target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A conquista - Elle Kennedy

>>  quinta-feira, 13 de julho de 2017

KENNEDY, Elle. A conquista. São Paulo: Editora Paralela, 2017. 375p. (Amores improváveis, v.4). Título original: The goal: An off-campus novel.

“Quando ele me beija, não é como das outras vezes. Aqueles foram beijos brutos, quentes e carregados de energia sexual. Este tem a leveza de uma pétala de flor e é doce como o mel em que ele envolve suas palavras. É como se Tucker estivesse despejando ternura em mim aos baldes. A cada toque dos seus lábios contra os meus, está repetindo a promessa de não me dar nada mais do que o que eu pedir.
E é esse beijo - este beijo doce, terno e atencioso - que me assusta mais do que qualquer coisa na vida.” p. 100

Engraçado como normalmente eu fico torcendo para a Editora lançar logo o último livro de alguma série, e eu poder terminar logo e partir para outra. Mas é com tristeza que me despeço da série Amores improváveis, a série é fofa, e eu leria livros de todos os jogadores do time tranquilamente hehe. Mas como tudo o que é bom acaba, o último livro conta a história de Tucker em A conquista da Elle Kennedy.

John Tucker é o mais tranquilo dos amigos com quem divide a casa na Briar. Ele é gentil, educado, adora cozinhar, e os seus amigos sempre tiram onda com a cara dele por isso. Tucker planeja terminar a faculdade de administração, voltar para sua cidade natal no Texas e abrir um negócio perto da mãe. Ele almeja um futuro com uma família e filhos. E embora nunca tenha sido o garanhão que seus amigos foram, acaba por se tornar o único solteiro, e pegador. Mal sabia ele, que teria que usar toda sua calma, para lidar com a mulher com quem se envolveu por acaso.

Sabrina James é implacável. Ela tem dois empregos, se esmera pelas melhores notas e está sempre disposta a competir. É ambiciosa, decidida, e não perde tempo com a vida social. Homens para ela significam sexo e nada mais, é uma forma de equilibrar as energias e seguir em frente com sua rotina impossível. Seu sonho após se formar em direito é fazer a pós graduação em Harvard, e arrumar emprego em um grande escritório de advocacia. Ela economiza cada centavo, mora com a avó e um padrasto intragável, e sonha em sair daquele lugar horrível. Sabrina não se importa com sua fama de fria e insensível, seus objetivos estão muito bem traçados.

Os dois se envolvem em um bar de forma casual, algo que era para ser apenas uma noite de muito sexo. Tucker quer mais, e ele não aceita não como resposta. Tudo começa assim, era para ser simples, mas eles ficam cada vez mais envolvidos. E ninguém sabe sobre eles, seu amigo Dean e Sabrina se odeiam, e ele acaba não comentando nada. Até que um acontecimento inesperado, muda tudo. Agora eles precisam descobrir o que fazer, já que todo o futuro que eles tinham tão bem planejado, precisará ser mudado.

~~~~~~

Vou sentir saudade dessa série! Para quem gosta do estilo new adult, esses livros são imperdíveis na estante. Suspirei e sorri muito com Garret, Logan e Dean. Agora o engraçado é que não estava louca para ler esse livro como foi com os outros. Primeiro por Tucker ser o mais apagado da turma, a autora não desenvolveu bem o personagem nos livros anteriores, uma pena, porque ele é um fofo. Segundo por seu par ser a Sabrina, odiada por Dean, conhecida como a pegadora de atletas na faculdade.

No início me surpreendi, gostei de cara da Sabrina. Na verdade ela é muito mais mal compreendida do que uma pessoa ruim, pelo contrário. A menina comeu o pão que o diabo amassou, tem uma vida complicada e rala muito para terminar a faculdade e conseguir sua vaga em Harvard. Já com os homens, ela age como uma porta. Acha que homens são só para sexo, se recusa a se envolver. E quando todos já sabemos que ela está caidinha pelo Tucker, continua a se comportar de forma fria, o que me irritou bastante. Tucker era o que eu esperava… bom moço, gente boa, uma ótima pessoa. Mas falta nele aquele ar sensual dos outros protagonistas, ele não me fez suspirar. Acho que muito disso pelo relacionamento deles ser apenas sexual, falta romance, falta cenas fofas e divertidas.

É o livro mais sério, e o que menos envolve os personagens anteriores. Acho que o erro foi deixar a história do Tucker por último, para mim funcionou como a história dos dois, mas não funcionou como fechamento da série. Eu queria uma participação maior dos outros personagens, e eles quase que só aparecem em algumas cenas finais. Ah uma coisa boa é que vai rolar um spin-off e outros jogadores vão ganhar seus livros. O próximo vai ser do gato do Fitz, que vai se envolver com a irmã maluquinha do Dean. Quero ler sim ou com certeza?

Ah, uma coisa que não gostei foi da capa! O Tucker é o único ruivo da turma. Fiquei imaginando o personagem todo ruivo e gato... E ai me colocam na capa esse carinha ai com luzes, que de ruivo não tem nada aff.

Então, mesmo não tendo adorado esse livro, eu indico muito essa série como um todo. Já tenho vontade de reler O acordo, O erro e O jogo, vou sentir saudade dessa turma. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Amores improváveis ( Off-campus) da Elle Kennedy:
  1. O acordo (The deal: An off-campus novel)  - Garret
  2. O erro (The mistake) - Logan
  3. O jogo (The score) - Dean
  4. A conquista (The goal) - Tucker
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top Comentarista de Julho!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO