target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Café dos loucos - Laurell K. Hamilton

>>  terça-feira, 1 de janeiro de 2013


HAMILTON, Laurell K. Café dos loucos. Rio de Janeiro: Rocco, 2012. 368p. (Anita Blake, Caçadora de Vampiros, V.4). Título original: The lunatic café.

“- Você praticamente não dá a mínima. Você matou Alfred ontem à noite e não parece estar nem um pouco arrependida.
- Eu deveria estar?
- Eu estaria.
Eu dei de ombros. A verdade é que eu me importava um pouquinho, sim. Poderia ter havido alguma maneira de Alfred não ter acabado num saco plástico. Ou no estômago de seus amigos. Mas eu o matara. O fato era esse. Não havia volta. Não havia maneira de mudar isso. Não havia arrependimentos.
- É assim que eu sou, Richard. Você aceita isso ou cai fora. Eu não vou mudar.” p. 142

Anita Blake é uma das minhas séries sobrenaturais queridinha, a protagonista é uma ressuscitadora e uma caçadora de vampiros. E no livro tem tudo quanto é tipo de sobrenatural, lobisomens e mutantes de vários outros animais, vampiros, bruxas do mal, zumbis e alguns seres que eu nunca tinha ouvido falar. O legal também é que no universo da série os humanos tem conhecimento do sobrenatural e existe até um batalhão sobrenatural na polícia e uma lei que rege os não humanos. Mas os seres que caminham pela noite, são muito mais perigosos do que os humanos imaginam, as vezes são controlados, em outras são letais. E para por fim na farra lá está ela, a exterminadora, aumentando seu rol de inimigos a cada livro. Hoje vou falar do quarto volume da série com Café dos loucos da Laurell K. Hamilton.

Você que ainda não conhece Anita Blake, clique AQUI e saiba como tudo começou. Os livros são bem independentes, mas pode conter algum spoiler se você não quer saber nada sobre os livros anteriores.

A cidade está fria e cheia de gelo, o que é um inferno para Anita, que se recusa a usar luvas para não atrapalhar caso precise sacar suas armas com rapidez. Dezembro é um mês parado no que diz respeito a arte de ressuscitar mortos – algo politicamente correto sobre o Natal que ela acha hilário – e ela acaba pegando outro tipo de casos, e ainda consegue algum tempo para namorar.

Isso mesmo, agora Anita tem um namorado! Embora eles ainda estejam se conhecendo, Richard é um lobisomem lindo e totalmente gostoso... mas Anita ainda não se acostumou a namorar, muito menos um lobisomem. Mas ainda é melhor do que namorar um morto-vivo, o que diz para si sempre que pensa em Jean-Claude – o vampirão tudo de bom – que nutre uma paixonite por ela, que beira a obsessão.

Seu novo trabalho é encontrar 8 licantropos desaparecidos, serviço pedido por Marcus – o líder da matilha de lobisomens local. Isso coloca Anita no Café dos loucos, o bar frequentado pelos licantropos. Ela acaba descobrindo muito mais sobre eles do que gostaria, e ver um lobisomem em ação a faz questionar seu relacionamento com Richard.

Ao mesmo tempo ela precisa lidar com o ciúme de Jean-Claude, que não aceita nada bem seu novo relacionamento e com Richard, que pelo jeito escondeu algo importante sobre a liderança da matilha. Claro que ela vai se meter em perigos mortais e se envolver em um sinistro caso sobrenatural.
~~~~~

A série Anita Blake tem, nada menos, do que 22 livros lançados nos EUA – fora os spin-off e outros livros de contos e tal. Eu não me assusto com séries grandes, mas neste caso – com a agilidade com que a Rocco lança os livros –, fico pensando se ainda vou gostar de Anita quando eu tiver, sei lá, cinquenta anos rsrs. 

Em todo o caso, este é mais um livro da série que eu adorei. Anita tem a língua afiada, a mente rápida e não mede palavras nem socos ou tiros para lidar com seus muitos inimigos. Richard é um fofo, um lobisomem tudo de bom e  mais um pouco, e ela não se decide a respeito do moço. Enquanto isso Jean-Claude, o vampirão sexy e cheio de astucia, usa de chantagem para conseguir sua chance com Anita. Os policiais da brigada sobrenatural também estão de volta, e as cenas com eles são sempre tensas e engraçadas na mesma medida, Zerbrowski e Dolph são personagens que gosto muito.

A ação mesmo demora mais a acontecer neste volume, mas o final é eletrizante e cheio de reviravoltas. Neste livro conhecemos mais sobre os sentimentos de Anita – sempre tão bem resolvida – e vemos que ela tem um lado frágil e solitário. Eu queria mais do romance, mas tudo é sempre interrompido nas melhores partes rs, por um ataque ou um telefonema urgente aff.

Espero que não demore tanto para sair o próximo livro, gosto muito das aventuras de Anita e quero ver para onde a série vai caminhar. O mais legal da série é que os personagens mudam muito de um livro para outro, além disso o romance é só uma parte do livro, o foco são os mistérios que ela investiga a cada volume. Quem acompanha pelos ebooks fala que a série vai ficando bem mais hot, mas até agora não vi nenhuma mudança.

Indico a série para quem gosta de sobrenatural e não é tão politicamente correto a ponto de criticar as atitudes nada ortodoxas da mocinha. Leiam!

Série Anita Blake, caçadora de vampiros
  1. Prazeres Malditos
  2. O cadáver que ri (The Laughing Corpse)
  3. Circo dos Condenados (Circus of the Damned)
  4. O café dos loucos (The Lunatic Cafe)
  5. Ossos sangrentos (Bloody Bones)
  6. The Killing Dance (Os demais ainda não lançados no Brasil)
  7. Burnt Offerings
  8. Blue Moon
  9. Obsidian Butterfly
  10. Narcissus in Chains
  11. Cerulean Sins
  12. Incubus Dreams
  13. Micah
  14. Danse Macabre
  15. The Harlequin
  16. Blood Noir
  17. Skin Trade
  18. Flirt
  19. Bullet
  20. Hit List
  21. Kiss the dead
  22. Affliction
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO