target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O pesadelo - Lars Kepler

>>  quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013


KEPLER, Lars. O pesadelo. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2012. 448p.(Joona Linna, v.2).Título original: The nightmare.

“Penelope escorrega e se levanta usando a mão, depois escala as pedras íngremes que cercam a floresta. O motor do barco de borracha fica em silêncio e Penelope sabe que a dianteira deles é insignificante. Corre para as árvores com Björn. Eles se enfiam na floresta enquanto seus pensamentos rodopiam em pânico e seus olhos procuram por todos os lados um lagar onde possam se esconder.” p.21

Quem acompanha o blog sabe que eu adoro  ficção policial, e apesar de não gostado tanto de O hipnotista (primeiro livro da série) eu gostei da escrita dos autores. Lars Kepler é o pseudônimo do casal sueco Alexandra Coelho Ahndoril e Alexander Ahndoril, e hoje vou falar do segundo volume da série Joona Linna com O pesadelo.

Não contém spoilers do livro anterior.

O detetive Joona Linna ganhou fama e respeito na polícia após a forma como desvendou seu caso anterior, e é considerado um dos principais investigadores do Departamento Nacional de Investigação Criminal, apesar do seu jeito incomum de trabalhar.

É verão em Estocolmo, e a polícia acaba de descobrir o corpo de uma jovem em um barco a deriva. Seus pulmões encontram-se cheios d’água, mas a moça está com a roupa seca e sem vestígios de água em sua pele. No dia seguinte, um alto funcionário do governo sueco aparece enforcado sem seu apartamento. Seu corpo está suspenso no ar, com uma corda, no quarto não se vê nenhuma cadeira ou móvel que o tenha ajudado a subir até lá. Joona acaba investigando os dois casos, e ao contrário dos outros policias, logo classifica o segundo crime como suicídio, acha estranho as circunstâncias do primeiro assassinato e, muito surpreso, encontra um vínculo entre os crimes.

Penelope Fernandes é uma pacifista e a porta-voz da Sociedade Sueca para a Paz e a Reconceição. Enfrenta diariamente grandes fabricantes de armas, as poderosas empresas que consideram certo fornecer armas as várias guerrilhas existentes. Naquele dia de verão ela não sabia o perigo que correria, ela queria apenas passear de barco com Björn, seu namorado. E agora estava lutando por sua vida.

Carl Palmacrona, diretor geral da Inpe, não parecia um homem desesperado, prestes a cometer suicídio  Mas agora ele balança no teto de sua casa, com o rosto branco e um suave conserto de violino ao fundo. E se Carl não queria morrer, o suicídio só poderia ser uma fuga. Uma fuga de algo pior.

Quando você é capaz de fazer qualquer coisa para realizar seu maior sonho, terá também de arcar com as consequências e enfrentar seu pior pesadelo.

~~~~~~

Já começo dizendo que gostei bem mais deste livro do que do anterior; O pesadelo tem mais ação, personagens interessantes e muito mais suspense. Nosso protagonista Joona continua cheio de mistérios e com uma vida complicada: um relacionamento mal resolvido, uma doença que ataca nos piores momentos e nenhum juízo na hora de pegar um assassino. O personagem é perturbado e vamos conhecendo aos poucos pequenos pedaços de sua vida.

Com muitos personagens e uma grande linha de investigação, a narrativa em terceira pessoa alterna os capítulos entre alguns personagens, vamos conhecendo suas vidas confusas e cheias de problemas.

Aos poucos uma teoria vai ser formando, e o livro só não foi nota 5 porque achei que os autores entregaram rápido demais o culpado, pelo menos para mim ficou muito claro quem era que “colhia os pesadelos”.

Tirando isso, a narrativa é muito interessante, os autores trabalham muito bem as complicadas personalidades e você fica curiosa e presa a trama e seus personagens secundários. Alguns deles como Axel Riessen são muito interessantes, queria até reencontrá-lo em algum próximo livro da série, mas acho pouco provável.

Os livros são totalmente independentes, tirando-se algumas menções ao antigo caso de Joona (em O hipnotista) e seu sucesso naquela ocasião, não temos mais muitas informações, a vida romântica do protagonista é tão confusa que não seria problema. Então podem ler os livros fora da ordem se quiserem.

Indico para quem curte uma ficção policial mais elaborada e voltada para o psicológico dos personagens. Leiam!!

PROMOÇÃO! E a quem interessar possa ^^ este livro faz parte do Kit do Top comentarista de fevereiro e você tem a chance de ganhar seu exemplar AQUI.

Série Joona Linna de Lars Kepler
  1. O hipnotista (The hypnotist)
  2. O pesadelo (The nightmare)
  3. The fire witness (os demais ainda não lançados no Brasil)
  4. The Sandman.
Avaliação (1 a 5): 

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO