target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Esconderijo perfeito - Meg Cabot

>>  terça-feira, 10 de setembro de 2013

CABOT, Meg. Esconderijo perfeito. Rio de Janeiro: Galera Record, 2013.288p. (Desaparecidos, v.3). Título original: Safe house.

“Fiquei lá parada, sem graça, enquanto todo mundo me parabenizava pelo lance heroico. Acho que nunca na minha vida tantos alunos populares falaram comigo ao mesmo tempo. Era como se, de repente, eu fosso uma deles.
E, droga! Tudo que precisei fazer foi ter uma visão psíquica sobre uma das amigas deles e depois ir salvar a vida dela.
Estão vendo? Qualquer um pode ser popular. De jeito nenhum isso é difícil.” p.196

Meg Cabot é uma das minhas autoras preferidas de livros teens, seus YAs são divertidos, fofos, cheios de aventura e muita confusão. E essa série é uma das que fazem muito sucesso, é daqueles livros que você pega e lê até o final sem conseguir largar. Hoje vou falar do terceiro volume da série Desaparecidos com Esconderijo perfeito.

Jessica Mastriani é uma adolescente que não consegue ficar longe de confusão. Ainda mais agora, depois que foi atingida por um raio, e ganhou o estranho dom de encontrar pessoas desaparecidas. Ela gosta da parte de ajudar as pessoas, mas acaba tendo que fugir do FBI, que tem uma lista de criminosos que Jess não pretende ajudar a achar. Esta é a sua vida, ah sem falar na sua paixonite por um rapaz de 18 anos que acha que ela é chave de cadeia e, aparentemente, não quer nada com ela.

 A partir daqui pode conter spoilers se você não leu Quando cai o raio e Codinome Cassandra.

A vida de Jess é realmente muito injusta, depois de suar no acampamento de verão com todas aquelas criancinhas, ela acaba viajando com a família de Ruth Abramowitz, sua melhor amiga, para uma casa nas dunas. Um lugar no meio do nada, onde celulares são proibidos a não ser para emergências e Jess é obrigada a jogar vídeo game com Skip, enquanto a amiga anda para cima e para baixo com o novo namoradinho.

Qual não é sua surpresa quando, ao voltar para casa, logo no primeiro dia de aula na Ernest Pyle High School, todos olhavam para ela como se tivesse cometido um crime. Sem saber de nada, Jess, que tinha prometido a Ruth que iria se vestir melhor para fazer mais amigos na escola, acaba sendo odiada.

Isso porque uma das lideres de torcida, Amber Mackey, havia desaparecido e encontrada morta um dia depois. Jess não sabia, mas tinham ligado para ela inúmeras vezes solicitando sua ajuda psíquica. Ela estava inacessível, o que ninguém entende, e para piorar, tinha jurado para o FBI que seus poderes foram embora tão misteriosamente como apareceram.

Ela não pode fazer mais nada, e mesmo assim não consegue tirar o caso da cabeça, e claro, começa a fazer algumas perguntas por aí. Ao mesmo tempo, ela está doida para reencontrar Rob, que pelo jeito, não ligou a mínima para seu sumiço durante a viagem.

Mas seus problemas realmente começam – tirando o fato de mais uma vez ela ter ido parar na coordenação por agressão -, quando uma outra líder de torcida também desaparece misteriosamente.

~~~~~~~

Eu adoro Jess e me divirto muito com ela, a personagem não tem papa na língua, não leva desaforo para casa e não tem medo do perigo. Ela está disposta a tudo para conquistar Rob, para ajudar seus amigos e proteger quem ama. Alguns socos e pontapés são apenas consequências.

A parte divertida da historia continua tão boa quanto nos livros anteriores, mas não gostei da parte do mistério e da investigação dos assassinatos. Ta, pode ser implicância minha porque eu adoro ficção policial e vocês sabem que sou exigente no assunto. Mas achei tudo tão manjado, desde o começo eu sabia quem era o assassino. Até ai tudo bem, mas a explicação toda quando eles contam o porquê do crime foi tão surreal, tudo tão pouco condizente com adolescentes em uma pequena cidade.  Eu achei tudo muito bizarro, e muito pouco factível de acontecer.

Ok, Nanda, a menina tem visões de pessoas desaparecidas e você está preocupada com a solução do crime não ser convincente. Uai, estou, se o mistério todo do livro é desvendar a morte de Amber....

Eu continuo adorando a série e estou louca para ler os próximos, mas este foi o que menos gostei até agora, mas é só porque eu tinha adorado os dois primeiros. Quem leu me conte se gostou! Indico para todo mundo que gosta de infanto-juvenil com aventura, um pouco de romance e muita diversão. Leiam!

Série Desaparecidos (1-800 Vanished) de Meg Cabot
  1. Quando cai o raio (Título original: When lightning strikes)
  2. Codinome Cassandra (Code name Cassandra)
  3. Esconderijo perfeito (Safe house)
  4. Santuário (Sanctuary)
  5. Missing you (ainda não lançado no Brasil)
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO