Um pedaço do céu - Sherryl Woods

>>  sexta-feira, 3 de dezembro de 2021


WOODS, Sherryl. Um pedaço do céu. Rio de Janeiro: Editora Harlequin,2021. 416p. (Doces Magnólias, v.2). Título original: Slice of heaven.

"- Chame do que quiser, desde que saiba que não vou a lugar nenhum.
Dana Sue revirou os olhos.
- Eu sei. Estou começando a achar que você é tipo fungo. Quando volta, é ainda mais difícil se livrar dele.
- Isso é jeito de falar do homem que você prometeu amar por toda a eternidade? - Ronnie estava se divertido, apesar da tentativa dela de insultá-lo. 
- Esse homem está morto para mim - afirmou ela.
Talvez fosse apenas mais uma coisa sobre a qual Ronnie estivesse querendo se enganar, mas ele achava que não era bem o caso." p.194

O segundo volume da série Doces Magnólias da Sherryl Woods vai contar a história da Dana Sue, uma das três melhores amigas que conquistaram o público na série da Netflix, Sweet Magnolias. Confiram o que achei de Um pedaço do céu.

A resenha não contém spoilers do volume anterior, confira a resenha de Linda conquista.

Dana Sue Sullivan, 40, se casou com o namorado do colégio, e eles foram felizes e apaixonados por muitos anos. O casal têm uma filha linda, Annie, agora já com 14 anos. Até que seu agora ex-marido, Ronnie, destrói tudo ao dormir com outra mulher em uma noite aleatória. Ela o expulsa de casa e da cidade, quando uma de suas melhores amigas, Helen, consegue um acordo de divórcio com a custódia total da filha do casal. 

Dois anos após o divórcio, Dana Sue ainda sofre com o coração partido, embora não admita. Mas ela lutou e superou suas dificuldades. Abriu um restaurante que hoje é conceituado em toda região, o Sullivan's. O melhor restaurante de Serenity serve o melhor da culinária sulista. Ela também é sócia das duas amigas no novo SPA para mulheres da cidade, administrado por Maddie

Já sua vida pessoal anda uma bagunça. Dana Sue está acima do peso e desconta todas suas frustrações em comida. E ela, que perdeu a mãe com complicações da diabetes, precisa controlar melhor sua glicemia, levar a sério uma dieta e fazer exercícios regulares. E tudo isso não é nada, comparado com o que está acontecendo com a filha. Annie está cada vez mais magra, e embora desconfie que a filha sofra de algum distúrbio alimentar, ela evita o confronto. Insiste que a menina coma, ela parece obedecer, mas está cada dia mais pálida e com os ossos aparecendo. 

Até que um dia o pior acontece, Annie desmaia e as amigas não conseguem acordá-la. No hospital, ela descobre que sua filha teve um ataque cardíaco e quase morreu em consequência da anorexia. Ela se vê obrigada a ligar para Ronnie, que volta imediatamente para a cidade. 

Agora eles precisam se unir para que a filha melhore, aceite o acompanhamento psiquiátrico e a nova dieta da nutricionista. Ronnie sabe que errou e só quer conquistar a esposa novamente, e voltar a fazer parte da vida das duas. Já Dana Sue, apesar de ainda estar apaixonada, tem medo de abrir seu coração para o homem que a traiu. 

~~~~~~~~

Eu adorei o primeiro volume da série, mas, infelizmente, não posso dizer o mesmo da continuação. Apesar de já adorar as personagens principais e o enredo em geral, duas coisas me incomodaram muito. Sendo o romance a principal delas. Eu sei que nada é tão preto no branco assim, mas eu não consigo aceitar ela perdoar uma traição dessas! E mesmo eu sabendo desde o início que o romance seria entre Dana Sue e o ex-marido, eu não consegui torcer para eles ficarem juntos.  E isso, estragou o principal do livro para mim.  

A segunda coisa que incomoda, é  a forma como a autora trata a questão da autoestima, autoimagem e a obesidade. Apesar do livro ter sido escrito em 2007 e essa abordagem tenha evoluído nos últimos anos, aqui a autora claramente relaciona a magreza com a beleza e a felicidade. Dana Sue precisava controlar o peso sim, para não ficar diabética e ter os mesmos problemas de saúde que levaram sua mãe a falecer. Mas ela pensa nisso por todos os motivos errados: que está feia, que tem vergonha que Ronnie a veja nua, que está gorda e indesejável e etc. E Annie, desenvolve um distúrbio alimentar para não "ficar gorda igual a mãe", porque assim "nenhum homem vai querer ficar com ela". Ela até acredita que o fato da mãe engordar foi o que fez com que o pai traísse a mãe e saísse de casa. E apesar de alguns personagens tentarem passar uma visão mais esclarecida sobre o tema, como Maddie,  foi sofrível ler esse pensamento deturpado da autora até o final.  

E a isso soma-se a forma tóxica como a autora enxerga a traição, como algo normal (da parte dos homens, claro). No primeiro livro, o ex-marido de Maddie a traiu e assumiu a nova namorada grávida para a cidade toda. Muito normal. E quando Maddie conhece um homem mais novo e começa a sair com ele (depois do divórcio), a cidade toda julga e critica. Tudo normal também. E seria muito normal ela perdoar o marido e voltar para ele. E aqui, de novo, a traição por parte do homem como um "erro" que pode acontecer em "qualquer relacionamento de muitos anos". Sério mesmo? Leio essas coisas na força do ódio! kkk

Bom, tirando tudo de ruim, o livro é legal hahaha. Eu já gosto das personagens, então adoro a amizade de Dana Sue, Maddie e Helen. Adoro o cenário da cidade pequena e a vidinha tranquila delas. Queria mais sobre a culinária em si, a autora não aborda esse ângulo e senti falta disso, mas mesmo assim curti as cenas que envolvem o restaurante. E apesar de não querer Ronnie de volta com Dana Sue, eu gostei dele como pai e como pessoa, afinal, ele realmente passa o livro todo tentando se redimir e fazer a coisa certa. 

A série de TV não sei se vai seguir esse mesmo ângulo, lá o ex parece ser mais detestável ainda e ainda não abordaram esse problema da Annie. Espero que mudem na série, não engoli esses dois juntos até o final! Estou já ansiosa para o livro da Helen, que acredito que vá fazer par com o Erick, cozinheiro do restaurante. 

Quem leu me conte se curtiu! 

Adicione ao seu Skoob
Compre na Amazon: Um pedaço do céu

Série Doces Magnólias da Sherryl Woods
  1. Linda conquista (Stealing home) - Maddie
  2. Um pedaço do céu (A slice of heaven) - Dana Sue
  3. Feels like family (os demais ainda não lançados no Brasil) - Helen
  4. Welcome to Serenity
  5. Home in Carolina
  6. Sweet tea at sunrise
  7. Honeysuckle summer
  8. Midnight promises
  9. Catching fireflies
  10. Where azaleas bloom
  11. Swan point.
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Top comentarista de novembro!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO