target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Sangue na primavera - Mons Kallentoft

>>  quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

KALLENTOFT, Mons. Sangue na primavera. São Paulo: Editora Saraiva, 2013. 512p. (Malin Fors, v.4). Título original: Vårlik.

“Está me vendo, Malin Fors, ou é minha irmã gêmea?
Não sei, não me atrevo sequer a olhar, a ver os restos daquilo que eu fui, que nós fomos, eu e a minha irmã.
Fizemos 6 anos de idade, Malin.
Seis anos.
Que vida tão curta, não é?
Queríamos viver mais.” p.44

Os autores suecos são conhecidos por seu estilo de narrativa diferenciado e mais complexo. Esta série policial mostra que eles realmente têm estilo, coragem e, quiçá, uma mente mais atormentada... O quarto volume da série protagonizada pela Detetive de Homicídios Malin Fors mexe com o leitor em Sangue na primavera do Mons Kallentoft.

Não contém spoilers sobre os livros anteriores da série, apenas informações sobre a vida pessoal da protagonista. Se quiser conhecer mais, confira as resenhas de Sangue no inverno, Sangue no verão e Sangue no outono.

Linköping, pequena cidade Sueca, recebe o sol da primavera, bancas repletas de flores, passarinhos voando e pessoas passeando na pracinha. A Detetive Malin Fors não está aproveitando o dia, está no cemitério enterrando um familiar. Ela tenta ficar triste, mas não consegue sentir nada. Ao seu lado, a filha Tove consegue se mostrar mais simpática e triste com a situação. Malin tenta não pensar nas doses de tequila, enfia as unhas no braço para conter o impulso de voltar a beber. Seus pensamentos tumultuados são interrompidos por um estranho barulho.

Em seguida já está recebendo uma ligação do chefe, Sven Sjoman. Ele diz que detesta interrompê-la em um momento de tristeza, mas que precisa dela e de seu parceiro, Zeke, imediatamente, na praça da cidade. Uma tragédia aconteceu. Ao chegar eles se deparam com o caos. Sangue, barracas despedaçadas, pedaços aparentes de corpos, uma grande explosão no meio da praça. Muitos feridos, duas mortes terríveis.

Diante da crise econômica no país, a bomba é imediatamente ligada a grupos extremistas manifestando contra os bancos e financistas. Mas enquanto todos procuram por terroristas, Malin tem suas próprias teorias. Resta saber se ela irá conseguir ficar sem beber e lidar com todos os seus problemas familiares enquanto trabalha arduamente no caso.

~~~~~~~

É perturbadora a forma como o autor consegue se entranhar na mente de vários personagens, vivos e mortos. A narrativa em terceira pessoa continua se alternando entre todos eles, claro que com destaque para Malin, criando um enredo abrangente e bem desenvolvido. Este e o primeiro, Sangue no inverno, são meus favoritos até agora.

Muito bom! O crime sórdido e cruel, o cenário, todas as linhas de investigação, tornam a leitura rica e interessante. Eu matei algumas charadas, desconfiei de cara do porquê do crime e mesmo assim adorei. Ele trás de volta vários personagens, a família de Malin e os detetives conhecidos, todos com seus dramas pessoais e sua relação com Malin. As vítimas tem voz, elas reclamam, clamam por justiça, tentam soprar no ouvido de Malin para conduzi-la ao caminho certo. A detetive tem uma sensibilidade grande e consegue se abrir para as “vozes da investigação”.

O autor é corajoso, não tem dó de suas vítimas e cria assassinos sórdidos de forma muito fria. Ele trata de assassinato de criancinhas da mesma forma como conduziu os crimes anteriores.

Este não é um gênero que irá agradar a todos, muitos podem achar a leitura lenta ou estranhar a voz que ele dá aos mortos. Para os fãs árduos de literatura policial, que estão acostumados a ler algo mais pesado, é uma ótima opção.  Leiam!

Série Malin Fors de Mons Kallentoft
  1. Sangue no inverno (Midvinterblod)
  2. Sangue no verão (Sommardöden)
  3. Sangue no outono (Höstoffer)
  4. Sangue na primavera (Vårlik)
  5. Den femte årstiden (Os demais ainda não lançados no Brasil).
  6. Vattenänglar
  7. Vindsjälar
  8. Jordstorm.
Avaliação (1 a 5):

Comente e participe do sorteio do Top comentarista de Janeiropreencha o formulário!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO