target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Somente sua - Sylvia Day

>>  quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

DAY, Sylvia. Somente sua. São Paulo: Editora Paralela, 2014. 282p. (Crossfire, v.4). Título original: Captivated by you.

“Se você vai se preocupar com alguma coisa, Gideon, que seja comigo. Porque não consigo ser racional quando o assunto é você. Sou louca por você. Literalmente. Não consigo pensar em um futuro sem você... fico apavorada.”
“Puta merda. Você nunca vai ficar sem mim. Vamos envelhecer juntos. Morrer juntos. Não vou viver mais um único dia sem você.” p. 52

CONTEÚDO ADULTO. Mais um volume da “saga” sem fim de Eva e Gideon, a autora pensou somente nos $$$ e se deu mal, transformou o que seria uma trilogia erótica boa em uma série onde só os dois primeiros livros prestam até agora, uma pena.  No volume anterior eu percebi que ela não resolveu nada para deixar assuntos pendentes . Confiram o que achei sobre o quarto volume da série Crossfire com Somente sua da Sylvia Day.

Em Toda sua  a recém-chegada a Nova York, Eva Tramell, e seu melhor amigo Cary Taylor, querem começar uma nova vida e investir na carreira. Ao começar em seu novo emprego, Eva esbarra com o milionário Gideon Cross. Ele imediatamente se interessa por ela, de um jeito totalmente sexual e pouco gentil. Ela tem receios, ele quer possuí-la. Eles embarcam em um relacionamento intenso, cheio de altos e baixos. Já em Profundamente sua, os dois apaixonados, tentam achar uma maneira de lidar com suas inseguranças e a paixão incontrolável. Em Para sempre sua eles estão lidando com suas inseguranças e a paixão incontrolável... :P

A partir daqui contém spoilers se você não leu os volumes anteriores.

Eva Tramell e Gideon Cross se casaram secretamente, mas para todas as pessoas eles estão noivos. A notícia deixa muita gente abalado, um compromisso depois de um relacionamento de poucos meses, mas os dois estão juntos e apaixonados. Ele é controlador, ela quer liberdade, se isso já não bastasse para reabrir velhas feridas, muita gente deseja separar o casal.

Eles precisam lidar com velhos inimigos, Corinne se recusa a abrir mão de seu grande amor e quer lutar por Gideon, ele quer distância da antiga noiva, mas não vai ser fácil se livrar de suas garras. A mãe de Gideon também não aceita o noivado e vai tentar se aproximar do filho. Outra ex amante promete vingança, um oponente nos negócios jurou vingança pelo que o pai de Gideon fez no passado. Do outro lado, Eva sabe que ama Gideon, mas sente que precisa resolver de uma vez seu relacionamento passado com Brett. Obviamente a dúvida da esposa deixa Gideon no limite.

O futuro juntos está ameaçado, assim como o final feliz. Aos trancos e barrancos eles tentam seguir em frente, juntos.

~~~~~~

O livro se resume a ladainhas, brigas idiotas e trepadas sem fim. Eu poderia terminar a resenha assim, mas vamos tentar desenvolver um pouco rs.

“Era um risco. Eu sabia disso. E, levando em conta o número de vezes que a comia – pelo menos duas, e às vezes três ou quatro vezes por dia -, o risco era considerável.” p.152

Ele está falando de risco de gravidez, mas acho que devia ser risco deles ficarem assados e em carne viva. :P
E o pior é que a autora faz questão de descrever detalhadamente cada uma dessas infindáveis cenas sexuais, tirando isso não sobra muito enredo.

Ah, temos também as brigas. Brigas por tudo, brigas o tempo todo, brigas rápidas que terminam em... adivinhem? Acertou quem pensou em “sexo de reconciliação”. 

Aí temos os pseudos vilões. Todas as mulheres que Gideon já pegou e que não conseguem imaginar a vida sem o seu grande e enorme... saldo bancário? Não, é aquilo mesmo que vocês pensaram, ele oferece subornos milionários, mas as mulheres não querem! Elas querem ele, todinho. Uiii que homem bom... #preguiça

E a Eva que tem esta **** doce toda para ela, acha que tem algo mal resolvido com o ex roqueiro famoso e quer encontra-lo para tirar a dúvida. Claro que o Gideon vai surtar, eles vão brigar, depois vão.... transar e tudo vai ficar bem pelas próximas horas.

Acho que nunca li um livro tão ruim, sério. Eu tive que me forçar a terminar e pela primeira vez, deixei de ler algumas páginas, eu via que tinha cena de sexo e pulava para o final dela. E o mais triste é que a trilogia começou bem, mas a autora querendo lucrar em dobro, transformou em uma série de 5 livros, e obviamente, não tem história para tanto.

Se você ainda não começou fique feliz, se como eu está lendo tudo para saber o final, força na peruca. Depois dessa não pretendo ler mais nada da autora, para mim isso é falta de respeito com os fãs e ganância pura. Quem amou, me desculpe, mas me conte aí uma coisa que tem nesse livro e não tem igualzinho no anterior?

Série Crossfire de Sylvia Day
  1. Toda sua (Bared to you)
  2. Profundamente sua (Reflected in you) 
  3. Para sempre sua (Entwined in you)
  4. Somente sua (Captivated by you)
  5. One with you (ainda não lançado no Brasil).
Avaliação (1 a 5): 1.5

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO