target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Ligeiramente escandalosos - Mary Balogh

>>  quarta-feira, 14 de outubro de 2015

BALOGH, Mary. Ligeiramente escandalosos. São Paulo: Editora Arqueiro, 2015. 288p. (Os Bedwyn, v.3). Título original: Slightly scandalous.

“Fora um beijo lascivo, escandaloso, e ela temia ter sido a responsável por isso. O marquês segurara o rosto dela com delicadeza entre as mãos e a beijara nos lábios. Nenhuma outra parte de seu corpo tocara qualquer outra parte do corpo dela. Tudo provavelmente teria terminado desse modo doce e casto se ela não houvesse agarrado a cintura dele para se equilibrar, então colado em seu corpo e passado os braços ao seu  redor. E então...
Bem
E então.
Freyja franziu o cenho com força.
Mas não devia assumir toda a culpa. Fora ele que começara a lamber os lábios dela, que enfiara a língua em sua boca e fizera coisas que sabia muito bem que iriam distraí-la. Freyja não tinha dúvidas de que o marquês era muito experiente em usar aquelas táticas de sedução. Ele provocara tudo o que aconteceu depois.” p.68

Para quem curte o gênero, romances água com açúcar são sempre uma boa pedida. Alguns são mais do mesmo, outros são especiais, arrancam suspiros, risadas e lágrimas. São livros leves, rápidos, leitura gostosa e final feliz. Ando bem fã do gênero e a série Bedwyn chega ao seu terceiro volume com Ligeiramente escandalosos da Mary Balogh.

Os livros são independentes, a resenha não contém spoilers dos volumes anteriores: Ligeiramente casados e Ligeiramente maliciosos.

Freyja Bedwyn, 25, é uma mulher à frente de seu tempo. A riqueza da família, a liberdade dada pelo irmão mais velho e tutor, contribuíram para seu jeito decidido e atrevido. Porém, foi um coração partido, duas vezes, que lhe fez desacreditar no amor. Ela preza sua liberdade, inteligente e impetuosa não mede palavras, mas guarda muito dentro de si. A aparência rígida e séria, esconde uma alma bondosa e um coração desejoso. Seu noivo prometido falecera antes do casamento, ela não o amava, mas amava seu irmão mais novo, a quem sua mão foi oferecida após a morte do primogênito. Porém, Kit Butler nunca a perdoara por dispensá-lo para seguir os desígnios da família, e casara-se com outra. Agora, além de ver todos os olhares de pena, ainda precisa conviver socialmente com o casal.

E é isso que a leva a fugir da cidade, aceitando o convite de Lady Holt-Barron e sua filha Charlotte para passar dois meses em Bath. Durante a viagem, ocorre um infeliz encontro com um homem desconhecido, que ousa invadir seu quarto em uma estalagem. Ela o socou, duas vezes, antes mesmo de saber seu nome.

Joshua Moore, o marquês de Hallmare, é um homem belo, charmoso e divertido. É também um libertino, um descompromissado sedutor. Porém, cinco anos após herdar o título e fugir de suas responsabilidades, ele precisa assumir suas terras. Sua tia, a marquesa de Hallmere, tem tudo planejado para casá-lo com a prima, Constance Moore, um enlace que Josh não pretende assumir.

Entre conflitos e provocações, ele faz uma proposta a Freyja, para evitar os planos da tia. Apesar de detestá-lo, ela acha a ideia divertida, e adora a ideia de frustrar os planos daquela odiosa senhora. Porém, eles nem sonhavam com as consequências que essa simples brincadeira trariam.

~~~~~

Muito amor por esse livro! Meu preferido da série até agora. Os livros estão cada vez mais divertidos, adorei as cenas leves, as provocações entre eles, as muitas confusões e até algum suspense. É daqueles romances bem novelescos, onde muitas reviravoltas acontecem. Apesar de ser tudo bem clichê, comum nesse gênero, os personagens fazem toda a diferença.

O casal principal é ótimo. Josh é um bobo alegre, leva tudo na brincadeira, mas aos poucos percebemos que ele tem um grande coração e é uma ótima pessoa. Freyja não quer encontrar o amor, não tem uma beleza marcante como a irmã mais nova e sabe que seus poucos pretendentes estão interessados é na fortuna da família. Como Josh também não quer se casar, é fácil para ela flertar com ele, sabendo que é apenas uma brincadeira. O que começa com um cara divertido e uma mulher jogo duro, vai se tornando algo mais com o virar das páginas.

Os personagens secundários são excelentes. Temos todos os irmãos de Freyja participando ativamente da história, assim como as esposas dos dois irmãos – que conhecemos dos livros anteriores. Aí temos toda família de Josh, muita gente legal e divertida, muita gente odiosa tentando atrapalhar tudo. Adoro Os Bedewyn, são todos metidos a besta, mas apenas nas aparências. Juntos são unidos, animados, divertidos e ousados em suas escolhas.

Como já é comum, a narrativa se alterna entre os dois protagonistas. É engraçado como eles pensam algo, mas falam outra coisa, com diálogos maldosos e cheio de alfinetadas trocadas. Freyja soltando fogo pelas ventas e Josh se referindo a ela como “coração”, hilário. Só tenho uma coisa para reclamar, existe o livro do Kit, que foi publicado antes dessa série, mas não foi lançado no Brasil, A summer to remember, uma pena, faz falta aqui saber melhor o que aconteceu com os dois no passado, gostaria muito de ter a oportunidade de ler.

Para quem curte romance de época, essa série é indispensável. O primeiro livro achei mais fraco, o segundo melhora muito e esse eu amei. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Os Bedwyn da Mary Balogh
  1. Ligeiramente casados (Slightly married) – Aidan e Eve.
  2. Ligeiramente maliciosos (Slightly wicked) – Rannulf
  3. Ligeiramente escandalosos (Slightly scandalous) – Freyja
  4. Ligeiramente seduzidos (Slightly tempted) - Morgan
  5. Ligeiramente pecaminosos (Slightly sinful) - Alleyne
  6. Ligeiramente perigosos (Slightly dangerous) (ainda não lançado no Brasil)
Prequel
One night for love e A Summer to remember.

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO