target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Blue Bloods: O baile de máscaras - Melissa De La Cruz

>>  sexta-feira, 5 de agosto de 2011

DE LA CRUZ, Melissa. Blue Bloods: O baile de máscaras. São Paulo: Editora iD, 2011. 336p. (Blue Bloods, V.2). Título original: Maskerade.

“Charles Force era Miguel, o Coração Puro, um dos arcanjos que, por vontade própria, escolheu o exílio do Paraíso para ajudar seus irmãos, que tinham sido expulsos durante a insurreição de Lúcifer e condenados a levar suas vidas na Terra como Blue Bloods. Era um vampiro apenas por opção, não por pecado.”

Este é um daqueles livros que eu começo a ler e não paro até o final, uma leitura própria para se divertir e passar algum tempo em um mundo muito diferente do real. Eu gosto de livros de vampiros de todo jeito, do mal, do bem, que brilham rs - sem preconceitos - e até vampiros da alta sociedade, algo meio Gossip Girl. Esta série consegue unir o desejo e os poderes vampíricos ao glamour da alta sociedade de Nova York. Confiram o segundo volume da série Blue Bloods com O baile de máscaras de Melissa de La Cruz.

A sociedade vampírica dos Blue Bloods é constituída por uma espécie de anjos caídos, os anjos expulsos do paraíso depois da queda de Lúcifer, foram condenados a viver na Terra e precisam de sangue para sobreviver. Além disso, eles nascem, morrem e voltam novamente para mais um ciclo na Terra. Na vida presente, quando se transformam em vampiros adultos eles começam a recuperar as memórias das vidas anteriores e alguns deles mantêm os laços de união do passado. 

A partir daqui contém spoilers se você não leu Vampiros de Manhattan.

Schuyler Van Alen é a única Blue Blood mestiça, nascida da união de sua mãe Alegra, com um humano. Logo depois do parto sua mãe entrou em coma profundo e permanece até hoje neste estado. Agora Schuyler sabe da sua origem, começa a testar seus poderes vampíricos e precisa descobrir a verdade sobre os Silvers Blood – que vem assassinando adolescentes misteriosamente.

Seguindo as orientações de sua avó Schuyler e Oliver partem para Veneza em busca de seu avô desaparecido, mas ela só sabe seu nome e a cidade onde provavelmente ele estava vivendo, não tem nenhuma pista que a auxilie na busca. Enquanto isso em Manhattan Mimi Force e sua trupe estão organizando o famoso Baile dos Quatrocentos, uma festa exclusiva, onde os jovens Blue Bloods são apresentados a sociedade.

De volta a Nova York Schuyler se vê obrigada a comparecer ao baile, lidar com sua atração por Jack e por tabela com sua insuportável irmã Mimi. Enquanto isso Bliss não consegue esquecer Dylan e começa a ter estranhas visões e por vezes acorda sem saber onde estava. Schuyler começa a sentir uma atração diferente por Oliver, seus sentimentos estão confusos e enquanto isso coisas estranhas começam a acontecer, novamente a vida de Schuyler e outros Blue Bloods está em risco.

Eu gostei muito do segundo livro da série, é mais emocionante e muitos mistérios são melhores explicados, como a origem dos Blue Bloods, a forma como eles guardam suas memórias por várias vidas e a união um tanto bizarra entre os irmãos Force.  Schuyler está descobrindo sua força como vampira, consequentemente também descobre sua sede por sangue.

Na trama de um lado temos a suspeita que os Silver Bloods – vampiros do mal que sugam o sangue dos Blue Bloods até matá-los e apoderar-se de suas memórias passadas – voltaram a atacar e de outro o grande baile organizado por Mimi.  Acho o máximo como a autora consegue casar o lado sobrenatural da trama com tanta moda, glamour e modelitos fantásticos.  Quem não gosta de moda pode achar esta parte muito detalhada, eu adoro e fico imaginando os vestidos e looks dos personagens.

Schuyler e Oliver estão fofos neste livro, a relação entre eles começa a mudar e ela questiona se o que sente por ele é só amizade. Enquanto isso claro, Jack está por perto, lindo como sempre e também mexe com o coração da garota. Mimi continua insuportável como sempre, mas sei lá porque eu gosto da personagem rs.

A escrita de Melissa de La Cruz é muito gostosa e ela tem um estilo único para construir suas tramas, adoro visualizar o personagem perfeitamente na minha cabeça, cabelo, olhos, maquiagem, roupa tudo é muito bem descrito. A autora é conhecida por outras séries lá fora, espero que cheguem logo por aqui. Leiam!

Série Blue Bloods de Melissa De La Cruz

  1. Blue bloods: Vampiros de Manhathan (Título original: Blue Bloods)
  2. O baile de máscaras ( Masquerade)
  3. Revelações (Revelations)
  4.  O legado dos Van Alen (The Van Alen legacy)
  5. Misguided Angel ( os demais ainda não lançados no Brasil)
  6.  Lost in time
  7. Gates of paradise.
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO