Doces Magnólias: Linda conquista - Sherryl Woods

>>  segunda-feira, 24 de maio de 2021


WOODS, Sherryl. Linda conquista. Rio de Janeiro: Editora Harlequin,2020. 384p. (Doces Magnólias, V.1). Título original: Stealing home.

"- Nós podemos fazer qualquer coisa. Afinal, somos as Doces Magnólias. Todo mundo na escola sabia que estávamos destinadas ao sucesso. Foi o que escreveram nos anuários.
- Também disseram que nós éramos as que mais tinham chance de arrumar confusão e acabar na cadeia - lembrou Maddie." p.37

Quem acompanha o VL há mais tempo sabe que eu amo séries de TV e vou correndo atrás dos livros quando vejo que é uma adaptação. A série de romances Doces Magnólias da Sherryl Woods tem feito sucesso na telinha, eu só descobri que era baseado em livros despois de assistir rs e só agora consegui ler. Confiram o que achei do primeiro volume com Linda conquista!

Maddie Townsend, 40, é uma mulher feliz e realizada. Casada com Bill, o médico pediatra da cidade, mãe de 3 filhos - Tyler o mais velho com 16, Kyle com 14  e Katie, com 6 anos -, tem uma vida tranquila e feliz na pequena cidade sulista de Serenity.  Ou vivia uma vida feliz... Sua vidinha tranquila é destroçada quando em uma noite qualquer, o marido de longa data simplesmente informa que não é mais feliz, que quer o divorcio. E conta um pequeno detalhe, ele está tendo um caso com a secretária que está grávida! Então precisa "resolver este problema" o mais rápido possível para ser feliz com sua nova esposa!

Indignada, triste, destroçada, Maddie passa por todas as fases da traição. Ela achava que tinha um casamento feliz, acreditava que amava e era amada. E agora, nesta idade, ela precisa recomeçar. Precisa arrumar um emprego, se divorciar e seguir em frente. Fácil de falar, muito difícil de fazer. Ainda mais quando se tem 3 filhos e precisa pensar neles primeiro. Ela não pode fazer alarde,  não pode descarregar sua revolta e seu ódio. Ela precisa ser madura, tratar Bill com respeito para não prejudicar a relação do pai com os filhos e "aceitar" Noreen, a "namorada" do seu marido.  E isso em uma cidade onde todos sabem de tudo o que acontece.

A única constante na vida de Maddie são suas duas melhores amigas de infância. Elas cresceram juntas e são inseparáveis. E elas estão ali para ajudar, para o que der e vier. Helen Decatur é uma advogada implacável, e também quem irá batalhar por um bom acordo de divórcio. E Dana Sue Sullivan uma cozinheira excelente, que sempre tem uma comidinha para alegrar o dia. E uma boa margarita se o caso for grave. Com muitas  margaritas e muito papo, as três resolvem abrir um centro de cuidados para as mulheres na cidade, uma espécie de academia e SPA, para as clientes serem mimadas. E Maddie, formada em negócios, mesmo depois de tantos anos sem trabalhar, é a escolha das duas para administrar o lugar.  

Com tudo isso acontecendo, em uma cidade pequena onde tudo vira fofoca, os filhos são os mais atingidos. Kyle um jogador de beisebol com um futuro promissor na liga profissional, de repente, está jogando muito mal e indo mal também nas outras  matérias.  

Cal Maddox, 30 anos, é o treinador de beisebol de Kyle. E procura Maddie para conversarem sobre ele. Seu principal jogador, está indo de mal a pior e correndo o risco de ir para o banco de reservas. Lindo, solteiro e talentoso, Cal desperta o interesse de todas as mulheres solteiras da cidade. Mas quando ele se interessa por Maddie, uma mulher mais velha e "quase" divorciada, a cidade inteira tem algo a dizer a respeito.  

~~~~~~~~~~

Adorei a leitura! Romance gostosinho, divertido, com enredo ótimo e narrativa gostosa. Com uma boa carga dramática também, já que a protagonista passa por poucas e boas. Não conhecia ainda o trabalho da autora, e gostei muito. É mais uma história de amizade, sobre a força da mulher do que um romance. 


Só não sei se a série de TV me influenciou de forma positiva ou negativa rs. Por um lado eu já conhecia as três protagonistas e já adorava todas elas. Por outro, o livro não trouxe surpresas, eu já sabia muito do que iria acontecer. A vantagem é que cada livro fala sobre uma das protagonistas, então aqui a história da Maddie chega a um final, de certa forma.  O próximo livro será sobre Dana Sue. Já na série, fica tudo em aberto no final da primeira temporada, todo mundo ficou chupando o dedo. Eu assisti à primeira temporada antes de saber que era baseada nos livros, depois comprei o primeiro livro e só agora consegui encaixar na fila. A série Sweet Magnólias da Netflix foi renovada para uma segunda temporada, que ainda não tem data de estreia. A primeira temporada, inspirada nesse livro, tem 10 episódios. 

Achei a série bem fiel ao livro, porém, a TV sempre faz os dramas serem maiores rs. Gostei dos três filhos da Maddie, acho que os problemas que surgiram foram justos, eles foram criados em uma família tradicional, em uma cidade pequena, e de repente o pai engravida a secretária, sai de casa, e todo mundo da cidade sabe disso. Na série as crianças são mais chatas, Noreen é mais insuportável ainda rs, e tem alguns dramas que nem se fala no livro (não sei se não existem ou se serão abordados nos próximos livros).  

Falando sobre este volume em si, eu gostei muito das três amigas! Maddie é pé no chão e uma ótima mãe, e tenta de verdade relevar muita coisa pelos filhos. Ela era boazinha até demais, tentava ajudar Bill, mais conhecido como o EMBUSTE ou o FDP Miserável, a se dar bem com os filhos e ser aceito. Eu no lugar dela teria enfiado a porrada nele kkk, ou pelo menos, dito poucas e boas, ela é uma santa! Claro que o filho mais velho não quer saber do pai e fica revoltado, acho que qualquer um ficaria nesta idade. Ele tem seus momentos rebeldes, o que acaba aproximando Maddie e Cal. 

Eu adorei os dois como casal, muito fofo como Cal se apaixona por ela e faz de tudo para conquistá-la. Muita gente não gostou e achou forçado o "Dois pesos, duas medidas" do livro, mas infelizmente, eu achei muito real. A sociedade é machista! As mulheres muitas vezes são machistas, é o patriarcado. Melhorou nos últimos tempos? sim! Mas está longe de ser um problema resolvido. Imaginem uma cidade pequena no sul dos EUA (a cidade de Serenity é fictícia), os sulistas são historicamente preconceituosos (as mulheres do sul são damas que devem se portar bem e têm um nome a zelar, não podendo se misturar com famílias de outro naipe. Tanto que desde a Guerra da Secessão até hoje, persiste o ódio sulista contra os Ianques). Então o que acontece é que, enquanto Bill, o marido, larga a esposa e desfila pela cidade toda com a amante grávida, tem fofoca, mas fica por isso. Porque naturalmente "os homens são fracos", "é a crise da meia idade" e por aí vai. Consideram a culpa da mulher que não "segurou o marido" ou não enxergou que o casamento não estava bom a tempo de "consertar". Agora uma mulher de 40 anos, no meio do processo de divórcio, envolvida com o treinador da escola do filho? Um homem mais novo, de 30 anos! Deu o que falar! A ponto dele correr o risco de ser demitido e ter uma assembleia na escola para decidir sobre isso. É o fim dos tempos? Infelizmente não, nem achei pouco plausível. 

Além do drama principal da traição, divórcio, gravidez da amante e todo o drama em cima das escolhas de Maddie, temos alguns dramas paralelos que começaram a ser desenvolvidos. Como a filha adolescentes de Dana Sue, que aparentemente tem um distúrbio alimentar grave. Com certeza o assunto será explorado melhor no segundo livro. Como cada livro foca em uma protagonista, dá para ler só este, se a pessoa não quiser continuar, ou ler só os três primeiros para ler sobre as três personagens principais. Eu quero ler tudo rs, o negócio é lançarem aqui!

A vantagem do livro? Além do livro sempre ser melhor, mais rico e com mais detalhes, aqui a história do casal, Maddie e Cal, tem um final redondinho. Ao contrário da série que termina a temporada com tudo no ar e ainda com uma tragédia que ninguém sabe o que aconteceu. 

Eu adorei e indico para todos que curtem romances mais maduros, leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Doces Magnólias da Sherryl Woods
  1. Linda conquista (Stealing home) - Maddie
  2. Um pedaço do céu (A slice of heaven) - Dana Sue
  3. Feels like family (os demais ainda não lançados no Brasil) - Helen
  4. Welcome to Serenity
  5. Home in Carolina
  6. Sweet tea at sunrise
  7. Honeysuckle summer
  8. Midnight promises
  9. Catching fireflies
  10. Where azaleas bloom
  11. Swan point.
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de maio!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO