target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Ligeiramente maliciosos - Mary Balogh

>>  terça-feira, 19 de maio de 2015

BALOGH, Mary. Ligeiramente maliciosos. São Paulo: Editora Arqueiro, 2015. 288p. (Os Bedwyn, v.2). Título original: Slightly wicked.

“Judith fechou os olhos e inclinou a cabeça, até encostá-la no ombro de Ralf. Só mais um pouco. Só mais alguns instantes. Ela logo interromperia aquilo. Ele afastou os polegares dos mamilos dela e Judith sentiu os dedos masculinos abrindo os botões da frente da camisola dela e deixando que caísse para os lados, expondo-a dos ombros ao umbigo. Quando as mãos dele voltaram a circundar a pele nua dos seios de Judith, para erguê-los e acaricia-los, para beliscar e roçar os mamilos, ela teve certeza de que a aventura a que se entregara, seu sonho roubado, era perfeita.” p.35

A série Os Bedwyn narra a história de uma família aristocrata londrina. Nada disso é novidade nos romances de época, muitos irmãos, uma família poderosa, cada livro vai contar a vida de um deles. Já o estilo da autora é diferente, seus enredos são bem incomuns. Confiram o que achei do segundo volume com Ligeiramente maliciosos da Mary Balogh.

Os livros são independentes, a resenha não contém spoilers do volume anterior, Ligeiramente casados.

Judith Law, 22 anos, é uma das filhas de um rigoroso pastor. Apesar de ser uma família nobre, não têm muitas posses, e o pouco que havia foi torrado pela insensatez do único irmão homem, que se comportava como um rico inconsequente. Passando dificuldades, o pai resolve enviar uma das filhas para viver com a tia rica. Judith se oferece, não era a mais nova ou a mais velha que ajudava muito a mãe, nem a mais bonita. Sabe que ao lado da tia Louise Effingham será apenas uma empregada e sonhadora, cria aventuras imaginarias enquanto segue na pequena diligência, rumo ao seu triste destino.

Debaixo de muita chuva, a situação se agrava quando a diligência sofre um acidente. Parada na beira da estrada, ouvindo as reclamações das senhoras ao redor, Judith tenta apenas ajudar os feridos. É assim que é encontrada por um atraente cavalheiro, que oferece para buscar ajuda na cidade e a convida para seguir a cavalo com ele. Rannulf Bedwyn fica encantado com a beldade ruiva que sobe em seu cavalo, quando a moça afirma ser uma atriz, chamada Claire Campbell, ele não resiste e a beija enquanto cavalga. Ele diz se chamar Ralf Bedard, não quer que seu nome conhecido se intrometa naquela aventura.

A atração entre os dois é imediata. Ele acha que está lidando com uma mulher experiente, uma atriz, uma dama que conhece tudo da vida. Ela é uma virgem inocente, que nunca havia beijado um homem. Judith sabe que pode passar o resto da vida como uma solteirona, tratada como uma empregada, vivendo da caridade de parentes ricos. Por isso, decide seguir em frente com a mentira, experimentar pelo menos uma vez como é estar nos braços de um belo homem. Apaixonada por literatura e por atuar, ela vive inteiramente aquele papel... por apenas um dia.

~~~~~

Eu adorei gente! Tãooo lindo e, principalmente, tão divertido! Leitura leve, bem escrita, excelente para descontrair. Ah, antes de  mais nada vou avisar, não leiam a sinopse inteira da contra capa ou do Skoob, acho que as duas contam demais.  Tanto que na “sinopse” acima, eu só contei os dois primeiros parágrafos do que tem lá. 

A autora tem uma característica que a difere de outras do gênero, suas tramas são bem criativas e incomuns. No primeiro temos um homem que se propõe a casar com uma mulher a beira da falência, para honrar uma promessa que fizera ao seu irmão morto na guerra. Agora temos outro casal improvável, outro irmão podre de rico, outra mocinha pobre - até ai nenhuma novidade. Já a forma como os dois se conhecem, a aventura passageira com sob nomes falsos e, tudo que vem a seguir, é bem diferente do que costumo encontrar. Tudo tão lindo, tão fofo! :-). Vi até uma resenha de alguém falando que “achou tudo mais do mesmo” e que “os finais são sempre iguais nesses livros”. Sério gente? Se vocês não querem finais felizes, mocinhas pobres encontrando o amor ao lado de homens ricos, vão ler outra coisa! Não me pega romance de época e me fala que é ruim por isso. Querem o que? Que o mocinho morra no final? Case com outra? Afff! Hahaha #desabafo

Gostei mais desse que do primeiro, na verdade uma amiga que já leu alguns, falou que ela só melhora. \o O casal é melhor, a Judith surpreende em vários momentos e o mocinho é muito mais interessante. Além disso, tem toda a confusão do início do livro para eles consertarem. A avó do Rannulf deseja que ele se case logo, com uma moça rica, é claro. Ah tem tanta confusão no meio que eu não posso contar, mas tem um lado meio “gata borralheira”. Tudo bem que a Judith tem aquele lado bonzinho demais para o meu gosto, muito conformada, deixa tudo para lá e aceita tudo da tia insuportável. Queria sacudir a moça em alguns momentos. Mas pelo que acontece depois, está perdoada.

A narrativa em terceira pessoa se alterna entre o casal, mostrando também várias cenas paralelas. Como o cenário é mais campestre, o círculo londrino foi pouco mostrado, mesmo assim continuo adorando a ambientação. A autora é ótima na ambientação, os locais ganham vida na imaginação do leitor.

Eu estou adorando essas séries, quanto mais melhor. Para quem é fã do estilo, mais uma imperdível na estante! Leiam!

Adicione ao seu Skoob
Compre na Amazon! R$ 16,72 
Compre no Submarino! R$ 16,72

Série Os Bedwyn da Mary Balogh
  1. Ligeiramente casados (Slightly married) – Aidan e Eve.
  2. Ligeiramente maliciosos (Slightly wicked) – Rannulf
  3. Ligeiramente escandalosos (Slightly scandalous) – Freyja 
  4. Ligeiramente seduzidos (Slightly tempted) - Morgan
  5. Ligeiramente pecaminosos (Slightly sinful) - Alleyne
  6. Ligeiramente perigosos (Slightly dangerous) (ainda não lançado no Brasil)
Prequel
One night for love e A Summer to remember.

Avaliação (1 a 5): 4.5

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO