target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O despertar da meia-noite - Lara Adrian

>>  sexta-feira, 28 de setembro de 2012


ADRIAN, Lara. O despertar da meia-noite. São Paulo: Editora Universo dos Livros, 2011. 360p. (Midnight Breed, v.3). Titulo original: Midnight Awakening.

“Beijou-a apaixonadamente, com a língua, os dentes e as presas. Elise lhe retribuiu cada movimento, e quando ele sentiu os embotados dentes humanos dela mergulharem na carne de seu lábio inferior, agitou-se violentamente, gemendo enquanto sua língua lambia a pequena ferida que tinha feito. Ela chupou um pouco mais forte e ele se perdeu completamente, febril com o desejo de tê-la em suas veias.” p. 218

O despertar da meia-noite é o terceiro volume da série sobrenatural vampírica Midnight Breed da americana Lara Adrian. Com um conteúdo adulto e mais erótico, os livros contam com um forte apelo romântico e muita ação entre os guerreiros da raça. A série iniciou-se com O beijo da meia-noite e O beijo escarlate; cada livro foca em um casal protagonista, então hoje vocês vão conhecer Elise Chase e Tegan, o mais temido dos guerreiros.

Breve resumo da série: Ambientada em Boston a estória gira em torno dos Guerreiros da ordem, vampiros fortes e corajosos, guerreiros natos que combatem aquilo que chamam de “renegados”. Os vampiros se alimentam para sobreviver, porém não matam suas vítimas; bebem sangue de humanos ou de suas companheiras de raça – humanas que tem uma marca de nascença e que quando se unem aos vampiros podem beber de seu sangue, permanecem jovens por muito tempo, mas não chegam a se transformar. Os renegados são os vampiros que se renderam a sede de sangue, ficaram viciados e assassinam para sobreviver. Eles caçam e matam os renegados para que sua raça continue a viver nos refúgios sem chamar a atenção dos humanos.

Os livros são bem independentes, mas no caso de Elise sua historia começa no livro anterior, portanto esta resenha contém spoiler sobre o segundo livro da série.

Elise Chase nunca mais será a mesma mulher; uma companheira de raça indefesa que morava em um refúgio e estava sempre protegida. Viúva há cinco anos Elise era respeitada na sociedade e mantinha seu luto, vivendo apenas para cuidar de seu filho adolescente. Porém depois do surto da droga carmesim entre os vampiros, tramada pelos renegados, jovens viciados em sangue rapidamente se transformavam. E Elise perdeu seu único filho, e também sua vontade de viver.

Alimentada apenas pelo ódio e desejo de vingança ela sai do refúgio e muda-se para uma cidade humana. Armada e correndo enorme perigo Elise segue sozinha pelas ruas, a procura dos subordinados dos vampiros renegados. Seu poderoso dom psíquico a ajuda a encontrar sua presa, mas também está acabando com sua vida. Seu dom é mais uma maldição, ela não sabe controlá-lo e acaba afetada por todos os pensamentos ruins que orbitam ao seu redor.

Tegan sabe bem o que é a dor de uma grande perda. Há muitos anos perdeu sua companheira e nunca mais se aproximou de outra mulher. Feroz e solitário ele é temido até por seus companheiros, e consegue manter todos afastados. Seu caminho cruza com Elise, e para ela, ele é a única chance de controlar seu dom. Ela precisa de ajuda, ele odeia companhia. Os dois começam uma estranha aliança, recheada por uma grande atração e também de muita briga.

Enquanto isso os renegados liderados por Marek – um dos guerreiros mais antigos, irmão de Lucan – estão cada vez mais forte e parecem buscar algo importante. A luta nunca esteve tão perigosa e todos correm grande perigo.

~~~~~

Esta é a minha série sobrenatural adulta preferida, tudo bem que não li tantos livros de IAN, mas acho o enredo de Midnight Breed muito melhor e bem elaborado, os inimigos são sem dúvida melhores.  E este livro não perde o ritmo, pensei que não ia gostar de Elise que é muito sem sal no volume anterior, mas a moça revela-se muito forte e ousada.

Aquela coisa do vampiro traumatizado que não quer uma esposa e ai se apaixona loucamente por uma bela companheira de raça bem cabeça-dura, está presente em todos os livros. Nada muda, a moça é frágil e teimosa, de repente fica muito forte, tem poderes e faz de tudo para ajudar e conquistar seu homem. Os dois se engalfinham metade do livro, protagonizam algumas cenas hots e demoram até o final para “descobrir” que são amados pelo parceiro. Clichê pior que de novela da Globo.... mas... eu gosto da série mesmo assim.

Não muda muita coisa... surpresa! Mas as cenas hots são ótimas, o casal funciona muito bem e mesmo já sabendo como termina - pelo menos o relacionamento -, eu leio avidamente até o final. A vantagem é que aqui a parte da ação é sempre cheia de reviravoltas. O vilão é bem construído, as cenas de ação são boas e o final consegue surpreender. 

O próximo livro, A ascensão da meia-noite, fala de Rio – um dos guerreiros mais traumatizados e feridos fisicamente. Vamos ver se algo muda no quesito casal rs. Para quem curte um livro sobrenatural mais adulto e picante a série é super recomendada. E como cada livro tem um casal protagonista você não fica tão refém da continuação, ou seja, não se assuste com o tamanho da série. =] Leiam!

Série Midnight Bread de Lara Adrian
  1. O beijo da meia-noite (Kiss of Midnight) – Gabrielle e Lucan
  2. O beijo escarlate (Kiss of crimson) – Dante e Tess
  3. O despertar da meia-noite (Midnight Awakening) – Tegan e Elise
  4. A ascensão da meia-noite (Midnight Rising) - Rio e Dylan
  5. O véu da meia-noite (Veil of Midnight) – Nikolai e Renata  (os demais ainda não lançados no Brasil)
  6. Ashes of Midnight
  7. Shades of Midnight
  8. Taken by Midnight
  9. Deeper than Midnight
  10. A taste of Midnight
  11. Darker after Midnight.
  12. Edge of dawn.
Avaliação ( 1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO