target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Esse duque é meu - Eloisa James

>>  sexta-feira, 7 de junho de 2019

JAMES, Eloisa. Esse duque é meu. São Paulo: Editora Arqueiro, 2019. 320p. (Fairy Tales Series, v.3). Título original: The duke is mine.

“- Mas meu amor por você é maior. – A voz dele quase falhou, mas ele conseguiu firmá-la. – Amo você mais do que qualquer outra coisa no mundo, mais do que minha vida. Se o amor é perigoso, então não quero viver em segurança.” p.301

A romancista Eloisa James se inspira nos contos de fadas para criar a série Fairy Tales. Os livros são independentes e até agora já tivemos as releituras dos clássicos A bela e a fera, Cinderela, O patinho feio e Rapunzel. Confiram o que achei do terceiro volume da série, mas o último a ser lançado no Brasil, Esse duque é meu.

Olivia Lytton, 24 anos, foi prometida antes mesmo de nascer. Seus pais não tinham título de nobreza, mas o melhor amigo de seu pai, um duque, prometera ainda na escola, casar sua filha mais velha com seu primogênito. E, incrivelmente, manteve a promessa. Agora, ela estava noiva do Duque de Canterwick, de apenas 18 anos, e pouca inteligência. Rupert era um rapaz bondoso, mas de “miolos moles”, como dizia seu pai.

Olivia foi treinada desde o nascimento para ser uma duquesa. Ela odeia a tarefa! As regras e tudo o que envolve o título. Já sua irmã gêmea, Georgiana, daria uma duquesa perfeita. Pena que ela nasceu seis minutos depois... Olivia era rechonchuda demais, enquanto sua irmã tinha o corpo e os modos corretos. Mas a moça não tinha dote e dependia do casamento da irmã para isso.

A oportunidade se apresenta quando as duas são convidadas para se hospedar na casa do Duque de Sconce. Um viúvo que precisava de uma nova esposa, e sua mãe estava determinada a encontrar a mulher perfeita.

Quin é um estudioso entusiasmado, ama matemática e vive entretido com suas teorias. Ele não se acha qualificado para escolher uma nova esposa, não depois do que aconteceu com a primeira. O problema é que, embora Georgiana pareça a candidata perfeita, ele só tem olhos para Olívia.

A curvilínea, teimosa e divertida Olívia. Onde ela vê apenas defeitos, ele enxerga apenas paixão. Mas Quin quer dar ouvidos a razão, e Olivia além de comprometida, não seria adequada.

Sem resistir a paixão, eles podem colocar tudo a perder. O noivado de Olivia e principalmente, sua amizade com a irmã.

~~~~~

Começou muito bem, adorei os personagens e as confusões logo no início. Parecia mais um chick-lit de época! Ai lá para o final a autora tomou um rumo que não gostei, e acabou terminando de forma mediana.

Essa série na verdade não está entre minhas favoritas do estilo, gostei bastante de Um beijo à meia-noite, meu favorito entre eles, mas achei os outros todos medianos. E teve um que achei bem fraco. Então não estava esperando muito desse não rs, e no começo até me surpreendi, adorei a narrativa.

Olivia é ótima! Divertida, inteligente, adorava os diálogos afiados e as “tiradas” bem disfarçadas. As conversas dela com a mãe do Quinn foram impagáveis. Eu torcia para ela não terminar com Rupert, claro, mas não sabia como isso poderia acontecer. E fiquei com dó de Georgiana, toda encantada com o duque, que só tinha olhos para Olivia.

Gostei dos dois juntos. Olivia se achava feia, gorda e desajeitada. Enquanto Quinn amava suas curvas generosas, seu sorriso alegre e suas atitudes pouco convencionais. Mesmo sabendo que Georgiana era a noiva ideal por ser uma dama perfeita, ele não via graça na moça magrela e sem graça. 

Curti muito a interação e o romance entre eles, estava torcendo pelo casal, mas com pena a irmã, e também do pobre coitado do Rupert. O noivo desmiolado tinha partido para a guerra e fiquei imaginando o que aconteceria.

Porém, quando tinha tudo para um livro ótimo, a autora me taca uma viagem sem pé nem cabeça no meio, com um sequestro muito do mal bolado e uma solução pior ainda. Pra mim tirou toda a graça do livro! Ainda mais que depois disso só temos um epílogo curto e fim.

Que bobagem que ela fez! Seria bem melhor ter continuado no ambiente aristocrático. Eu queria muito ver a reação dos pais das duas, o casamento e o futuro de Georgiana. Só cita a irmã rapidamente no epílogo e fim.

Ah o conto adaptado nesse livro foi “A princesa e a ervilha”, achei que teve bem poucas coisas referentes a história, e foi bem vergonha alheia a forma que a autora encaixou a cena do colchão rs.  

Quem leu me conte o que achou! Indico para quem curte contos de fadas adaptados e romances mais leves.

Adicione ao seu Skoob!

Série Fairy Tales da Eloisa James:
  1. Um beijo à meia-noite (A kiss at midnight)
  2. Quando a bela domou a fera (When Beauty tamed the Beast)
  3. Esse duque é meu (The duke is mine)
  4. A duquesa feia (The ugly Duchess)
  5. A torre do amor (Once upon a tower).
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário, e participe do sorteio do Top comentarista de maio!

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO