target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Rangers – Ordem dos Arqueiros: Resgate de Erak - John Flanagan

>>  sexta-feira, 18 de maio de 2012


FLANAGAN, John. Rangers – Ordem dos Arqueiros: Resgate de Erak. São Paulo: Editora Fundamento, 2011. 390p. (Rangers, V.7). Título original: Ranger’s apprentice: Erak’s Ransom.

“O ditado se originava de um acontecimento lendário do passado. Um feudo de menor importância tinha se rebelado contra seu senhor cruel e avarento, por isso centenas de pessoas cercaram sua mansão e ameaçaram incendiá-la. A mensagem do nobre apavorado pedindo ajuda foi respondida com a chegada de um único arqueiro. Aterrorizado, o nobre confrontou a solitária figura de capuz.
- Eles mandaram um arqueiro? – ele perguntou sem acreditar. – Um homem?
- Quantos tumultos há aqui? – o arqueiro indagou.
Naquela ocasião, contudo, Duncan não estava inclinado a ser convencido pela lenda.
- Tenho um novo ditado – o rei respondeu. – Uma filha, dois arqueiros.
- Dois e meio – Will corrigiu.
O rei não conseguiu evitar um sorriso diante do rosto ansioso à sua frente.
- Não se menospreze – ele disse. – Dois e três quartos.” p. 71-72

Esta série tem um fato interessante, não sei se vocês lembram, mas o último livro que resenhei aqui foi o quarto livro da série, Folha de Carvalho. Acontece que na ordem de lançamento este livro de hoje é o sétimo da série, porém na ordem cronológica da historia este é o quinto livro. Eu preferi ler na ordem em que a historia acontece, então estou resenhando o sétimo e depois volto para o quinto. Entenderam? Hehe. Acho que o autor se arrependeu de ter pulado um ano de historia e a formatura de Will e voltou atrás escrevendo outro livro. Na sinopse ele diz: “Existe uma passagem do treinamento de Will Tratado que falta ser contada. Uma aventura que se passa antes dos eventos mostrados nos volumes 5 e 6.”

Como sempre digo, esta é uma das minhas séries juvenis preferidas. Eu adoro Will, o protagonista mais honrado, fofo e mais azarado de todos os tempos. Evanlyn, Horace, Halt, todos eles já moram em meu coração. E hoje vocês vão conhecer mais uma aventura de Will, agora prestes a fazer os exames e se tornar oficialmente um arqueiro. Confiram a resenha de O resgate de Erak de John Flanagan.

A partir daqui contem spoilers para quem não leu os quatro livros anteriores.

Em Folha de Carvalho Will e Evanlyn finalmente conseguem fugir dos Escandinavos, mas Evanlyn é novamente capturada por um grupo desconhecido. Na busca por ela, Will encontra Halt e Horace – que haviam partido para resgatá-los – e juntos descobrem que os Temujai são um grupo ainda mais perigoso que pretendem atacar os Escandinavos. Juntos eles resgatam Evanlyn e fazem uma aliança com os Escandinavos contra os Temujai. Tudo terminado o reino de Araluen faz uma aliança com os guerreiros  Escandinavos e todos voltam para casa.

Agora todos estão felizes comemorando o casamento de Halt com Lady Pauline, quando Svengal – homem de confiança do oberjarl Erak – chega ao reino quase morto de tanto cavalgar em polvorosa e faz um terrível anúncio. Erak havia se juntado à seus homens para um último saque na cidade mercantil de Al Shahah, mas acaba prisioneiro de um grupo de guerreiros do povo arridi. Eles pedem um alto resgate para liberar o Oberjarl e Erak sabe que não pode esperar resgate de seu próprio povo, desconfia que o próprio sequestro foi um golpe contra o seu reinado. 

Como o Rei Duncan tem uma divida de honra com o Escandinavo por ter ajudado a salvar a vida de sua filha e pela nova aliança entre os reinos ele resolve mandar uma delegação para libertá-lo. Impedido por outras tarefas de comparecer a Al Shahah, mesmo temeroso, Rei Duncan acaba enviando a Princesa Cassandra – conhecida pelos escandinavos como Evanlyn – como representante da família real para negociar o resgate.

Muito preocupado com a segurança de sua única filha, o Rei convoca Halt, Will, Gilan e Horace para acompanhá-la nesta missão. Tudo parecia ir muito bem até Al Shahah, ficaram conhecendo o arridi Selethen e partiram para resgatar Erak. Mas uma tempestade de areia coloca toda a delegação a prova, uma grande perda e uma nova tentativa de resgate separa o grupo. Novos perigos e uma grande batalha esperam por eles mais uma vez.

~~~~~~~

Will acaba com meu pobre coração, nunca vi um protagonista mais azarado. Tudo acontece com ele, as situações são agoniantes e eu li o livro todo em um fôlego só, doida para saber o final. Rangers sempre me deixa com uma sensação de que tudo que está ruim ainda vai piorar antes do final e eu sofro muito durante a leitura rs. Eu lia e pensava “merda, merda, merda” e só relaxei no final do livro hahaha.

Este é um livro fofo, onde o solitário Halt resolve se casar e a formatura de Will está para acontecer. Por outro lado a Princesa Cassandra e Alyss parecem começar uma disputa pelo coração de Will. Gosto muito de todos os personagens, me divirto muito com eles. A série tem também um código de honra muito bonito, passa o tempo todo uma grande lição de lealdade e amizade.

Em especial neste volume podemos acompanhar o amadurecimento de Evanlyn/Cassandra e a melhor corrida de cavalo que eu já vi/li. =]

Não vejo a hora de ter o próximo volume em mãos e continuar esta aventura. Vocês tem duvida que eu indico? Leiam! Rangers é uma série imperdível.

Série Rangers de John Flanagan
  1. Ruínas de Gorlan (Título original: The Ruins of Gorlan)
  2. Ponte em Chamas (Título original: The burning Bridge)
  3. Terra do Gelo (Título original: The Icebound Land)
  4. Folha de Carvalho (Título original: Oakleaf Bearers)
  5. Feiticeiro do Norte (Título original: The Sorcerer in the North)
  6. Cerco a Macindaw (Título original: The Siege of Macindaw)
  7. Resgate de Erak (Título original: Erak’s Ransom)
  8. Reis de Clonmel (Título original: The Kings of Clonmel) 
  9. Halt em perigo  (Título original: Halt’s Peril)
  10. O imperador de Nihon-Ja (The Emperor of Nihon-Ja)
  11. Histórias perdidas (The lost stories)
  12. Arqueiro do Rei (The royal Ranger)
Avaliação (1 a 5): 

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO