado Ashmole 782. Ela não percebe que sua antiga linhagem fez com que ela quebrasse um feitiço feito há séculos, quando vê que o manuscrito está enfeitiçado ela o devolve rapidamente a estante; mas era tarde demais para escondê-lo.

Um artefato tão poderoso atrai à biblioteca uma grande quantidade de bruxos, demônios e vampiros. Dentre tais criaturas um vampiro poderoso, de aspecto sombrio e magnificamente belo. Matthew Clairmont é um renomado médico geneticista e acredita que o manuscrito pode revelar a origem de todas as espécies e sabe que todas as criaturas o procuram desesperadamente.

Logo seu interesse pelo manuscrito da lugar a uma grande necessidade de proteger Diana, que parece não ter consciência do perigo que corre com todas as raças em seu encalço. Diana sempre soube que é perigoso se aproximar de um vampiro, o sangue bruxo seria como mel para eles, suas tias sempre a avisaram para ficar bem longe de vampiros e demônios. Mas, ela nunca quis se envolver com magia, não da muita bola para tantas proibições e se alia a Matthew para tentar desvendar este mistério.

Um vampiro de mil e quinhentos anos, uma bruxa que renega suas origens e seu poder; para complicar os dois estão muito próximos, uma proximidade que pode se transformar em algo mais... será que ela poderia se apaixonar por um vampiro? E qual o verdadeiro interesse dele... ela ou o manuscrito?

Esta busca exigirá que Diana enfrente seus maiores medos, descubra o poder que tem dentro de si para se defender antes que vire uma marionete nas mãos de outras bruxas. Matthew terá que encarar seu passado, enfrentar sua família e proteger Diana de um perigo que cresce a cada dia. Em uma viagem que vai de Oxford, passa pela França e Nova York; em uma aula de história sobre os cavaleiros templários, a revolução americana e as cruzadas conheçam esta história onde alquimia e ciência andam de braços dados com magia e seres míticos.

Sei que a primeira vista este livro pode parecer enorme, mas eu devorei cada uma de suas muitas páginas e terminei querendo muito mais, o livro é o primeiro volume da trilogia All Souls e claro já estou ansiosa pela continuação. A autora tem um talento fenomenal para a ficção, conseguiu dosar cenas emocionantes, sensuais,  magia, ciência e uma boa aula de história. O texto é bem detalhado, eu gosto muito das histórias bem ambientadas, mas um leitor afoito pode achar o texto cansativo.

Os personagens são muito bem construídos, alguns dos secundários roubam a cena em diversos momentos, mas a historia de amor entre os protagonistas que vai surgindo aos poucos me encantou – não temos aquele amor a primeira vista que na maioria das vezes não cola, Matthew vai aos poucos descobrindo uma grande atração por Diana, ela vai se entregando aquela paixão e juntos descobrem um sentimento muito maior.

Iremos conhecer Ysabeau, que é tudo que podemos esperar de uma vampira milenar, ela exala poder, amedronta e garante também um humor ácido. Baldwin é um vampiro que aparece pouco na história, mas seu jeito poderoso e cruel me conquistou, espero descobrir mais sobre ele no futuro, assim como os demônios que têm menos destaque na história.

Do lado das bruxas Em e Sarah garantem momentos muito divertidos, até uma gata mal humorada Tabitha ganha seu lugar na trama. As tias de Diana estão horrorizadas com a proximidade de sua sobrinha de um vampiro e a maneira que reagem a isto, bom tem que ler para descobrir rs.

A autora alterna o foco da narração entre primeira e terceira pessoa para contar sobre outros personagens o que eu gostei bastante. Senti falta de mais ação e feitiçaria, mas Diana tem que descobrir seus poderes aos poucos e tem alguns feitiços muito bons. Mas em alguns momentos eu queria sacudir a moça, vai mulher, resolve sua vida e faz alguma coisa.

Eu adorei a aula sobre vinhos, sobre biologia, várias citações de autores célebres e todo o embasamento histórico da obra. Este é um daqueles sobrenaturais imperdíveis, se você gosta do estilo com certeza irá se encantar com a trama grandiosa da Deborah. Leiam!

Trilogia All Souls de Deborah Harkness

1)      A descoberta das bruxas (A discovery of witches)
2)     Sombra da noite (Shadow of night)
3)  O livro da vida (The book of life).

Avaliação (1 a 5): 

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO