target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Fazendo meu filme 4: Fani em busca do final feliz - Paula Pimenta

>>  quarta-feira, 3 de julho de 2013

PIMENTA, Paula. Fazendo meu filme 4: Fani em busca do final feliz. 2 ed. Belo Horizonte: Editora Gutenberg,2012. 608p. (Fazendo meu filme, v.4).

“Me lembrei de que você sempre se atrasava, mas que nunca faltou... como falta agora. Como esta cidade está incompleta sem você! Os dias continuam cinza, mas você não os colore mais. As noites continuam longas, e eu não sei se você ainda as preenche com música. Eu continuo sem senso de direção, mas não tenho mais você para errar o caminho comigo. O tempo continua sem esperar, mas eu não tenho mais tanta certeza de que algum dia poderei voltar aqui sem que seja contaminada por sua presença, tão marcante, ainda que invisível.” p. 107

As meninas foram solidárias com meu sofrimento pós término de FMF 3 e acabaram escolhendo este como minha leitura do Clube das Chocólatras do mês de junho \o/. Só assim para eu encaixar logo na fila o aguardado final da historia conturbada do casal YA mais fofo da literatura. E hoje vou contar para vocês tudo que senti ao ler Fazendo meu filme 4: Fani em busca do final feliz da brasileira Paula Pimenta.

Esta resenha contém spoilers sobre os livros anteriores da série, se ainda não leu – sério? =] – confiram as resenhas AQUI.

Em Fazendo meu filme 3: O roteiro inesperado de Fani, Estefânia Castelino Belluz,  a nossa já conhecida Fani, está com 18 anos e de volta ao Brasil. Ela finalmente pode reencontrar seu amor, Leo, e viver aquela paixão que ficou por tanto tempo esperando. Os dois ficam juntos o maior tempo possível, mas Fani também precisa se preocupar com o vestibular e o ciúme excessivo do namorado. O ex Christian está de volta, e muita confusão acaba por mudar a vida de Fani mais uma vez.

Como todo grande filme de amor, as historias são sempre cheias de reviravoltas, e Fani não esperava que ela teria tanta dificuldade para achar o seu final feliz. E foi assim, que seu coração se partiu mais uma vez. Em uma confusão digna de Hollywood, Fani perdeu Leo, e com o coração em pedaços tenta seguir sua vida. E é ai, que uma oportunidade que ela não imaginava nem em seus maiores sonhos aparece... Com a ajuda de Christian, Fani consegue uma bolsa para estudar cinema em Los Angeles!  Com o término Leo também ficou arrasado, e acaba abandonando seu curso de administração e indo cursar jornalismo no Rio. Os dois se mudam, e nunca mais se falam...  #acabaramoslencinhos

Cinco anos se passaram, e apesar de guardar a lembrança daquele amor que disparava o coração e o sorriso do seu primeiro amor, Fani amadureceu e se tornou uma mulher forte e cheia de atitude. Ela agora está prestes a se formar em sua pós-graduação em Los Angeles, divide o apartamento com a amiga Ana Elisa e estão sempre com seus amigos; seu melhor amigo Alejandro, sua irmã inglesa Tracy e o divisor de águas ou causador de lágrimas, Christian. Depois de tudo que aconteceu os dois ficaram apenas amigos, mas Fani nunca esqueceu completamente seu único grande amor. Ela teve outros relacionamentos, e no momento estava meio que namorando com o dono da produtora onde trabalhava, Jeff. Mas ela não sente seu coração disparar, ele não balança sua cabeça e ela já pensa em terminar.

Sua grande preocupação é a carreira, Fani está entre os dez finalistas de um concurso estudantil de longas metragens, e ela foi a diretora e roteirista da própria historia. Fani colocou no seu romance todos seus sonhos e desilusões, o filme que conta a historia de uma menina que se apaixonou pelo melhor amigo. Fani nunca mais ouviu falar do Leo, mas cinco anos depois, ainda sente um vazio no peito. Pela primeira vez a amiga Gabi vem visitá-la, e apesar dos papos sobre garotos, ela não quer pensar no passado.

Mas o destino pensa diferente, as notícias de seu filme chegam ao Brasil através da mãe da Fani, que não perde uma oportunidade para exibir os talentos da filha, e este concurso irá mudar mais uma vez o roteiro da vida de Fani.

Do outro lado temos Leo, formado em jornalismo, trabalhando muito no RJ e tentando se firmar como repórter. Apaixonado por cinema, ele quer investir na carreira de jornalista cultural, mas seu chefe insiste em jogar outros trabalhos para ele. Leo teve várias namoradas, mas nunca levou nenhum namoro muito a sério, seu maior amor foi aquele que viveu aos 18 anos. Resta saber se agora ele dará uma chance a namorada grude Meredith ou ficará solteiro de novo... Eles não sabiam, mas esta historia estava longe de terminar.

~~~~~~

FMF 4 começa estranho, eu não me empolguei com o início e cheguei a pensar que este seria o que eu menos iria gostar da série... fiquem tranquilos, me enganei. No inicio a narrativa está diferente; mais madura Fani não tem mais aquele ar sonhador dos adolescentes e seus pensamentos e diálogos estão muito mais centrados. A primeira parte do livro é toda narrada pela perspectiva de Fani, os capítulos se alternam entre sua chegada em Los Angeles – há 5 anos atrás – e sua vida atual. Achei tudo muito embolado, era muita informação, ela resumia 5 anos da vida de todos os personagens e com uma narrativa mais séria. Senti falta dos e-mails engraçados e dos personagens que me arrancaram gargalhadas.

Da segunda parte em diante o livro muda... obviamente, com a chegada do Leo.  A segunda parte conta a vida do Leo, narrada por ele e também alternando passado e presente. A narrativa divertida volta, os emails e diálogos engraçados, as cenas de filme de comédia, as coisas sem noção em que só a Paula Pimenta consegue fazer a gente acreditar.

Fazendo meu filme é principalmente uma historia de conto de fadas, a série conta um amor que só acontece mesmo nos filmes, com tantas reviravoltas e dramas, estamos todos desesperados por um final feliz. Então não me diga que os acontecimentos são surreais, que aquilo não é passível de acontecer... Não é mesmo para ser, a vida de Fani é um conto de fadas, e ela é a princesa, enfrentando todas as bruxas para enfim, quem sabe, ficar com seu príncipe.

A terceira parte alterna os capítulos com a narrativa do Leo e da Fani. E tanta coisa acontece, mas tanta coisa, que eu não aguentava mais de ansiedade para descobrir o final. Eu chorei, eu ri, eu chorei mais do que ri. Eu me emocionei, eu fiquei puta com algumas partes, eu me revoltei com a maldade da Paula - sim, ela tem um lado torturadora! Eu reclamei do final, queria uma parte onde tivessem as reações sobre todos os amigos e familiares sobre o grande acontecimento... que não posso contar. Eu torci a cara para o epílogo, acho que eu preferia um livro 5 hehe. Mas nenhum YA mexeu tanto comigo.

Os personagens secundários nunca tiveram tanto destaque, você sabe tudo sobre todos eles torce muito para saber mais sobre alguns. Neste livro Paula coloca dois personagens novos que se destacam, Cecília e Alejandro. Alejandro é engraçado, um ponto forte do livro, mas não me conquistou tanto; em compensação eu cai de amores por Cecília, uma menina de 12 anos, muito madura, viciada em livros e cheias de bons conselhos para o Leo. Fiquei fã da Cecília!

“Lembra da Fani, aquela minha ex-namorada que te contei que era louca por cinema? Ela uma vez me disse que nenhum filme é melhor do que a própria vida. E agora eu repito isso pra você, apena substitua a palavra filme por livro. Porque a nossa vida é melhor que qualquer livro também. Basta escrever com bastante capricho as páginas da nossa historia que elas acabam nos levando a um final feliz!” p. 368-369

Gostei muito do que a ‘sua’ Fani disse a respeito de filmes e vida, mas o fato é que os livros me permitem ter mil vidas!” p. 369

Fazendo meu filme 4 - observe que a estatística é do quarto volume e toda série perde leitores ao longo do caminho-, conta hoje com 3.210 leitores e média de 4.8 no SKOOB. Você já viu isso na literatura teen nacional? A série é um fenômeno entre o público YA, e ainda por cima, ganha todas as leitoras mais velhas com coração de menina, tipo eu. \o/

Eu ainda não acredito que você ainda não leu, isso mesmo, você ai que está lendo esta resenha enorme e pensando em talvez começar esta série... Sério!! Para tudo e vá ler agora! FMF é sucesso garantido, uma historia de amor fofa, de amizade maior ainda, e, principalmente de crescimento pessoal. Leiam que é tãooo lindo... :)

Série Fazendo meu filme de Paula Pimenta
  1. Fazendo meu filme 1: a estreia de Fani
  2. Fazendo meu filme 2: Fani na terra da Rainha
  3. Fazendo meu filme 3: O roteiro inesperado de Fani
  4. Fazendo meu filme 4: Fani em busca do final feliz.

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO