Você - Caroline Kepnes

>>  sexta-feira, 24 de abril de 2020

KEPNES, Caroline. Você. Rio de Janeiro: Rocco, 2018. 384p. (You, v.1). Título original: You.

“E posso esperar. Algumas merdas boas acontecem rápido (um livro sucesso de vendas) e algumas merdas boas acontecem lentamente (amor). Eu saquei. Você está ocupada, tem aulas – eu saquei-, tem Peach – eu saquei-, não está me evitando – eu saquei -, tem trabalhos atrasados – eu saquei -, Peach simplesmente não consegue ficar perto de caras – eu saquei -, você não consegue mandar muitos e-mails com tudo o que está acontecendo – eu saquei -, e você pensa em mim quando deita na cama que eu fiz para você – eu saquei. Está vendo, Beck, não sou um babaca narcisista que espera que suas necessidades tenham prioridade o tempo todo. Eu acordo, corro de um lado para o outro, e minhas pernas estão firmes o tempo todo – você acabará notando – e vendo King, leio King, almoço, sozinho, janto, sozinho, e em nenhum momento reclamo de você por estar cagando para mim. Nem uma vez. ” p. 176

Lançado pela primeira vez em 2014, Você, foi a estreia da americana Caroline Kepnes na literatura. O livro ganhou fama após a estreia da série homônima no Netflix, hoje conto para vocês o que achei!

Joe Goldberg é um rapaz solitário, que passa os dias na livraria onde trabalha, e a noite sozinho com seus livros. Joe está em busca de algo, do seu grande amor. Daquela pessoa que sempre vai amá-lo e nunca vai abandoná-lo. Joe só quer encontrar o seu grande amor e ser feliz para sempre... mesmo que esse “grande amor” não queira a mesma coisa.

Quando Guinevere Beck entra na livraria e compra alguns livros, ele fica encantando com a beleza da moça. Bonita, inteligente e sexy, ela não hesita em ter um flerte inocente com ele. Ao passar seu cartão de crédito, Joe descobre tudo o que precisa saber sobre ela: um nome.

Com isso ele acha Beck em suas redes sociais e descobre tudo sobre ela. Ela é daquelas que posta sobre tudo, o tempo todo. Logo ele já sabe onde ela mora, onde ela estuda, quem são seus amigos, o que ela pensa e o que deseja. E é isso que ele quer, realizar todos os seus desejos. Para isso ele só precisa se aproximar aos poucos, e ela logo vai perceber que eles foram feitos um para o outro.

Ele a segue persistentemente, a aos poucos, por uma “coincidência”, ele a reencontra. Ele precisa se livrar de algumas pessoas que são venenosas para ela, e assim ele se aproxima de Benji, por quem Beck é apaixonada, mas que não quer nada sério com ela; de Peach , a melhor amiga de Beck que é totalmente dependente e tem uma queda por ela, de Chana e Lynn. Os dois começam um romance, mas aos poucos, ele descobre que Beck também guarda muitos segredos. E a conclusão desse relacionamento obsessivo pode ser mortal.

Não foi culpa minha Candace ter me seguido até a beira d’água, e não foi culpa minha eu tê-la apanhado, tê-la segurado na água e tê-la visto passar para o grande além. Ela queria estar lá, ou não teria ido até a água comigo. Ela sabia que estava me matando, e sabia que eu não era o tipo que cai sem lutar. ” p. 259

~~~~~~

Acredito que poucos de vocês já leram esse livro, mas a maioria já assistiu a série do Netflix, You. Eu assisti a série antes, só depois descobri que existia o livro aff, normalmente gosto de fazer o contrário. Então durante o livro todo comparei os dois, não teve como ser diferente. E, obviamente, o livro é melhor do que a série, mas o livro também deixa a desejar em alguns momentos.

O livro é narrado por Joe, em terceira pessoa. Ele é uma espécie de narrador contando uma história e é tudo muito sinistro, quase assustador. Joe é obsessivo e o fato de só conhecermos seu ponto de vista deixa o livro todo tenso e bem angustiante. Você sabe que ele é nojento, grotesco, mas você se vê presa a narrativa, quase que torcendo por ele. Os outros personagens se mostram bem desagradáveis também e o leitor chega a pensar “já foram tarde”. 

Os personagens são todos muito perturbados rs. Joe, é claro. Mas Beck com sua loucura por sexo e por flertar com tudo que se mexe, com suas mentiras manipuladores e sua síndrome de menininha abandonada. Peach com sua obsessão por Beck e a forma como usa a amizade dela para chantagear, exigir e se fazer de coitada. Benji um drogado rico metido a besta... e por aí vai. Claro que só os conhecemos pelos olhos de Joe, então se ele desgostar de alguém, vamos desgostar, vamos praticamente entender. E Joe se acha uma ótima pessoa, e que todas as suas atitudes são justificáveis em nome do amor. Ele culpa várias pessoas ao longo do livro que o obrigam a fazer determinada coisa, como matá-las rs. Então ao mesmo tempo que você tem horror de Joe e quer que ele se dê mal, você também torce por ele e está pouco se lixando para os outros.

O enredo é cansativo em alguns momentos, talvez pelo estilo da narrativa. Não é daqueles livros que você lê em uma sentada, ele me prendeu, mas tinha hora que eu precisava “descansar” do livro. A parte policial é praticamente inexistente, mesmo assim, é melhor do que na série. Tem hora que não dá para entender como Joe escapa tão fácil de tudo, como a morte da Peach ter sido confirmada como suicídio. Afinal ela foi estrangulada antes de ser afogada! Era para ter marcas no pescoço... talvez o mar tenha destruído as provas, mas como só sabemos o que Joe sabe, não dá para ter uma visão mais crítica.

E agora vamos a série X o livro. A adaptação foi até bem fiel nesse primeiro livro, mas muda algo primordial. No livro Joe deixa claro que Candace está morta, na série ela aparece viva na segunda temporada. A morte de Peach na série é muito sem noção, tem um tiroteio e depois falam que foi suicídio, aqui isso fica mais aceitável. Na série eu achei que tentam romantizar um pouco Joe, aqui ele é claramente nojento, um psicopata sinistro. Tem várias cenas de masturbação bem nojentas, realmente todo mundo precisa repensar o que posta em rede social, e no quão bem protegida é ou não sua casa.

Apesar de pesada eu gostei da leitura e quero ler a continuação. Pelo que vi no site da autora serão quatro livros, mas só dois foram lançados até agora. Quem leu/assistiu me conte o que achou, leiam!!

Adicione ao seu Skoob!

Série You da Caroline Kepnes:
  1. Você (You)
  2. Corpos ocultos (Hidden Bodies)
Avaliação (1 a 5): 3.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de abril!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO