target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Anexos - Rainbow Rowell

>>  segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

ROWELL, Rainbow. Anexos. São Paulo: Editora Novo Século, 2014. 368p. Título original: Attachments.

“Mas fofo, ela havia dito. Lindo, ela havia dito. Olhos apertadinhos. Ele apoiou a testa contra o espelho e fechou os olhos. Era embaraçoso se ver sorrindo daquele jeito.” p. 176

Já li dois livros da Rainbow Rowell e não estou entre os fãs da autora. Não amei o famoso Eleanor & Park e nem caí de amores por Fangirl. Mas o engraçado é que, apesar disso, eu sempre curto a narrativa da autora e seu senso de humor. E com a ajuda do Clube das Chocólatras, mas um dela saiu da fila. Confira o que achei de Anexos!

Beth Fremont tem 28 anos, é solteira, mas mora com o namorado há alguns anos, o namorado que conheceu na faculdade. Ele é roqueiro, tem uma banda, e parece que nunca vai amadurecer e querer se casar. Chris sabia ser fofo em alguns momentos, mas no resto do tempo, estava sempre ausente e inacessível até dentro de casa. Beth sabia que ela amava mais, queria mais, mas não fazia nada a respeito. O que ela fazia era contar tudo e reclamar da vida com sua melhor amiga do trabalho.

Jennifer Scribner-Snyder é a melhor amiga, elas conversam o dia todo pelo e-mail do trabalho. Ela é casada e ama o marido, mas nunca quis ter filhos. O problema é que o marido está doido para ser pai, então os dois começam a ter problemas no relacionamento. Jennifer não sabe muito o que quer ou não, e suas duvidas fazem com que ela faça coisas um pouco estranhas.

As duas conversam sobre tudo no e-mail do trabalho, o dia inteiro. Sabem, como todos do jornal, que os e-mails do trabalho são monitorados. Mas nunca pensaram nisso e nem se preocupam muito.

Lincoln O’Neill tem o pior emprego do mundo! Depois de duas faculdades e muito estudo... ele é o cara que trabalha a noite sozinho, e sua função, é monitorar os e-mails da empresa. Ele se candidatou para “agente de segurança da internet”, mas nunca pensou que passaria as noites bisbilhotando a vida alheia. Enquanto reclama da vida e pensa todos os dias em se demitir, ele continua o seu “trabalho”. Que de repente, deixa de ser tão chato...

Acontece que Lincoln é um cara solitário, que aos 28 anos ainda sofre por um coração partido no início da faculdade, por sua namorada do colégio, a única garota que já amou. Hoje ele é introspectivo, tem poucos amigos e quase nenhuma vida social. Voltou a morar com a mãe, o que deixa sua irmã mais velha irritada.

No começo ele só achava os e-mails de Beth e Jennifer engraçados e adorava acompanhar a vida das duas. Mesmo achando errado o que fazia, não conseguia resistir. Lia tudo. Ele não conhece as duas, não sabe que aparência elas têm, mas torce para que tudo dê certo e fica meio encantado por Beth. Até que um dia Beth conta para a amiga que viu um cara muito fofo no trabalho, alguém lindo e começa a falar do “cara fofo” dela. E esse cara, é ninguém menos do que Lincoln. Mas agora é muito tarde para conhece-la por acaso, afinal, o que ele diria? E como esconderia tudo o que sabe sobre ela?

~~~~~~~

Como eu disse no início, não estou entre os que amam os livros da Rainbow Rowell. Eu acho que ela tem problemas sérios com os finais e sempre têm partes lentas que me incomodam. Aqui não foi diferente rs, mas eu adorei o livro mesmo assim!

Eu ri muito com as confusões dos e-mails, torci demais pelos três “protagonistas”, afinal, na prática, só Lincoln narra o livro. O resto são transcrições de e-mails. E Lincoln era bem lento, mas de um jeito fofo. Ele não cria aquele clima esquisito por ler os e-mails, afinal, de certa forma, ele passa o livro quase todo stalkeando a Beth.

Lincoln é um rapaz bom, mas que tem dificuldade em se relacionar. Ele é bem grandalhão e, segundo Beth, muito atraente, mas se esconde das pessoas. O fato de trabalhar sozinho a noite não ajuda. Nunca superou seu coração partido e não teve outros relacionamentos depois de Sam. Ele demora para contar o que aconteceu com Sam, e ele mesmo estranha o fato disso ainda mexer tanto com ele, anos depois. É legal acompanhar Lincoln começando a seguir com a vida. Tentando fazer mais amigos, melhorar as coisas.

Como sempre, o final é muito no ar! Ainda mais por só vermos tudo pelos olhos de Lincoln, então ficamos sem saber tudo sobre Beth e Jennifer. Eu queria bem mais desse final. Até durante a leitura mesmo, eu queria saber mais da vida das duas. Mas acho que isso foi mesmo a ideia do livro, e foi legal ver tudo sendo descoberto aos poucos. É frustrante de um jeito bom hehe. Por exemplo: Beth ia em um casamento complicado, estava nervosa, ai depois disso não têm e-mail nenhum comentando sobre isso e eu curiosa esperando. Já o final, ela podia ter feito muito mais, de novo kk.

Ao contrario dos outros dois que li, esse é o primeiro romance adulto que leio da autora. E adorei! Para quem curte um romance fofo, divertido e diferente, esse é imperdível na estante. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de janeiro

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO