target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O resgate no mar - Diana Gabaldon

>>  terça-feira, 28 de abril de 2015

GABALDON, Diana. O resgate no mar - 1ª e 2ª partes. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2007. 1010p. (Outlander, v.3) Título original: Voyager.

“Pressionei meu próprio pulso contra o dele, pulsação contra pulsação, batimento contra batimento.
- Sangue do meu sangue... – eu murmurei.
- Ossos dos meus ossos. – Sua voz era grave e rouca. Ele ajoelhou-se subitamente diante de mim e colocou as mãos entrelaçadas dentro da minha, o gesto de um escocês das Highlands ao jurar lealdade a seu líder. – Eu lhe dou meu espírito – ele disse, a cabeça inclinada sobre nossas mãos.
- Até o fim de nossas vidas  - eu disse suavemente. – Mas nossas vidas ainda não chegaram ao fim, Jamie.
Então ele se levantou e tirou minha camisola. Eu me deitei nua na cama estreita, puxei-o para mim através da suave luz amarela e o trouxe para casa, para casa outra vez, e nenhum de nós dois ficou sozinho. p. 443 (Volume 2)

Tenho vontade de socar a cabeça na parede de raiva da minha demora em continuar essa série rs. Os livros são enormes, o que me faz demorar para conseguir ler, mas valem cada página. Sem dúvida minha série adulta preferida, a história acaba com meu coração. A autora é ruim demais para a saúde do leitor, achei que iria enfartar antes de chegar ao final. Mas sobrevivi hehe e conto para vocês a perfeição que é O resgate do mar, terceiro volume da série Outlander, da Diana Gabaldon.

Claire Randall é uma enfermeira inglesa do século XX, que viaja para as Highlands Escocesas para passar as férias com o marido, Frank Randall, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Ao visitar um círculo de rochas considerado sagrado, Claire é transportada no tempo, para o século XVIII. E é lá, tentando curar o ombro de um rapaz ferido, que sua vida muda para sempre. O rapaz ferido é um escocês ruivo, lindo, com 1,90 metros e lindos olhos azuis, Jamie Fraser. Perdida e sem saber como fora parar no passado, Claire se une a Jamie em casamento, e juntos eles vão viver uma das mais belas historias de amor da literatura.

A partir daqui contém spoilers para quem não leu A viajante do tempo e A libélula no âmbar.
Escócia, 1968

Claire Randall ou Fraser, deixou o homem que amava e voltou para o seu tempo. Jamie Fraser exigiu que ela fosse embora, para que sua filha ainda no ventre, tivesse uma chance de sobreviver. E ambos sabiam que ele provavelmente morreria, no massacre que logo faria parte da história da Escócia. Claire volta, e ao lado do primeiro marido, Frank Randall, cria a filha Brianna, com a certeza de que seu grande amor está morto.

Vinte anos se passaram. Claire e Frank continuaram juntos, ela se formou em medicina e construiu uma carreira, mas nunca esqueceu Jamie. Após a morte de Frank, ela e a filha resolvem viajar juntas para Escócia e procurar saber o que aconteceu no passado. Tinha quase certeza que ele morreu na batalha de Culloden, mas seu coração não sossegaria até descobrir a verdade.  Encantado com Brianna, o historiador Roger Wakefield resolve ajuda-las, e juntos, acabam descobrindo que ao contrário do que imaginam, Fraser não morreu na batalha. Depois de inúmeras pesquisas, Brianna acredita que localizou o pai em Edimburgo, vivo, trabalhando como impressor sob um nome falso.  Cabe a Claire retornar ao círculo de pedras e mais uma vez tentar a travessia.
Eles ficaram separados por 20 anos, muita coisa pode ter acontecido. Ao cruzar as ruas sujas de Edimburgo, pensa se Jamie também esperou por ela. Ele pode ter se casado novamente, constituído família. O que está fazendo parece cada vez mais uma grande loucura. Deixou para trás a filha, mesmo adulta Brianna ainda precisa da mãe. Mesmo assim, arriscou tudo por amor. Será que depois de 20 anos a paixão entre eles continua tão forte como antes? Rapidamente percebe que a vida ao lado de Jamie nunca será monótona, no meio de aventuras e perigos, eles fazem o possível e o impossível para não se separarem novamente.


“A sensação de asfixia me despertou por um instante, tempo suficiente para ver o lampejo de terror nos olhos de Jamie. Em seguida, minha visão escureceu outra vez.
- Droga, Sassenach! – Sua voz dizia, de uma grande distância. Sua voz estava embarga de emoção. – Droga! Juro que se você morrer agora, eu vou matá-la! p.551

~~~~~~

Muito amor por essa série! E este é o melhor livro até agora, não que eu não tenha dado nota máxima para todos, mas se o Skoob aceitasse este ganharia um 6 rs. Tudo bem que a Diana Gabaldon não está nem aí para o pobre coração do leitor. Ainda mais quando lembro que ainda estou no terceiro livro e vão ter todos os outros para me matar de desespero. E com razão, porque a última vez que eles separaram eles levaram 20 ANOS (!!!) para se reencontrar, imagina agora, quando eles se perdem? #morri.

A Claire é teimosa como uma mula, acaba se pondo em muitas enrascadas por isso. É só o Jamie dizer, “espere por mim aqui”, que eu já sei que vai dar merda e que eles vão ficar capítulos separados enfrentando problemas. Eu chorei, dei risada, roí as unhas, quase tive um colapso com tudo o que acontecia. A reserva de Jamie em contar para ela sobre os anos que ficaram separados, também faz com que muita coisa aconteça entre os dois, quase a ponto de separá-los novamente. Já tinha acontecido tanta coisa e eu ficava pensando “a porcaria se chama RESGATE NO MAR, nós nem chegamos no mar ainda, vai dar merda” hehehe.

E 20 anos depois, ele tem a mesma pegada. É quase dois metros de um Escocês tudo de bom, para deixar as mulheres suspirando até a última página. Os dois têm uma química incrível, é o melhor casal da literatura! Os diálogos são excelentes, a forma como aos poucos eles vão recuperando a intimidade, embora logo no início dê para perceber que nada mudou entre eles. Claire é inteligente, corajosa, faz de tudo para ajudar a todos. Continua sofrendo com a falta de remédios e tratamentos da época, eu ficava o livro todo pensando que ela podia ter viajado com uma cesta de vacinas e outras coisinhas para primeiros socorros rs. Até que ela pensa e leva penicilina, mas o Jamie não demora muito para quase morrer e usar quase tudo kkk.  Ele tem uma fé cega nela,  não questiona seus conselhos e faz de tudo para protegê-la. Sua alma está mais sofrida, castigada por anos solitários e difíceis. Mas Jamie é sempre um amor, valoroso, corajoso, disposto a mover céus e terra pela mulher amada e por sua família.

A autora é fantástica! Difícil entender sua capacidade de criar uma trama alternando passado e futuro, sabendo que qualquer coisa que se mudar no passado, altera o futuro. A escrita precisa ser cuidadosa, e ela não deixa pontas soltas. Sua capacidade de ambientação também dá brilho a trama. Aqui deixamos as Highlands e Edimburgo para trás, para rumarmos para as Índias orientais. Claire passou boa parte do tempo estudando a história da Escócia, para saber o que esperar, descobre que não sabe muito do que aconteceu no Caribe e outras ilhas. O cenário tropical é belíssimo e o final me deixou ansiosa pelo próximo volume. Os tambores do outono promete, espero não demorar tanto para ler.

Vocês têm alguma dúvida de que eu indico? Série indispensável na estante! Minha edição é a da Rocco, mas para quem ainda não sabe, a Editora Arqueiro está relançando todos os livros, o terceiro está para ser lançado este ano. Leiam!

Série Outlander de Diana Gabaldon
  1. A viajante do tempo (Título original: Outlander)
  2. A Libélula no Âmbar (Título original: Dragonfly in Amber)
  3. O Resgate no Mar 1ª Parte e O Resgate no Mar 2ª Parte (Título original: Voyager)
  4. Os Tambores de Outono 1ª Parte e Os Tambores de Outono 2ª Parte (Título original: Drums of Autumn)
  5. A Cruz de Fogo 1ª Parte e A Cruz de Fogo 2ª Parte (Título original: The Fiery Cross)
  6. Um sopro de Neve e Cinzas 1ª Parte e Um sopro de Neve e Cinzas 2ª Parte (Título original: A Breath of Snow and Ashes)
  7. Ecos do Futuro  1ª Parte e Ecos do Futuro  2ª parte (An Echo in the Bone)
  8. Written im my own heart's blood (Ainda não lançado no Brasil)
 Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO