target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Os tambores de outono - Diana Gabladon

>>  quarta-feira, 5 de outubro de 2016

GABALDON, Diana. Os tambores de outono - 1ª e 2ª partes. Rio de Janeiro: Editora Rocco, 2008. 1048p. (Outlander, v.4) Título original: Drums of autumn.

“- Você é a minha coragem, como eu sou a sua consciência – ele murmurou. – Você é meu coração, e eu a sua compaixão. Nós não somos um ser inteiro, sozinhos. Não sabe disso, Sassenach?” p. 323

Finalmente consegui tirar mais um livro da série Outlander da lista. Os livros são enormes, eu queria ler mais rápido, mas demoro a conseguir encaixar a leitura na fila. Claire e Jamie são o casal mais romântico da literatura. E a saga deles continua com Os tambores de outono da Diana Gabaldon.

Claire Randall é uma enfermeira inglesa do século XX, que viaja para as Highlands Escocesas para passar as férias com o marido, Frank Randall, logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Ao visitar um círculo de rochas considerado sagrado, Claire é transportada no tempo, para o século XVIII. E é lá, tentando curar o ombro de um rapaz ferido, que sua vida muda para sempre. O rapaz ferido é um escocês ruivo, lindo, com 1,90 metros e lindos olhos azuis, Jamie Fraser. Perdida e sem saber como fora parar no passado, Claire se une a Jamie em casamento, e juntos eles vão viver uma das mais belas histórias de amor da literatura.

A partir daqui contém spoilers para quem não leu os livros anteriores.

Charleston, 1767
Claire Randall e Jamie Fraser acabam partindo rumo a América colonial, no encalço de seu sobrinho sequestrado, Ian. Lá chegando, depois de passar por alguns infortúnios, conseguem chegar à Carolina do Sul, onde vive a tia de Jamie, Jocasta. Viúva e dependente apenas dos escravos por causa de sua cegueira, a tia acolhe a família com alegria, disposta a deixar a terra e os negócios para Jamie. Mas ele sabe que é a tia que estará à frente de tudo, além disso, Claire não se conforma em ter uma fazenda que dependa de escravos para sobreviver. Então eles decidem colonizar novas terras, cedidas pelo Governador, e começam a construir uma fazenda e trazer colonos para um novo local. No meio de índios, ursos e muitos animais selvagens, eles pretendem fixar moradia.

Escócia, 1969
Brianna sabe que a mãe está bem no passado, com Jamie. Tenta seguir em frente, porém é difícil deixar para trás algo assim. Também gostaria de conhecer o pai, mesmo amando o homem que a criou e que falecera, Frank Randall. Ela resolve pesquisar por pistas dos dois no passado com a ajuda do namorado. O escocês Roger Wakefield acaba descobrindo que algo terrível acontecera aos dois no passado, mas resolve esconder de Brianna, afinal, eles nada poderiam fazer para mudar o destino.

Porém, Brianna acaba descobrindo tudo e volta ao círculo de pedras, com a intenção de encontrar os pais. Quando descobre o que ela fez, Roger parte ao encalço da namorada. Resta saber se todos vão conseguir se encontrar, e mudar o que está previsto para acontecer daqui há alguns anos.

~~~~~~

Como sempre a autora constrói com maestria todos os cenários, é tudo tão bem descrito que você consegue se sentir no meio da selva, cercado por ursos e índios. Por outro lado, a descrição por vezes é cansativa, achei esse o mais lento da série até agora. E nesse volume o cenário muda totalmente, deixamos para trás a Europa e chegamos na América. 

Eu amo Jamie e Claire, os diálogos, as cenas de amor. A relação cada vez mais forte e duradoura entre eles. É um amor incondicional lindo. A forma como os dois são capazes de enfrentar qualquer coisa pelo outro, fico sem palavras.

A diferença, é que aqui não é só o casal que narra, temos também Brianna e Roger. Os dois vivem as maiores aventuras do livro, já que ela volta ao passado para procurar pelos pais, e ele volta atrás dela rs. Porém eu acho Roger um porre, e as partes deles se arrastavam. Os dois vivem seu próprio “grande amor”, mas não consigo me apegar ao casal. 

Falando sobre a edição, como de costumo, o livro foi dividido em dois volumes: Parte 1 e Parte 2. Eu sempre opto por fazer uma resenha só dos dois volumes, até porque para mim a segunda parte da história é puro spoiler, acho estranho resenhar só meio livro rs.

Como eu disse, achei esse o mais lento até agora. E olha que todos são lentos, mas antes eu não me importava, devorava tudo. Esse foi o primeiro que achei cansativo, não sei se por alternar tanto a narrativa, ou por ser lento mesmo.

A série eu indico muito, para quem gosta de romance mais maduro e com esse tipo de narrativa. Nunca sabemos o que vem a seguir. Esse casal já enfrentou guerra, prisão, todo tipo de violência e agora estão desbravando um novo mundo. Quem sabe o que virá pela frente? Leiam!

Série Outlander de Diana Gabaldon
  1. A viajante do tempo (Título original: Outlander)
  2. A Libélula no Âmbar (Título original: Dragonfly in Amber)
  3. O Resgate no Mar 1ª Parte e O Resgate no Mar 2ª Parte (Título original: Voyager)
  4. Os Tambores de Outono 1ª Parte e Os Tambores de Outono 2ª Parte (Título original: Drums of Autumn)
  5. A Cruz de Fogo 1ª Parte e A Cruz de Fogo 2ª Parte (Título original: The Fiery Cross)
  6. Um sopro de Neve e Cinzas 1ª Parte e Um sopro de Neve e Cinzas 2ª Parte (Título original: A Breath of Snow and Ashes)
  7. Ecos do Futuro  1ª Parte e Ecos do Futuro  2ª parte (An Echo in the Bone)
  8. Written im my own heart's blood (Os demais ainda não lançados no Brasil)
Adicione ao seu Skoob!

Avaliação (1 a 5): 3,5


Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO