target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Medo - Michael Grant

>>  terça-feira, 30 de setembro de 2014

GRANT, Michael. Medo. Rio de Janeiro: Galera Record, 2014. 448p. (Gone, v.5) Título original: Fear.

“-Continue andando, rei Caine. Não estou com medo de nada. – Ela gargalhou, de repente parecendo estar adorando. – Não tenho medo. Eu sou o medo!
Penny gostou tanto disso que ficou repetindo a fala, gargalhando feito uma criatura louca.
- Eu sou o medo!” p.220

Tai uma série que todo mundo deveria ler, deveria ser obrigatória na estante, os livros são pura adrenalina. Uma pena ela não ser conhecida como deveria, com tanta fantasia por aí não é fácil deixar sempre o leitor de queixo caído, e o autor consegue. Mas tem que ter estômago forte, uma boa dose de coragem e muito sangue frio para não se impressionar com tanta crueldade. E a escuridão é o novo inimigo que bate a porta, em Medo do Michael Grant.

Em Gone todas as pessoas com mais de 15 anos desaparecem, e o restante das crianças ficam presas na cidade, dentro de uma espécie de domo sem saber como sair ou o que aconteceu com o resto do mundo. Sozinhos eles se organizam para sobreviver, precisam cuidar dos bebês e dos mais novos. Logo a comida fica escassa, a luz acaba, todos querem consumir, mas ninguém pensa em produzir. Existem disputas pela liderança, muitos buscam o poder. Quando algumas crianças começam a desenvolver poderes especiais, a guerra entre os humanos e as “aberrações” tem início. E isso foi só o começo...

A partir daqui contém spoilers para quem não leu os  livros anteriores. Confira as resenhas.

Já faz mais de um ano que todos os adultos desapareceram, e contra todas probabilidades, eles sobreviveram. Bom, pelo menos muitos deles ainda estão vivos. E conseguiram manter a paz e a ordem no LGAR, não que eles acreditem que isso possa durar, as coisas estão tranquilas.

O Rei Caine governa absoluto na Praia Perdida, ele se intitulou soberano, exige respeito e baixa seus decretos. Mas sua crueldade consegue manter a ordem, todos trabalham, obedecem e vivem razoavelmente em paz. Claro que tudo isso depende de Albert, ele é quem realmente tem poder por ali, é o dono do dinheiro, da comida, é quem mantém tudo funcionando. Quinn também tem grande participação nisso, ele e seu grupo de pescadores são a maior fonte de comida. Lana, a curadora, está vivendo no penhasco com Sanjit e seus irmãos, e ela é poderosa por si só, ninguém a desafia, nem mesmo Caine. Ele prefere usar suas armas com os mais fracos, e Penny, a garota capaz de fazer qualquer um sofrer alucinações, é a maior delas.

Do outro lado do LGAR estão Sam, Edílio, Brisa, Jack Computador, Dekka, Orc, Diana e o resto da turma que escolheu viver no lago. Depois que o pequeno Pete criou sua nuvem particular a água não é mais problema na cidade. Mas além da água, o lago fornece alimento, eles plantam, e vivem em paz. Graças a Edílio, que conseguiu organizar todos e dividir as tarefas. Sam faz seu papel, mas ainda está sofrendo pelo desaparecimento de Astrid, que nunca se perdoou pelo que fez ao irmão. 

Claro que toda essa paz não poderia durar para sempre, Drake está desaparecido e ninguém sabe onde se escondeu a coisa que se denomina, Escuridão. Diana está grávida e teme pelo bebê que carrega.  Quando a escuridão começa a cobrir a redoma, a luz se torna cada vez mais escassa. Eles estão perdidos, divididos, o caos toma conta da garotada. Sem luz não a comida, não tem como evitar os monstros, nem colher, nem plantar. O pânico leva todos à beira da loucura.

~~~~~~~~

Termino ainda sem acreditar no que o autor fez, e mais uma vez fico pensando se vai sobrar gente viva o suficiente para terminar a série rs. E quando penso mais um pouco e lembro que este já é o penúltimo livro... fico assustada porque ainda não apareceu uma luzinha no fim do túnel. É desgraça e mais desgraça, e digo de um jeito bom :P, a leitura é sempre imprevisível. Não paro de desejar que algo de bom aconteça, nossa eles sofrem demais. Como isso vai terminar? Tenho medo de saber, pelo menos o próximo livro tem um título um pouco mais animador, Light, será?

Cada personagem muda muito a sua maneira, o maior salto aqui está em Astrid, ela era uma chata mimada nos primeiros volumes e agora mudou completamente, gostei da nova e corajosa Astrid. Sam está cansado de ter tudo em seus ombros, só para variar, e vive sofrendo de tédio misturado com crises existenciais, ele é bem porre tem hora. Caine mostra um lado mais humano, se é que isso é possível. Penny é assustadora, que menina mais sinistra. Drake mais ladra do que morde, o único probleminha é que a peste é imortal rs. Novos personagens ganham destaque, Orc está bem mudado, Totó continua falando a verdade até cansar.  Como sempre, morro de dó de alguns deles.

A maior mudança agora são alguns vislumbres sobre o lado de fora, finalmente sabemos o que aconteceu com os adultos e com aqueles que sumiram ao completar 15 anos. Achei bem interessante, inovou o enredo.

Acho até que o Stephen King se inspirou nessa ideia para escrever Under the dome, a premissa é a mesma, e nos livros de Gone tem sempre uma frase do King elogiando. A semelhança entre os livros é a redoma com pessoas presas e isoladas do mundo exterior; enquanto King foca no lado humano ou desumano das pessoas, Grant foca na fantasia para mostrar do que as pessoas são capazes.

Uma pena demorarem tanto a lançar, pelo jeito o final da série só no segundo semestre do ano que vem, torcendo para que saia antes. É uma das melhores series de fantasia YA que acompanho, leiam!

Série Gone de Michael Grant
  1. Gone (Título original: Gone)
  2. Fome (Título original: Hunger)
  3. Mentiras (Título original: Lies)
  4. Praga (Título original: Plague)
  5. Medo (Título original: Fear)
  6. Light (ainda não lançado no Brasil).
Avaliação (1 a 5): 4.5

Comente, preencha o formulário e concorra ao Kit top comentarista de setembro!

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO