target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Ainda sou eu - Jojo Moyes

>>  segunda-feira, 26 de março de 2018


MOYES, Jojo. Ainda sou eu. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2018. 400p. Título original: Still me.

“Era uma vez uma garota de uma cidade pequena que vivia em um mundo pequeno. Ela era feliz, ou pelo menos isso era o que dizia a si mesma. Como várias garotas, adorava experimentar looks diferentes, ser alguém que não era. Mas, como acontece com muitas garotas, a vida a enfraqueceu até que, em vez de descobrir o que de fato se adequava a ela, acabou se camuflando, escondendo o que a diferenciava. Por um tempo, ela deixou que o mundo a magoasse até que chegou à conclusão de que era mais seguro não ser ela mesma de jeito nenhum.
Há tantas versões de nós mesmos que podemos escolher ser. Em certo momento, minha vida estava destinada a ser levada da forma mais medíocre. Aprendi que não precisava ser assim com um homem que se recusou a aceitar a versão de si mesmo que lhe restara e com uma senhora que percebeu o contrário: que ela podia se transformar bem em um momento em que muitas pessoas lhe teriam dito que não havia mais nada a ser feito.” p.394

Como eu era antes de você dispensa apresentações, se você não leu, não viu o filme, não ouviu falar... leia e volte aqui depois rs. Em seguida tivemos o polêmico Depois de você, que despertou ódio/amor/tristeza/*insiraaquiumadjetivo* nos leitores. Eu não odiei, não amei, achei desnecessário no início, mas terminei extremamente curiosa porque termina totalmente no ar. E aí a autora resolve fechar a trilogia, e lá fui eu, com um misto de pavor e curiosidade, conhecer o final da história da Lou. Vem comigo? Confira o que eu achei de Ainda sou eu da Jojo Moyes.

NÃO leia essa resenha se você não leu Como eu era antes de você e Depois de você! Contém spoilers inevitáveis, apenas dos livros anteriores.

Lou Clark chega em Nova York animada para sua nova vida. Finalmente ela resolve seguir os conselhos de Will, e se arriscar. Só que agora, além de ter deixado a família para trás, ela também deixou o namorado, Sam. Ela está apaixonada pelo paramédico bonitão e eles resolveram continuar namorando. Claro que logo tudo fica muito complicado, e saudade, ciúmes, mal entendidos e solidão, começam a fazer parte do seu dia a dia.

Com a indicação de Nathan, Lou começa a trabalhar para os milionários Leonard Golpnik e sua nova esposa, Agnes. Ela quer fazer seu trabalho da melhor forma, e logo está muito apegada a sua nova patroa, injustiçada pela sociedade nova iorquina. Afinal, ela era a chamada esposa troféu, depois que Leonard se separou da mãe da sua filha, Tabitha, para ficar com a massagista loira, russa e muito mais nova. Apesar da rotina estafante, Lou adora sua nova vida. Anda de limusine, vai em festas chiques acompanhando a patroa, em lojas e salões finos, enfim, adentrou nesse mundo novo e desconhecido dos ricos. No prédio ela também faz amizade com o porteiro, Ashok, e vive esbarrando com Margot Weber, uma senhora idosa e mal humorada que mora com o seu cão no mesmo andar. Em uma dessas festas ela conhece Joshua Ryan, um homem que é a cara de Will e com quem ela vive esbarrando, nos lugares mais improváveis. Lily está de volta, assim como a mãe de Will.

Agora ela tenta manter os dois lados de sua vida unidos, precisa guardar vários segredos que não são seus, enquanto tenta descobrir se esse é seu estilo de vida. E se é isso o que ela quer para o futuro. Quando tudo saí dos trilhos, Lou precisa fazer escolhas importantes, e  mudar sua vida mais uma vez.

~~~~~~~

Muito melhor do que o segundo, Depois de você, só isso já me fez gostar muito do livro. Aqui temos uma Lou espirituosa, decidida, que quer mudar de vida e realizar seus sonhos. Mas ao mesmo tempo ela continua aquela Lou autêntica, inocente, bem humorada e muito leal. Essa é uma história sobre escolhas, um romance divertido que fala também de lealdade, esperança e solidão. Eu adorei a leitura e me diverti muito lento.

Lou é uma fofa, a gente sabe disso desde o primeiro dia. E o legal foi que a autora conseguiu fazer com que a protagonista amadurecesse muito, sem perder seu jeito moleca, doce e encantador. Lou é tão boa pessoa, que me irritou em vários momentos! Eu queria que ela gritasse, exigisse seus direitos, respondesse alguém, e ela seguia calma e tranquila, lidando com os problemas com seu jeito bondoso. Me dava muita raiva da forma como ela aceita ser tratada em determinados momentos.

Mas, o que tirou a nota cinco  na minha avaliação, foi o final. A autora teve mais dois livros só para conseguir fazer um final decente para a Lour, e adivinhem... ainda termina aberto!! Claro que dá para deduzir o que vai acontecer “depois do final”, mas o leitor quer mais. Quer aplaudir, quer suspirar com pelo menos um epílogo de alguns anos depois. E nada, enrola, enrola, fala de cada morador do prédio, de cada pessoa que ela aleatoriamente conhecia em NY, para depois fazer o final em poucas páginas aff.

A reviravolta na história para mim, foi tudo o que aconteceu em relação a Margot. Uma senhora mal humorada e solitária, que faz a gente revirar os olhos durante o livro todo... foi quem me emocionou e me fez chorar no final. Foi lindo, foi fofo como Lou enxergou aquela senhora de outra forma, enquanto eu achava que ela estava perdendo tempo com uma senhora chata e mal agradecida.

Ah claro, vamos falar do romance. Lou e Sam ou Lou e Josh... talvez Lou sem ninguém? E claro, a Lou que sempre vai amar Will. Eu juro que não queria (no segundo livro eu só pensava no Will e ninguém chegava aos pés dele), mas eu adoro o Sam. Então, claro, não tinha como não torcer por eles. Mas aí aparece o Josh, muito mais descomplicado e com a cara do Will, que seria problema na certa. E eis que em uma parte do livro eu queria matar o Sam. Então no final, eu que não tenho um coração tão bom como a Lou, ainda estava com raiva dele rs. Resultado, não sei para o que torci! :P

Apesar da polêmica em torto do final do primeiro livro e da necessidade ou não de uma continuação, eu amei ter lido. Foi uma delicia ver tudo o que aconteceu com Lou. E terminei com um sorriso no rosto. Então é claro que eu indico! Quem leu, me conte o que achou.

Adicione ao seu Skoob!

Trilogia Como eu era antes de você da Jojo Moyes
  1. Como eu era antes de você (Me before you)
  2. Depois de você (After you)
  3. Ainda sou eu (Still me)
Avaliação (1 a 5): 4.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de março!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO