target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O trono de fogo - Rick Riordan

>>  sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

RIORDAN, Rick. O trono de fogo. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2011. 400p. (As crônicas dos Kane, V.2). Título original: The throne of fire.

“Se você não ouviu nossa primeira gravação, então… muito prazer: os deuses egípcios estão circulando no mundo moderno, um grupo de magos chamado Casa da Vida está tentando detê-los; todo mundo me odeia e odeia Sadie; e uma serpente enorme está prestes a engolir o Sol e destruir o mundo.
Sadie acabou de me dar um soco. Ela diz que vou assustar você demais. Preciso parar, me acalmar e recomeçar do início.
Está bem. Mas, na minha opinião, você deveria ficar assustado.” p.11

Eu adoro a fórmula, mesmo que ela não mude muito, das tramas do Rick Riordan. A combinação de aventura, magia, personagens divertidos e muita ação é irresistível para mim, imaginem para o público juvenil. E não podemos negar que o autor é dinâmico, o conteúdo histórico da um toque de mestre e ele escreve como ninguém. Este é o segundo volume da série As crônicas dos Kane que começou com A pirâmide vermelha, divirtam-se e aventurem-se com O trono de fogo de Rick Riordan.

Sadie e Carter Kane são irmãos que não tem nada de comum, nem fisicamente, nem com o resto de nós pobres mortais. Ela loira com mechas roxas, 13 anos e muita impetuosidade. Ele moreno, cabelos negros e encaracolados, 14 anos e mais comedido; metido a sabichão, segundo ela. Eles cresceram separados, após a morte da mãe Sadie foi criada pelos avós em Londres, enquanto Carter viajou pelo mundo ao lado do pai. Até que em um acidente no museu muda tudo. Os dois são descendentes de Deuses egípcios, possuem sangue de faraó e com isto são usuários da magia.

A partir daqui contém spoilers se você não leu o livro anterior.

Os Deuses do Egito Antigo saíram do Duat e foram liberados no mundo atual, e deste então Carter e Sadie vivem um vida repleta de aventuras e perigos. Os dois tem poderes especiais, mas ainda não os dominam completamente e agora estão refugiados na casa do Brooklin para se aperfeiçoarem, junto com eles está uma turma de alunos, que vieram para treinar após tudo que aconteceu com Set e aquela coisa de dominar o mundo.

Agora o pai deles virou Osíris, sua mãe é um fantasma e seu tio Amós ainda está ausente. Para piorar os magos da Casa da Vida gostariam muito de se ver livre da família Kane para sempre. Eles continuam negando que precisam da ajuda dos Deuses, enquanto isto o mau se aproxima.

Apófis, a serpente do caos, está ficando mais forte e planeja destruir o mundo que conhecemos e governar na escuridão. Apófis esteve aprisionado por muito tempo, desde que o Deus Rá deixou este mundo para sempre e deixou Bastet – a deusa gato – para lutar com ele eternamente. Depois que Bastet foi salva da prisão ele se fortaleceu e agora eles precisam impedir que ele se  liberte.

Para tanto os irmãos tem apenas 4 dias – antes do equinócio da primavera – para juntar as três partes do livro de Rá perdidas pelo mundo, fazer o feitiço corretamente, despertar  - o rei sol - e combater Apófis. Para piorar Vladimir Venshikov, um mago poderoso do mal, irá fazer de tudo para matá-los em nome da Casa da vida.

Ninguém sabe onde está Rá, o tempo é curto e eles têm muitos problemas pelo caminho. Um grifo, um deus anão e novos amigos poderão ajudar. Porém, como vocês já sabem, nem todos os deuses são bonzinhos e a vida dos dois está em risco, para variar. Novamente tudo começa com uma invasão ao museu, mas perto do que virá isto foi o mais fácil.

O mais legal desta série é que o livro é contado através de transcrições de fitas, narradas alternadamente entre os dois irmãos. Os dois são bem diferentes, implicam um com o outro o tempo todo e a leitura é muito divertida. Agora no segundo livro eles estão mais unidos, novos personagens chegam com tudo e são ótimos. Como Jaz e Walt.  Tem também Bes, o feio, muito feio e divertido deus anão.

Mesmo com toda a correria eles ainda tem tempo para se apaixonar. Carter continua sonhando com Zia – detentora da magia do fogo e muito bela – que continua desaparecida. Sadie está dividida: derrete sempre que vê Anubis – o Deus da morte que tem cinco mil anos de idade e um corpo adolescente sarado -, mas também está encantada com Walt. Ele trabalha com magia dos amuletos, é gato, forte e está treinando com eles.

Eu adoro mitologia e estava muito ansiosa para ler o segundo livro desta série. Fica aquela coisa meio clichê, já que as séries do Riordan são bem semelhantes... meio um Percy Jackson no Egito. Acho que é a única coisa que poderia citar como ponto negativo, no geral eu adoro todos os livros e me divirto muito. Mas Sadie e Carter são personagens bem diferentes, eles encaram tudo de frente, correm atrás da solução dos seus problemas e não ficam reclamando pelo canto.

O livro deixa várias pontas para a sequencia e mais uma vez me deixou ansiosa. Leiam!!! Eu super indico para todo mundo que gosta de fantasia infanto-juvenil. As descrições são ótimas, os cenários e personagens quase se materializam diante dos olhos. Leiam =]


Série As crônicas dos Kane
  1. A pirâmide Vermelha (The red pyramid)
  2. O trono de fogo (The throne of fire).
  3. A sombra da serpente (The serpent’s shadow).
Interligado
Guia de sobrevivência (Survival Guide).

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO