target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Viaje comigo #73

>>  sábado, 13 de outubro de 2012



In: Quando eu era criança...

Quando eu era criança eu gostava, porque agora.... =]
Eu acho que tenho alma masculina, nenhuma daquelas frescuras de menina funcionam comigo, e eu morro de preguiça de várias meninices, pode ser que a culpa tenha sido da minha infância na roça, na casa da minha tia Tita – que foi tão cedo e deixou tanta saudade – e depois na casa da minha avó materna.

Foto vergonha alheia, mas olha só como eu era gordinha hahaha
Lá ficávamos o dia todo livres e fazendo arte, sem ninguém muito preocupado com o que a gente fazia: entre subir em árvores, pescar, assar rã (é sério, nem preciso ir em rodízio de churrasco para comer carne exótica rs), descer as ladeiras na capa de coco, andar a cavalo, tirar leite de vaca, nadar no monjolo e no rio... tem pouca coisa que não fiz quando era criança. As brincadeiras eram de menino, eram com os filhos dos trabalhadores da fazenda, eu e Maíra – na época a prima pequena que sempre chorava se deixássemos ela para trás hehe. A Idelma era a prima mais velha que cuidava de mim e me levava para passear  - leia-se roubava e comia todos os meus biscoitos enquanto eu cochilava. =]
Eu e seu Pedro, meu Padrinho amado, e a única figura masculina da minha criação, meu pai emprestado da Ju e da Mari :)
Até hoje Vozinha conta um caso de quando eu tinha uns 5 anos, descendo do ônibus de BH e chegando lá na roça minha tia ia sempre buscar a gente na estrada de cavalo. Neste dia eu pedi para montar sozinha, ela deixou e fui toda feliz com eles andando ao lado. Ai eu toda adulta pedi uma varinha para o Jair - que ajudava na fazenda... ele me deu, sei lá porque, e eu bati no cavalo que disparou comigo pela estrada. Minha tia correu atrás, e foi achando meu sapatinho, o laço do cabelo, o outro sapatinho enquanto esperava me achar no chão e corria. Diz que foram me achar na porteira, com o pezinho descalço tentando abrir para continuar. =]

Eu e Mila e a Vic, nossa cachorrinha na época :)
Aos 7 anos eu vim morar em BH em definitivo, para fazer o pré. Odiei! Chorei e gritei, mas acho que acabei me acostumando. Foi aqui que fui conhecer jogos e bonecas, antes brincadeira mesmo era na fazenda. Quando eu tinha 9 anos minha irmã nasceu, a Camila era a coisa mais branquinha e gordinha do mundo. Com ela eu aprendi a  ser professora, dava aula para ela e as amiguinhas na maior seriedade. Foi nesta época também que mudamos do apartamento para uma casa com um terreno bem grande, então voltaram-se as brincadeiras de rua. 

Eu brincava de boneca de papel (vocês conhecem?) - foi ai que parei de querer ser professora e quis ser design de moda- e de comidinhas. Vozinha fez um fogãozinho de verdade no quintal, com tijolinhos e tudo. A gente punha lenha e cozinhava as coisas mais estranhas possíveis... acho que foi quando descobri que lesmas derretem hauhau eca eca. Mas também pegávamos um monte de comida na cozinha para fazer na nossa casinha. Arroz com terra fazia o maior sucesso rsrs. Depois as bonecas comiam tudo. =]

Vozinha ao fundo, eu com minhas roupas estranhas que a Vozinha que fazia hehe,  e as primas Janaína e Maíra
Um pouco mais velha vieram as brincadeiras de rua: pega-pega, esconde-esconde, bola, peteca, pula monte (alguém lembra deste?), o famoso caiu no poço (só que eu era tímida e sempre queria só tampar o olho dos outros), cabra-cega, queimada (eu era péssima, mas faz parte), corridas de bicicleta e tantas outras coisas. Eu era estudiosa, nesta época já adorava ler, mas não faltou brincadeira na minha infância.

Fico até triste hoje, vendo que a maioria das crianças brinca é de vídeo game, computador e coisinhas eletrônicas. Outro dia vi uma menina de 8 anos com o próprio celular cheio de joguinhos afff. Elas não sabem o que estão perdendo.

E os livros, eu não consigo lembrar qual foi o primeiro que eu li, mas lembro de ir ao SESC com a minha mãe, devia ter uns 10 anos e pegar vários livros na biblioteca, a maioria da série vaga-lume ou do Monteiro Lobato. Desde esta época eu não parei mais de ler. Quando já estava no segundo grau, pensando em fazer vestibular e ainda com a ideia do “professora” na cabeça uma amiga minha de turma – a Rita – falou assim: Você gosta tanto de ler, porque não faz biblioteconomia? E eu que não sabia nada sobre o curso fui pesquisar e dois anos depois acabou sendo minha escolha para o Vestibular.

Mas esta é outra historia, o que vale mesmo é ser criança, independente da idade. Ser criança está no espírito, está na cabeça e no coração.  E você, me conta como era quando você era criança?

~~~~

Quem quiser levar a imagem do meme e fazer no blog fique a vontade. =]
E agora Viaje comigo na semana do blog. ^^

>>> A SEMANA NO VIAGEM LITERÁRIA <<<

Se você perdeu algum post esta semana, confira aqui o que rolou:
  1. Viaje com as séries #28 – A 4ª temporada de Glee na coluna da Kellen.
  2. Resenha de O trono sem rei da Eddie Van Feu.
  3. Resenha de Divergente da Veronica Roth.
  4. Viajantes sortudos #22: E o prêmio vai para... na coluna do Yago.
  5. Resenha de Alerta final do Lee Child.

>>> PROMOÇÕES <<<

E agora vamos falar das promoções que continuam em curso e das novidades:
  1. Promoção Belle vai até dia 20/10/2012.
  2. Promoção Top Comentarista de outubro vai até dia 31/10/2012.
  3. Promoção Fiquei com seu número vai até dia 03/11/2012.
Amanhã tem promoções novas de Lua das Fadas + O trono sem rei e de Divergente.

>>> CHEGOU PARA ANÁLISE <<<


O que recebi esta semana das Editoras parceiras:



Da Editora Saraiva/Benvirá chegaram Solitária: Fuga para Furnace 2 do Alexander Gordon Smith (SKOOB) e O rato de Wanchai #1 do Ian Hamilton (SKOOB). O primeiro é a continuação de Encarcerados  que seria minha próxima leitura, este outro eu ainda não conhecia, mas pela sinopse eu vou adorar.


Da Editora Galera Record chegaram Mentiras #3 do Michael Grant (SKOOB) e Cidade dos anjos caídos #4 da Cassandra Clare (SKOOB). \o/ \o/ Dos mais aguardados, amo as duas séries.


Da Editora Intrínseca chegaram Puros #1 da Juliana Baggott (SKOOB) e Selvagens do Don Winslow (SKOOB). Puros desde que lançou eu queria ler e Selvagens eu li as resenhas da Hérida e da Alê e amei.


E o que vocês leram/estão lendo esta semana? Eu li Divergente (resenha), Amada imortal e Ladrão de almas. O favorito da semana foi Divergente, Ladrão de Almas eu esperava bem mais pelos comentários que tinha visto no Skoob, gostei e só rs.

Balanço da semana:

131 livros lidos no ano até o momento.
215 livros na fila não lidos.

Para quem sentiu falta da Vozinha, ela está lendo Karma Club =]
Um ótimo final de semana para vocês e até semana que vem. =]

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO