target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje comigo #193

>>  sábado, 18 de abril de 2015

In: A saga do lápis de cor


Conheço viciados em muitas coisas, como livros (!!), sapatos, roupas, maquiagem, esmaltes, DVDs... Mas nunca vi tantos viciados em lápis de cor! Não basta ter os livros e uma caixa, queremos todas as marcas mais legais,  e quando compramos uma, descobrimos outra melhor ainda. A verdade é que os desenhos do Jardim Secreto são muito detalhistas e faltam cores! Eu juro!! E quando parece que a coisa acalmou, aparece um lápis de cor raro. *.*

O mais desejado, o mais macio, o mais pigmentado e com as cores mais bonitas. Vem em uma lata lindaaaa, ou viria, porque a fábrica do lápis fechou no Brasil e ninguém acha em lugar nenhum, do país. L O grupo do Facebook sobre o livro tem mais de 8.000 membros, muitos deles falando sobre o assunto, desesperados atrás da lata. O nome do tal lápis é Norma Atelier, 36 cores. Adivinhem? Obviamente fiquei obcecada para achar o lápis.

Olhando pelo lado bom, dei  muitas caminhadas depois do almoço entrando em todas as biroscas que tinham cara de papelaria/livraria/xerox (para quem normalmente tem preguiça até de descer para almoçar é um avanço rs). Procurei e procurei, e nada. Apareceu alguém de SP cobrando um rim por cada caixa, um rim mais o frente hahaha, achou em algum lugar e comprou para revender. Aí pensei, oras, se tem em algum lugar vou achar... E eis que a Hérida, lá de SP, descobre na Internet uma papelaria que parece ter o lápis... EM BH! Não é o destino?


Como eu poderia não atender a tamanho empurrãozinho? :P Liguei na loja, e não é que tinha mesmo?! A Hérida quase surtou para eu sair do serviço, naquele minuto, e correr lá para comprar, mandar para ela pelo correio, óbvio. E não podia sair!!  


Na hora do almoço saio correndo e “rufem os tambores” acheiiiii. Muitas caixas, lindas. Aí a Luka avisa lá de Natal que quer pelo correio também “Pelo amor de Deus”. Teria que buscar no dia seguinte, reservei. Divulguei para o Clube dos chocólatras e... a galera pira! Foram encomendas, ligações desesperadas, medo de acabar. Acho que todo mundo conseguiu buscar o seu, no outro dia voltei lá com mais encomendas.

Depois de tudo isso, divulguei o achado no grupo gigante. Postei que finalmente tinha conseguido achar, com fotos da caixa... e fui trabalhar. Pouco tempo depois me passam uma ligação pessoal de alguém que eu nunca ouvi falar. Adivinhem? Alguém descobriu meu telefone e ligou no serviço para saber onde eu tinha comprado o lápis! Gente, não podia esperar eu poder responder? Saí com um seco e sem graça “Estou no trabalho, espere a resposta como todos os outros do grupo”. Ah pelamor!! Quando enfim pude responder, o circo já estava armado lá, todos desesperados. Acho que esgotou em uma hora, e olha que o dono que não é bobo, já tinha aumentado o preço.

Estava feliz igual pinto no lixo com a minha na mão, por mim, podiam se matar pelas que restavam rs. Então, quem ver Norma Atelier 36 em algum lugar do Brasil, se joga e compra até para revender, é um bom negócio kkkk. 

Mas agora parei, não tem mais nenhum lápis que eu queira! Bom... fora os importados que são o olho da cara... Meu nome é Fernanda, estou viciada em lápis de cor! rsrs

E o recalque lá no grupo? É gente falando que o livro é antiestresse e que fica todo mundo querendo é ostentar lápis, que as pessoas querem fazer curso para colorir sendo que o objetivo é relaxar e blablabla. Ai gente, que preguiça. Colora com sua 1 caixa e seja feliz, colora com 10 e ótimo também. Faça curso, não faça curso, quem está ligando? Acho que muitos ali precisam é de terapia, o antiestresse não está adiantando não viu?!
 
Foto: Jornal O tempo
Ainda sobre o livro, eu e a Alice, também do Clube dos Chocólatras, participamos de uma entrevista sobre ele para o Jornal O tempo aqui de BH, saiu online e impresso na edição de domingo passado. Foi muito legal, teve sessão de fotos e tudo. Vocês podem conferir a matéria AQUI.

Terminei mais um desenho, olhem só? Este foi feito todo com lápis de cor metálico da Faber e caneta dourada. J



E agora Viaje comigo na semana do blog. ^^

  1. Viaje com as séries #149 – Daredevil (Demolidor) na coluna da Kellen.
  2. Resenha de Garota online da Zoe Sugg.
  3. Resenha de Reboot #1 da Amy Tintera.
  4. Resenha de Bruxa da noite #1 da Nora Roberts.


  1. Sorteio Sem esperança TERMINA HOJE 18/04/2015.
  2. Sorteio A morte de Sarai vai até 25/04/2015.
  3. Sorteio Kit Top comentarista de abril vai até 02/05/2015.



Trocas no Skoob e presente ^^


Ganhei de Dia do Bibliotecário do meu noivo, olhem que amor ^^, Sobrevivência mortal da Nora Roberts (SKOOB). Ainda estou no terceiro, aff! Mas um dia chego lá rsrs, este é o vigésimo da série, estou quase completando a coleção. E amo os livros que já li, é falta de tempo mesmo. J

Troquei no Skoob e o livro veio novinho, A noiva é tamanho 42 da Meg Cabot (SKOOB). Quinto da série, só li um até agora rs. O primeiro não me empolguei muito, mas tenho esperanças. ^^

Também de troca chegou Cupcake da Rachel Cohn (SKOOB). Terceiro da trilogia, também só o li o primeiro, Pão de mel. Não gostei tanto assim, mas queria os outros na estante porque pretendo terminar de ler.


Na sexta passada comecei Brutal do Luke Delaney. E acabei atrasando as leituras, só queria colorir no final de semana rs. Achei o enredo bem legal, mas no geral esperava. Para quem é novo no gênero acho bem interessante, mas para quem é escolado no assunto deixa a desejar. Primeiro porque o serial killer nem é tão Brutal assim, o que já mata as expectativas (apesar de que aí a culpa é da Editora, o título original é Cold killing, o que faz enormemente mais sentido). Depois porque dá para prever muitos dos desdobramentos, e também não comprei muito a ideia do protagonista ser meio sensitivo em relação a assassinos, por seu próprio passado sombrio de abuso. Mas gostei do detetive, da narrativa do autor e pretendo continuar a série.

Na terça comecei Segredos de um pecador da Madeline Hunter. O último da série Os Rothwells, romance de época. Foi o que eu mais gostei da série, o protagonista é misterioso desde o primeiro livro e tem uma personalidade muito incomum, estava curiosa para conhecer sua história e não me decepcionei. A autora não é minha favorita do gênero, mas escreve bem e vale a leitura.

Na quinta comecei Um mais um da Jojo Moyes. E amei!! Top e favorito, romance fofo, tocante e muito divertido. Além de a autora escrever extraordinariamente bem e ser ótima na criação dos personagens, o livro passa uma lição de otimismo incrível. A protagonista se ferrava tanto e só levantava a cabeça e dizia aos filhos, não se preocupem, vou dar um jeito, tudo vai dar certo. E olha que a coitada comia o pão que o diabo amassou. E não era forçado nem estereotipado, tudo muito leve e bem construído. E para quem tem medo dos livros de drama da autora, um romance mais leve para vocês. Mesmo assim consegui dar uma choradinha, de tão lindo que foi rs.

Balanço da semana
Lendo: Brutal
Lidos em 2015: 42
Livros na fila: 382


Comente, preencha o formulário e concorra ao Kit Top Comentarista de abril!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO