target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Southern Vampire Mysteries: Vampiros em Dallas

>>  sexta-feira, 21 de maio de 2010


HARRIS, Charlaine. Vampiros em Dallas. São Paulo: Editora Saraiva, 2010. 256p. (Sookie Stackhouse, v.2).

“Uma vez vampiro, sempre vampiro. Um tigre não muda suas listras. Cachorro velho não aprende truques novos. Ouvi todos os conselhos que recebi na vida, naquele modo arrastado de falar típico da minha terra.” pg.190

A garçonete Sookie Stackhouse está com tudo, e nós pobres mortais ficamos aqui babando, literalmente, morrendo de inveja. Namorada do vampiro Bill Compton, desejada pelo vampiro Eric Northman, assediada por seu chefe o metamorfo Sam Merlotte e com uma quedinha pelo humano sarado JB, eu me pergunto, o que é que esta loira tem? Isso e muito mais você descobre lendo Vampiros em Dallas de Charlaine Harris.

Vampiros em Dallas é o segundo volume da série Southern Vampire Mysteries, se você ainda não conhece confira a resenha do primeiro volume AQUI. O livro é recheado de ação, confira:

Sookie Stackhouse está muito satisfeita com a vida que vem levando, seus dias de solidão acabaram, agora que está namorando o vampiro Bill Compton. Só que a vida de Sookie não é nada fácil, seus dons telepáticos fazem com que ela viva escutando o pensamento de todos a sua volta e isso sempre lhe trás problemas. Namorar um vampiro também exige muita força de vontade e um estômago forte, para agüentar a constante perda de sangue e as aventuras em que acaba se metendo.

A pacata cidade de Bom Temps vive agora cercada de mistério, desde que vampiros, telepatas e metamorfos fazem parte da sua pequena população. O cozinheiro Lafayette é encontrado assassinado dentro de um carro do lado de fora do bar onde Sockie trabalha e ela resolve usar seus dons telepáticos para tentar descobrir o assassino de seu amigo. Enquanto isso uma mênade ataca Sookie violentamente como um recado para o vampiro Eric, que ainda quer aproveitar dos seus dons telepáticos para ajudar a desvendar um crime contra os vampiros, para isso Sookie terá que viajar para Dallas.

“Não consegui me manter em pé, me joguei para frente e caí de barriga. Ouvi uma risada atrás de mim, e a javali fungando, e então percebi que ela havia sumido. Fiquei ali deitada, chorando, por alguns minutos. Tentava não gritar, e me peguei ofegando feito uma mulher na hora do parto. Tentava controlar minha dor. Minhas costas ardiam como o diabo.” pg.35

Em sua primeira missão oficial para ajudar os vampiros, Sookie deverá solucionar o misterioso desaparecimento de um importante vampiro de Dallas. Com Bill ao seu lado e Eric aparecendo sorrateiramente, ela conhecerá o clã vampírico local e se oferecerá para uma perigosa missão para ajudar os vampiros. Uma seita religiosa provará que os humanos poderão ser tão perigosos e ainda mais cruéis que os vampiros.

Deu para perceber que o segundo livro da série é eletrizante certo? O livro é recheado de ação do começo ao fim: assassinatos, mistério, batalhas, muita paixão e continua cheio de cenas hot. Têm também muitos seres sobrenaturais, além do aparecimento da Mênade, um bando de metamorfos, lobisomens e claro, vampiros para todos os gostos. Sookie vai viver muitas aventuras, passará por poucas e boas e vai contar com alguma ajuda inesperada e acreditem, tudo isso com muito bom humor.

Difícil contar mais sem encher o post de spoiler, o que posso dizer é que achei este livro bem melhor que o primeiro. Vamos conhecer bem mais do vampiro Eric (este sim é lindo de morrer), que irá fazer de tudo para roubar o coração de Sookie do vampiro Bill. E eu que sou muito mais o Eric, estou adorando o começo deste triângulo amoroso. O Bill me irritou muito neste livro, a Sookie vive entre a vida e a morte, nunca vi alguém levar tanta pancada em um livro e ele fica lá com sua cara de poste e as costeletas inabaladas como se nada tivesse acontecido.

Aprovado e recomendado, o segundo livro é imperdível e me viciou na série. Estou muito curiosa para ler o terceiro “Clube dos Mortos” que será lançado em breve.


“Eu me apoiei por trás, em Eric, feliz por ele estar ali. Percebi que me senti assim porque no fundo esperava que Eric fosse se comportar mal... então me esfreguei em Eric, e quando ele deu um gemido de satisfação me virei em seus braços para encará-lo. Enrosquei meus braços no seu pescoço e ergui o rosto. Ele acatou minha sugestão silenciosa com a maior boa vontade. Com o resto escondido minha mente estava livre para vagar. Eu me abri mentalmente justo quando Eric separou meus lábios com sua língua, então fiquei totalmente vulnerável.” pg.225


Série Sookie Stackhouse de Charlaine Harris
  1. Morto até o anoitecer (Dead Until Dark);
  2. Vampiros em Dallas (Living Dead in Dallas);
  3. Clube dos Vampiros (Club Dead);
  4. Procura-se um vampiro (Dead to the World);
  5. Olhos de Pantera (Dead as a Doornail);
  6. Vampiros para sempre (Definetely Dead);
  7. All Together Dead;(Os demais ainda não lançados no Brasil)
  8. From Dead to Worse;
  9. Dead and Gone;
  10. Dead in the Family
  11. Dead reckoning.
Livro Interligado
A Touch of Dead (extras)

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO