target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Querido e devotado Dexter - Jeff Lindsay

>>  terça-feira, 29 de setembro de 2015


LINDSAY, Jeff. Querido e devotado Dexter. São Paulo: Planeta, 2009. 268p. (Dexter, v.2). Título original: Dearly devoted Dexter.

“Ninguém jamais suspeitou do que se escondia atrás do meu perfeito sorriso falso. Ninguém a não ser minha irmã adotiva, Deborah, mas esta já começava a aceitar minha verdadeira personalidade. Afinal, eu poderia ser muito pior. Poderia ser um monstro delirante, que matava sem parar, deixando atrás de si montanhas de carne podre. Em vez disso, aqui estava eu, do lado da verdade, da justiça e do modo de vida americano. Um monstro, é verdade, mas que deixava tudo perfeitamente limpo no final. E eu era o NOSSO monstro, vestido de perfeita virtude sintética em vermelho, azul e branco. E, nessas noites em que a lua fala mais alto, saio par encontrar os outros, os que atacam os inocentes e não respeitam as regras do jogo, e os despacho para longe em pequenos pedaços cuidadosamente embrulhados.” p.13

A série que deu origem a série de TV perfeita, Dexter. Nem acredito que não dei continuidade aos livros até hoje, li o primeiro em 2012, Dexter: A mão esquerda de Deus. Finalmente com a ajuda do Clube das Chocólatras, mais um deles saiu da fila e hoje conto para vocês o que achei de Querido e devotado Dexter do Jeff Lindsay.

Pode conter spoilers se você não leu o primeiro volume da série.

Dexter Morgan vive o disfarce de um cara normal muito bem, ele é perfeito em aparentar normalidade, em esconder aquilo que chama de seu Passageiro das Trevas. E tudo faz parte desse disfarce. Seu trabalho como analista de sangue da polícia de Miami, seu namoro com Rita e até suas brincadeiras com os dois filhos dela, Astor e Cody. Sua irmã Deborah agora conhece um pouco de sua natureza, e tenta entender e respeitar, afinal, foi o pai dos dois, Harry, que o treinou. Ele caça os monstros que a polícia deixa escapar.

Apesar de todo seu cuidado em parecer normal, o Sargento Doakes sabia que ele escondia algo e havia decidido descobrir seu segredo. Ele o odiava e agora resolvera lhe perseguir. Seus outros colegas de trabalho mal o notavam. Camilla Figg, a técnica de laboratório, o detetive Angel Batista e Vince Masouka, seu colega de laboratório, que parecia ainda mais estranho do que ele, o tratavam bem. E, apesar de seus desejos mais secretos, ele não podia se livrar de Doakes, primeiro por ele não se encaixar no código de Harry, segundo porque depois da morte de Laguerta, a policia não deixaria barato a perda de mais um dos seus.

Os problemas se acumulam. Rita parece feliz demais ao lado dele, já que ele precisou estreitar suas relações com a namorada para despistar Doakes.

Agora um serial killer assustador choca os policiais. Nem aqueles com o estomago mais forte conseguiram suportar a cena do crime. A vítima ainda estava viva, ou o que restava dela. Dexter quer encontrá-lo, ao mesmo tempo que procura por um pedófilo e tenta passar despercebido. O FBI toma conta do caso, quando ele pensa que pode se afastar, sua irmã pede ajuda na investigação.

“O que eu poderia fazer agora? Rita com certeza recuperaria a razão. Quero dizer, por que eu? Quem em sã consciência desejaria se casar COMIGO?! Deviam existir melhores alternativas, como tornar-se freira ou entrar para os Corpos da Paz. Afinal, é de Dexter que estamos falando. Numa cidade do tamanho de Miami, será que ela não podia encontrar pelo menos um ser humano? E que pressa era aquela de se casar de novo? Não funcionara nada bem da primeira vez, mas aparentemente estava disposta a repetir a dose. As mulheres estão mesmo tão desesperadas para casar?” p. 139

~~~~~~

Gostei mais do que do primeiro, dei muita risada com os pensamentos sinistros de Dexter e suas tiradas mentais. É muito engraçado vê-lo tentando fingir emoções e parecer normal. A narrativa é ágil, parece mais um filme de ação do que uma historia de suspense, na verdade, acho que por isso ficou tão perfeito como série de TV.

O enredo tem suas falhas, muita coisa é contada de forma superficial, os outros personagens não têm destaque e várias coisas foram meio sem noção. Cenas onde deveriam chamar reforços e não chamam, tem uma cena de Dexter com o namorado de Debra que me fez questionar o livro todo rs. O autor tropeça em algumas coisas, mas tem o mérito por criar um dos melhores protagonistas do estilo, muito amor pelo Dexter.

Apesar desses detalhes no enredo, adorei a leitura. Tem um pedido de casamento hilário, uma cena dele tentando consolar a irmã que me fez rir alto e muitos pensamentos regados ao bom humor negro do personagem. Aqui os instintos de serial killer precisam ser contidos, Doakes persegue Dexter durante todo o livro e ele precisa andar na linha.

Achei esse livro mais parecido com a série do que o primeiro. O fato de não ter muitas surpresas pode tirar um pouco da graça na leitura – ainda mais que odeio spoilers-, e como sou fã da série ainda lembro de quase tudo rs. Aqui Rita tem bem mais destaque, seus filhos também. Outras coisas são bem diferentes, dois personagens que se destacaram muito na série aqui já tiveram seu fim hehe.

Para quem é fã de Dexter vale muito a pena conhecer os livros e ver as diferenças e similaridades. Espero não demorar tanto para ler o próximo, agora me empolguei. Leiam!

Série Dexter de Jeff Lindsay
  1. Dexter: A mão esquerda de Deus (Darkly Dreaming Dexter)
  2. Querido e Devotado Dexter (Derly devoted Dexter)
  3. Dexter noEscuro (Dexter in the dark)
  4. Dexter – designer de um assassino (Dexter by Design)
  5. Dexter é delicioso (Dexter is Delicious)
  6. Duplo Dexter (Double Dexter) 
  7. Dexter em cena (Dexter's final Cut)
  8. Dexter está morto (Dexter is dead)
Site oficial da série de TV na FOX: http://fox.pt/dexter

Avaliação (1 a 5): 3,5

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO