target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A morte de Rachel - Anne Cassidy

>>  sexta-feira, 26 de junho de 2015

CASSIDY, Anne. A morte de Rachel. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2015. 272p. (The murder notebooks, v.2). Título original: Killing Rachel.

“Escrevo porque estou passando por algo terrível. É difícil de explicar. Nem eu mesma consigo entender. Você é a única pessoa que posso procurar, a única em que posso confiar. Não estou querendo só chamar atenção, eu juro. Tenho a terrível sensação de que alguma coisa ruim vai acontecer. Por favor, ligue para meu celular.
Você já gostou de mim um dia. Por favor, não me deixe na mão.
Rachel.”p.14

Pais desaparecidos, talvez mortos. Uma investigação. Dois jovens em busca da verdade. Paralelamente, alguém morre em circunstâncias estranhas. Essa é a premissa da série YA de suspense The murder notebooks e hoje eu conto para vocês o que achei do segundo livro, A morte de Rachel da Anne Cassidy.

Pode conter spoilers se você não leu Hora morta.

Rose Smith continua sua busca pela mãe e pelo padrasto desaparecidos, agora que tem indícios de que ainda estão vivos. Sua avó, Anna Christie, não sabe de nada, e não tem muito interesse nas atividades da neta. Enquanto continua a investigação ao lado de seu irmão de criação, Joshua Johnson, tenta ir bem na escola e não criar problemas.

Com a ajuda do melhor amigo de Joshua, Skeggie, tentam desvendar os cadernos criptografados que falam do misterioso “Projeto Borboleta”. Sua mãe, Kathy Smith, e seu padrasto, Brendan Johnson, eram policiais que podem ter se envolvido em algo perigoso. A polícia afirma apenas que os dois estão mortos. Mas eles não irão desistir tão facilmente.

Quando recebe uma carta de Rachel Bliss - sua ex-amiga do internato onde morou após o sumiço da mãe-, Rose simplesmente ignora suas cartas e tentativas de contato. Até que um telefonema desesperador faz com que ela tome uma atitude, porém, é tarde demais. Rachel está morta. Arrependida, Rose busca por respostas.

~~~~~~

Acredito que esses livros podem realmente agradar o público YA, mas para quem é experiente no gênero, são muito meia boca. Como a autora escreve bem e sua narrativa é bem fluida, a leitura transcorre com rapidez e prende o leitor, porém, muito do que foi contado, não me convenceu.

O enredo principal do sumiço dos pais é interessante, apesar de que temos mais perguntas do que respostas, tudo é tão misterioso, que fico pensando se a autora vai conseguir resolver a situação de forma interessante, sem se perder no meio do caminho. São muitos mistérios, a polícia mentindo, tentando encobrir a situação, pistas estranhas. Ao mesmo tempo que os pais precisam ficar escondidos ao ponto de abandonar os dois filhos, eles são vistos em uma cidade próxima, tomando um solzinho aff. Ela vai ter que rebolar nos próximos para me convencer.

O caso apresentado nesse volume, a morte de Rachel, também é interessante, mas a forma como ele foi apresentado não convence. Rose nem estuda mais no internato, mas dá um jeito de voltar para lá por uns dias. Ela começa a conversar com todo mundo e rola aquela coisa chata. Todos se abrem com ela, até uma policial lhe dá várias informações sobre a investigação. Ela junta tudo e descobre o que ninguém descobriu, sério mesmo? O fato da menina procura-la por cartas foi interessante, agora o desenvolvimento foi bem questionável.

Joshua continua um fofo e Rose está menos chata, uma evolução. Ela era bem cheia de mimimi no primeiro volume, agora está mais decidida e menos pastel. Outros personagens tem pouco destaque, mas gosto da forma com a autora cria diálogos e situações envolvendo as meninas do colégio e Skeggie nas investigações.

Pelo que vi até aqui vou achar a série toda legalzinha, mas falta algo para eu realmente gostar. Pretendo acompanhar até o final, estou curiosa com a coisa toda dos pais dele. Quem leu me conte o que achou. ^^

Adicione ao seu Skoob!

Série The murder notebooks
  1. Hora morta (Dead time)
  2. A morte de Rachel (Killing Rachel)
  3. O túmulo da borboleta (Butterfly grave)
  4. Dead and buried (ainda não lançado no Brasil)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO