target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Mar de rosas - Nora Roberts

>>  quarta-feira, 14 de maio de 2014

ROBERTS, Nora. Mar de rosas. São Paulo: Editora Arqueiro, 2014. 288p. (Quarteto de noivas, v.2). Título original: Bed of roses.

“-Vou ser honesta com você, Jack, como prometemos fazer. Tenho um fraco por histórias românticas, por rituais, por gestos. Também tenho um fraco por paixão, dessas fulminantes e doidas. Quero você das duas formas. E esta noite, serei sua, do jeito que você quiser.” p. 122

Nora Roberts é noite fria, chá quente e edredom. É um daqueles livros que você lê sabendo o que irá encontrar, a autora é uma velha amiga sempre com uma novidade esperando na estante. Com o Quarteto de noivas não foi diferente, a historia é romântica, divertida e uma linda história de amizade. Hoje vou falar do segundo volume com Mar de rosas.

A resenha não contém spoilers sobre o volume anterior, confira a resenha de Álbum de casamento.

Mac, Emma, Laurel e Parker cresceram juntas, melhores amigas desde a infância. Elas são bem diferentes, mas adoravam brincar de casamento quando crianças. E quem imaginaria, que organizar casamentos fosse a carreira que iriam abraçar ao fundar a empresa Votos. Uma fotógrafa, uma decoradora, uma doceira e uma administradora; elas se completam.

Emma Grant ama seu trabalho, adora ser a decoradora da Votos e criar o ambiente perfeito para cada noiva. Um jardim de contos de fadas, um cenário parisiense, flores brancas para um cenário suave, flores coloridas e fortes para as noivas mais ousadas. Ela é também uma eterna romântica, cresceu ouvindo a incrível história de amor dos pais e vem de uma família grande e feliz. Desde criança ela sonha com seu príncipe encantando, em encontrar seu verdadeiro amor, ter um lindo casamento e construir uma família.

Só isso deveria impedir que olhasse para Jack Cook com segundas intenções. Ele é o melhor amigo de Del, irmão mais velho de Parker, e está sempre junto com elas, era quase da família. Jack  é um ótimo amigo, mas um homem incapaz de se comprometer. Emma sabia muito bem, ele era um solitário, dava muito valor a sua privacidade e não costuma se envolver com nenhuma mulher por muito tempo.

A longa amizade e o fato de Jack ser o  arquiteto envolvido nas reformas da mansão, sempre foi um empecilho para darem vazão a grande atração que sentiam um pelo outro. Porém, um carro quebrado na estrada, um casaco emprestado e várias outras coincidências acabam por aproximar o casal, tornando impossível resistir a esta forte atração.

~~~~~~~

Eu sabia que não iria amar como o primeiro, Álbum de casamento me conquistou por motivos bem pessoais e não acho que eu vá gostar mais de qualquer outro da "quadrilogia" do que dele. E já sabendo disso, a leitura foi leve e gostosa.

A amizade entre elas é bonita de se ver e muito divertida. Vivem praticamente juntas nos anexos da mansão, se conhecem muito bem e estão sempre prontas para se apoiar no quer for preciso. A historia não fica presa ao casal protagonista e é uma das coisas que mais gosto.

O pano de fundo deixou a leitura mais arrastada para mim, já que não tenho o mínimo interesse por flores. Ela descreve tantas flores e arranjos e montagens e eu acho tudo um porre hehe. Emma é um amor de pessoa, e isso compensa as partes que achei chatinhas.

O casal já era esperado, o primeiro livro já mostra alguns indícios e eles já adiantam os próximos casais, deu para sacar bem quem serão os pares românticos de Laurel e Parker. Voltando ao casal, Jack é muito atraente e tem pegada, mas Emma rouba todas as cenas com sua postura aberta, decidida e compreensiva. Primeira vez que gosto tanto da mocinha que nem penso muito no par romântico dela. O livro tem menos drama que o primeiro, o único problema de Emma é fazer com que Jack se apaixone por ela, e ele nunca teve a mínima chance de escapar rs.

As historias da Nora seguem sempre um modelo conhecido, acho que não é todo mundo que gosta do estilo, mas eu adoro e sempre me encanto com a narrativa. Os personagens são muito bem caracterizados, os personagens secundários tem participação direta na trama e ela sabe como deixar tudo mais emocionante.

Se as flores não me interessaram, estou perdida com o próximo livro, Bem-casados. Laurel faz bolos e doces e já me sinto engordando só de pensar nas guloseimas que irão acompanhar o livro. J

Quarteto de noivas da Nora Roberts
  1. Álbum de casamento (Vision in White) - Mac
  2. Mar de rosas (Bed of roses) - Emma
  3. Bem-casados (Savor the moment) - Laurel
  4. Felizes para sempre (Happy ever after) - Parker
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO