target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Bruxa da noite - Nora Roberts

>>  quinta-feira, 16 de abril de 2015

ROBERTS, Nora. Bruxa da noite. São Paulo: Editora Arqueiro, 2015. 320p. (Primos O’Dwyer, v.1). Titulo original: Dark witch.

“- Nós vencemos uma batalha, Boyle, juntos. Quero estar com você, abraça-lo, ir para a cama com você.
- Acho... que o mais sensato é esperar algum tempo, falar sobre isso...antes.
- Pensei que eu é que falasse demais. – Iona deu um passo na direção dele, e depois outro.” p.180

Tem trilogia nova da Nora na área! Para quem curte o estilo leve e romântico da autora, sua nova história se passa na Irlanda e além do romance, temos muita fantasia. Eu amo romances, mas quando vi a capa e a palavra “bruxa”, ele subiu para o topo da lista de desejados. Confiram o que achei de Bruxa da noite, primeiro volume da trilogia Primos O’Dwyer.

Irlanda, inverno de 1263
Sorcha era conhecida como a bruxa da noite, poderosa e bondosa, cuidava da família e de quem mais precisasse de seus serviços. Depois de sofrer um aborto, seu corpo ainda estava muito fraco, mas quando pressente a presença de um poderoso bruxo das trevas, Cabhan, ela sabe que precisa agir para proteger seus três filhos; ainda mais com o marido ausente na guerra. Brannaugh, Eamon e Teagan são ainda crianças, mas sabem do poder da mãe. Sem alternativa, divide seu poder entre os três filhos, cria um poderoso amuleto e os envia para longe. Depois enfrenta o bruxo em um ritual e sacrifica sua vida para mata-lo. Cabhan, mesmo muito enfraquecido, sobrevive e jura vingança. Para destruí-lo de vez, as três partes da magia de Sorcha precisam se unir, mesmo que isso demore séculos.

Irlanda,Condado de Mayo, 2013
Iona Sheehan cresceu e viveu nos EUA, mas sempre sentiu um enorme vazio e falta de propósito. Sua amada avó lhe criou narrando as lendas e histórias de sua terra, a Irlanda. E apesar dos pais serem contra, contou para a neta sobre a magia que fazia parte de seu sangue. Iona é uma herdeira de Sorcha e nasceu com o poder.  Já adulta, decide largar tudo e ir de encontro ao seu destino.

Chega ao país com pouco dinheiro e sem saber como irá viver, mas cheia de otimismo e coragem. Procura os primos indicados pela avó, sem saber o que esperar. Branna e Connor O’Dwyer a recebem de braços abertos. Oferecem um lugar para morar, uma família. Ela era a peça que faltava para completar o trio, é detentora da magia e precisa desenvolver seu poder. Cabhan está a cada dia mais forte e poderoso.

Além da magia, todos eles têm uma forte conexão com um animal protetor, Iona sempre foi apaixonada por cavalos. Logo arruma emprego nos estábulos por indicação da prima, amiga do dono, Bolye McGrath. Com seu jeito grosseiro e seu estilo de caubói mal humorado, ele deixa a moça encantada.

Agora Iona precisa lutar para conquistar tudo que sempre sonhou. Uma família, um lugar a qual pertence, um homem, sua magia. Acontece que ela é o elo mais fraco, a bruxa mais inexperiente e Cabhan fará de tudo para destruí-la.

~~~~~~~

Eu gostei muito! Mas gente, é de bruxa, na Irlanda, repleto de lendas e tal, eu sabia que ia curtir com este pano de fundo. Agora a parte romance é mais do mesmo, quem acompanha Nora já sabe disso. Se você curte o estilo da autora, enjoy, vai adorar. Se não gosta de romance água com açúcar já pode tirar da lista, os clichês estão todos presentes.

Como toda trilogia da autora, cada livro tem um casal protagonista. Este conta a história de Ionna, a moça solitária e gente boa que chega a Irlanda cheia de amor para dar e louca por novas aventuras. Ela parece uma fadinha, bonita, alegre, boazinha, etc. Perfeita de doer rsrs, um contraste com o jeito brutamontes do mocinho. Como a parte sobrenatural tem muito destaque, o casal não é o ponto central da trama. Eu gosto dessa abordagem, mas alguns leitores podem achar o envolvimento muito rápido.

Gostei principalmente da ambientação, tanto das paisagens e cenários Irlandeses, como do novo local de trabalho da mocinha. Ela consegue se comunicar com os cavalos, sua prima tem uma cadela e seu primo um falcão. Cada um deles tem afinidade maior com um animal e adorei as partes ligadas aos bichos. Adoro cavalos, e os do livro só faltavam falar.

Os outros personagens são bem legais, naquele nível "personagem do bem" da Nora. Todo mundo lindo, gente boa, inteligente, honesto e trabalhador. Apesar da falta de novidade, estou curiosa para ler o livro da Branna, porque ela e o mocinho se estranham há muito tempo. Ele é descendente do bruxo do mal e ela não consegue perdoar e confiar. A coisa promete. Acho que vai ser mais sensual, este primeiro volume não tem muitas cenas românticas, até pelo jeito seco do Boyle.

Como eu disse, vai muito do gosto do leitor. Se é fã da autora se joga que é muito legal. Agora se acha o estilo repetitivo, passe longe, porque tirando a parte “guerra de bruxos”, o resto não tem novidade. Eu percebo os clichês, mas adoro mesmo assim rs. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!
Compre na Amazon!

Trilogia Primos O’Dwyer da Nora Roberts
  1. Bruxa da noite (Dark Witch)
  2. Feitiço da sombra (Shadow spell) 
  3. Magia do sangue (Blood Magick).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO