target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Sirensong - Jenna Black

>>  quarta-feira, 1 de agosto de 2012


BLACK, Jenna. Sirensong: o perigoso chamado da rainha. São Paulo: Editora Universo dos livros, 2012. 344p. (Faeriewalker, v.3). Título original: Sirensong.

“-Isso foi uma das coisas mais valentes e idiotas que você já fez – ele disse ao encontro do meu cabelo. – Você acabou de roubar dez anos da minha vida.
Soltei uma risada ainda cheia da adrenalina que percorria meu corpo.
- Você é imortal, seu bobo.
- Eu era antes de encontrar você – ele rebateu.” p.166

Faeriewaker é uma série de fantasia sobre fadas, o livro conta a trajetória de Dana, uma garota que vivia no mundo mortal com a mãe, até que fugiu de casa e foi procurar pelo pai em Avalon. Lá ela descobre um mundo cheio de magia, seres diferentes e muitas aventuras. Descobre também que, infelizmente, ela também faz parte deste mundo e agora corre grande perigo. Hoje vou falar do terceiro livro com Sirensong da Jenna Black.

Esta resenha contém spoilers para quem não leu Glimmerglass e Shadowspell.

Dana continua tentando levar uma vida razoavelmente normal em Avalon, apesar de que não pode chamar de normal o fato de ser uma Faeriewaker, a única viva em mais de 100 anos, e por causa disso, uma prisioneira do próprio pai. Seus poderes são únicos e perigosos, sua vida corre perigo e seu pai optou por colocá-la vivendo em uma casa segura no subterrâneo da cidade.

Claro que isso não impediu que a moça continuasse vendo seu namorado Ethan, sua melhor e única amiga, Kimber, e se colocasse nas maiores confusões. Ameaçada de morte pelas rainhas das cortes seelie e unseelie ela conta com a presença atenta de seu guarda-costas Finn e até com aulas de defesa pessoal ministradas por Keane.

As coisas ficaram ainda mais complicadas após o seu terrível pacto com o  Erking – um poderoso ser sobrenatural. Para salvar Ethan de uma vida de escravidão, ela promete entregar sua virgindade ao Erking, como não pretende fazer isso de forma alguma, isso significa que ela ficará virgem por muito tempo. Ela também agora tem a marca do Erlking, e isso faz com que ele consiga localizá-la em qualquer lugar.

Quando ela estava começando a se acostumar com toda esta confusão, algo ainda pior acontece. Ela e seu pai recebem um convite para comparecer a corte da rainha seelie em Faerie, sim, aquela mesma rainha que a queria morta. Como este não era um convite passível de recusa, Dana parte para o reino junto com seu pai e seus amigos: Finn, Keane, Kimber e Ethan.

Durante a viagem muitos perigos tentam atingir Dana, muitas surpresas também esperam por ela. Atirada em uma armadilha pelos inimigos da rainha, Dana acaba sendo caçada e agora precisa fugir para sobreviver.

~~~~

Sim, o livro é emocionante, ágil e cheio de surpresas e reviravoltas. Sim, é um daqueles livros que deixam o leitor grudado até a última página. Sim, é uma das melhores séries sobre fadas e a mitologia é ótima. Não, o final não foi totalmente satisfatório.

Acontece que a série Faeriewalker foi sempre anunciada como uma trilogia, ou seja, este livro fecharia a série. O final é interessante, muita coisa acontece com Dana e seus amigos e temos aventuras até a última página. Tem também um epílogo para contar mais sobre alguns fatos, algo que para mim nunca é satisfatório. Fiquei com aquela sensação de quero mais. Gostei do fato de nem tudo terminar no “felizes para sempre”, acontecem coisas boas e coisas ruins no final. Isso é mais real e mais interessante.

Porém algumas coisas ficam no ar ou perdem destaque, a impressão que eu tenho foi que a autora começou a escrever um livro grande, resolveu parti-lo em três volumes e depois se embolou no último. Veja bem, os poderes e o dom de Dana são muito interessantes. Mas só aqui no último livro que ela realmente vai a Faerie e pode fazer alguma coisa com este dom. Isso tirou muito da ação dos dois primeiros livros, e agora que ela realmente tem algum poder, a série acaba.

Agora o interessante é que vi no site da autora a sinopse de um quarto livro com o título de Girl’s Night Out. O livro é anunciado como uma e-novella e está previsto para julho de 2012 nos EUA. Poderia ser somente um livro de contos, algo pequeno interligado com a série. Porém pela sinopse os eventos se passam algumas semanas após o final de Sirensong, então para mim, mesmo que tenha 50 páginas, é uma continuação.  Temos que esperar para ver, mas fiquei feliz em saber que teremos mais sobre a série e espero que o novo livro seja lançado no Brasil.

Independente disso, os personagens e diálogos são bem construídos. Dana continua imprudente e corajosa, aqui suas escolhas são mais inteligentes, mas mesmo assim ela faz muita coisa por impulso e mata seus amigos de preocupação. A briga entre Ethan e Keane da ritmo a trama e garante algumas passagens engraçadas.

A autora também trabalha várias temáticas na série, romance, aventura, magia, política, brigas, traições e a doença da mãe de Dana. O alcoolismo da mãe da personagem é descrito durante os três livros, causa de sua fuga para Avalon e do rancor de Dana com sua mãe. A posição de Dana diante disso é radical para alguns, eu consigo me solidarizar com a personagem.

Para os fãs de fantasia esta é uma série que sem dúvida merece atenção. Leiam e divirtam-se!

Trilogia Faeriewalker de Jenna Black
  1. Glimmerglass: o encontro de dos mundos (Título original: Glimmerglass)
  2. Shadowspell: o misterioso reino de Avalon (Título original: Shadowspell)
  3. Sirensong: o perigoso chamado da rainha (Título original: Sirensong)
Interligado (?):
Girls's Night Out (Previsto para julho/2012 nos EUA)

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO