target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Southern Vampire Mysteries: Morto até o Anoitecer

>>  sexta-feira, 14 de maio de 2010



HARRIS, Charlaine. Morto até o anoitecer. Rio de Janeiro: Ediouro, 2007. 316p. (Sookie Stackhouse, v.1)

“Minhas mãos, cravadas na carne de suas costas, sentiam a chuva caindo com força e o sangue sob minhas unhas, e o movimento implacável que o corpo dele fazia. Eu achei que seria enterrada naquela lama, que ela seria meu túmulo. Seus caninos se afundaram em meu pescoço.” pg196

Morto até o anoitecer de Charlaine Harris é o primeiro volume da série Southern Vampire Mysteries ou Vampiros do Sul, que conquistou milhares de leitores abordando o relacionamento entre humanos e vampiros de forma sanguinolenta, carnal, sexy e cercada de amor e mistério. Os livros deram origem a série da HBO True Blood, estrelada por Anna Paquin e Stephen Moyer que já está indo para a terceira temporada.

Com a modernidade e o avanço dos direitos humanos, até mesmo os vampiros ganharam o direito de existir em sociedade; ter posses, emprego, pagar impostos e claro estar sujeito aos deveres e direitos do cidadão. Para eles isso significa o fim da existência sedutora, das caçadas e do sangue humano. Agora eles são obrigados a se alimentar com sangue sintético para sobreviver e é preciso um esforço sobre humano para resistir ao bom e velho sangue fresco, pulsando na veia dos humanos, quente, saboroso e excitante.

O vampiro Bill Compton, agora um cidadão, retorna a sua cidade natal disposto a fazer um grande esforço para se adaptar e se integrar na comunidade. E após sua chegada, Bon Temps - uma pequena cidade da Louisiana - onde os moradores só souberam da existência dos vampiros pela televisão, se torna palco de grandes surpresas e misteriosos assassinatos.

Sookie Stackhouse é uma garçonete muito atraente, loira, olhos azuis, com um corpo escultural e teria tudo para ter uma fila de pretendentes a sua porta, porém um pequeno detalhe a faz ser vista por muitos da cidade como louca e ela vive isolada e angustiada. Desde pequena desenvolveu a estranha capacidade de ler a mente das pessoas, e esta habilidade pode dificultar muito seus encontros amorosos. Convivendo diariamente com este “talento” não se assustava muito com o que os outros viam como aberrações e morria de curiosidade de conhecer de perto um vampiro.

Quando o vampiro em questão é alto, bonito e sexy de uma forma quase brutal, ela se sente imediatamente atraída por ele. Quando percebe que não consegue ler a mente de Bill, a atração é irresistível.

“No momento seguinte seus dentes roçaram meu ombro, e seu corpo, duro, rijo e preparado, empurrou-me com tanta força que caí de costas na lama. Ele veio diretamente para dentro de mim como se tentasse chegar ao solo me atravessando. Eu gritei, e em resposta ele rosnou, como se fossemos verdadeiramente seres da lama, criaturas primitivas das cavernas.” Pg196

Se já não bastassem todas as dificuldades de se namorar um vampiro, estranhos assassinatos começam a ocorrer na cidade, e as vítimas, tinham marcas de mordidas antigas. Sookie tentará usar suas habilidades como telepata para descobrir o assassino e inocentar Bill, mas acabará lutando pela própria vida.

Eu já havia lido este livro, logo depois de ver a série e não me atraiu na época, em parte porque eu já sabia boa parte do que ia acontecer e é impossível não comparar com a TV. Por outro lado eu não gosto do ator que interpreta o Bill (podem me bater mas acho o cara feio, fazer o que?), então desta vez, botei a imaginação para funcionar, imaginei um cara lindo no papel do vampiro e deu tudo certo, confesso, melhorou muito. Ainda continuo achando o Bill muito seco e grosso, vamos ver se isso muda no segundo livro.

Os outros personagens são muito instigantes. Sam Merlotte o dono do bar local, tem um jeito todo misterioso e uma grande paixão reprimida por Sookie. Temos também sua avó muito carismática, seu irmão que está sempre relacionado às mulheres assassinadas e alguns vampiros aterrorizantes - como o vampiro Eric (me abana) dono do bar Fanctasia -, mas da mesma forma, sedutores.  O legal também é que os vampiros, apesar de sua força descomunal, têm suas fraquezas e podem ser dominados pelos humanos.

Os livros da Charlaine Harris não têm nada de delicados, indicados para o público adulto são apimentados com cenas de violência, sexo e sangue, com um texto muito bem construído. O livro é hot na medida certa, o toque de mistério deixa a trama perfeita.

Série Sookie Stackhouse de Charlaine Harris
  1. Morto até o anoitecer (Dead Until Dark);
  2. Vampiros em Dallas (Living Dead in Dallas);
  3. Clube dos Vampiros (Club Dead);
  4. Procura-se um vampiro (Dead to the World);
  5. Olhos de Pantera (Dead as a Doornail);
  6. Vampiros para sempre (Definetely Dead);
  7. All Together Dead;(Os demais ainda não lançados no Brasil)
  8. From Dead to Worse;
  9. Dead and Gone;
  10. Dead in the Family
  11. Dead reckoning.
Livro Interligado
A Touch of Dead (extras)

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO