target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

O desapego rebelde do coração - Bianca Briones

>>  sexta-feira, 22 de abril de 2016

BRIONES, Bianca. O desapego rebelde do coração. São Paulo: Editora Verus, 2016. 402 p. (Batidas perdidas, v.4).

“Estamos tão perto de nos perder que, se eu pudesse ser totalmente racional agora, me afastaria depressa. Mas não posso. Meu corpo o quer de um jeito que quase não reconheço.
Atingimos o clímax juntos, e nosso olhar se enfrenta, questionador.
Estamos chocados com o prazer que demos um ao outro. Estamos assustados com a intensidade dos batimentos do nosso coração. Estamos inevitavelmente perdidos.” p.191

A série new adult, As batidas perdidas, narra a história de vários amigos e parentes que vamos conhecendo aos poucos, principalmente através da história de Rafa e Vivi, As batidas perdidas do coração. E desde o início era um mistério descobrir com quem a decidida Branca, melhor amiga de Vivi, iria ficar. Os fãs se dividiram, todo mundo tomou partido rs. E o suspense teve fim com O desapego rebelde do coração da Bianca Briones.

Branca Albuquerque sempre foi uma mulher independente, decidida e osso duro de roer. Era completamente dedicada a sua carreira de advogada e tratava os homens com interesse sexual e indiferença afetiva. Nunca desejou se casar jovem, e não queria ter filhos. Até que conheceu Lex.

Lex Rocha é o melhor amigo de Rafa e seu sócio na balada que abriram. Ao longo dos anos ele e Branca namoraram e terminaram, depois voltaram. Se casaram, o casamento durou seis meses, se separaram. Viviam assim, num jogo de gato e rato. Mas depois da separação, Lex decide se afastar e se muda para o Rio de Janeiro.

Rodrigo Villa foi apaixonado por Branca por muito tempo. Mas ela o via apenas como um moleque, o irmão mais novo da amiga, Vivi. Eles até chegaram a ficar, discutiam e se provocavam o tempo todo, mas ficou por isso mesmo. Ele esconde de si mesmo e de todos, o quanto foi afetado pela perda do pai. Se considera imune aos sentimentos, para ele uma mulher por noite e sexo sem compromisso descomplica tudo.

Até que tudo muda. Lex volta para São Paulo. Rodrigo é obrigado a repensar sua vida. E um bebê misterioso chega para complicar tudo. E fica a pergunta, a quem pertence o coração de Branca?

~~~~~~~~

Quando você já conhece os personagens dos livros anteriores, já tem um certo apego, torce por um determinado personagem e adora reencontrar os casais. Então, eu sempre adoro os livros da Bianca, é como reencontrar pessoas que você gosta e fica um tempo sem notícias rsrs. 

Normalmente em NA já começamos a leitura com o casal principal definido, desde o começo você sabe quem serão os protagonistas e na maioria das vezes a narrativa alterna entre os dois. Aqui a narrativa se alterna entre os três e o leitor não sabe muito o que vai acontecer, apesar de que para mim estava meio na cara com quem Branca iria terminar. E foi com quem eu sempre torci, então para mim tudo bem. Eu achei que esse poderia ser o melhor livro da série, Branca é uma protagonista forte, mas o livro de Clara e Bernardo ainda é meu favorito.

Adorei a leitura, mas mesmo ela terminando com quem eu gostaria, eu tinha expectativas maiores. Branca sempre se destacou no grupo de amigas como sendo a mais sensata e decidida, a mais cabeça dura e cheia de vontades. Porém, quando vira protagonista, tem muitos momentos indecisos e faz tanta burrice, que nem parecia a Branca. Lex fica parte do livro ausente, mas é sempre legal ver sua amizade com Rafa. A filhinha de Rafa e Vivi rouba todas as cenas, menina fofa. Rodrigo é inconsequente até cansar, vontade de dar uns tabefes nele o tempo todo. Gato sim, mas que moleque ordinário kk. Nesse livro alguns personagens secundários ganham mais destaque, deixando claro que eles terão seu próprio livro no futuro. O que não ficou com a Branca rs, e a história de Fernanda/Lucas estão garantidas.

Os livros da Bianca normalmente são mais dramáticos e com tem muita pegação, para mim ela é a Abbi Glines brasileira. E até estranhei porque estava tudo muito leve, as confusões de sempre, mas sem muito drama. Foi assim até a página 228, aí achei o drama que eu estava procurando hehehe. Gostei da mudança, achei a coisa toda do bebê muito interessante e divertida. O final foi bem fofo! Nesse não chorei, talvez por já ter sacado logo o que ia acontecer e tal.

Tem uma coisa que não gosto. Eu sei que esses livros podem ser lidos de forma independente, mas eles também fazem parte de uma série, acredito que a maioria dos leitores seguem a ordem como eu. E se não seguiu, é porque não quis! :-P Então aquilo de ficar resumindo acontecimentos anteriores e explicando tudo o que já aconteceu para os desavisados, me deixa de saco cheio. Não tenho paciência. Já sei tudo, não quero ler tudo de novo rs. Além disso, o excesso de palavrões (mesmo sendo marca registrada do Rafa) me incomoda e fiquei de saco cheio da Branca chamando o Rodrigo de moleque o tempo todo. No mais, leitura delicinha.

Ah uma coisa interessante, esse livro não acontece depois de O descompasso infinito do coração como eu havia imaginado, metade dele acontece paralelamente, só depois que passamos do final do livro anterior e aí seguimos em diante. Fiquei confusa com a linha temporal no início, mas depois me situei e fluiu bem.

Estou curiosa para o livro do Lucas, espero que seja o próximo. O outro não me chama tanta atenção, nunca fui lá fã do personagem rs. Quem leu me conte o que achou, para quem gosta de NA a série é um prato cheio. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Batidas perdidas da Bianca Briones

  1. As batidas perdidas do coração - Viviane e Rafa
  2. O descompasso infinito do coração - Clara e Bernardo
  3. A escolha perfeita do coração - Viviane e Rafa 
  4. O desapego rebelde do coração – Branca e ?
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de abril.

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO