target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Irmandade da Adaga Negra - Amante Eterno

>>  sexta-feira, 14 de janeiro de 2011


WARD, J.R. Amante Eterno. São Paulo: Universo dos Livros, 2010. 448p. (Irmandade da Adaga Negra, V.2). Título original: Lover Eternal.

“- Só me deixe beijá-la Mary – as mãos dele deslizaram por sua garganta e sobre as laterais de seu rosto. – Só uma vez. Está bem?”

Os vampiros da Irmandade da Adaga Negra estão de volta com toda sua beleza, força e poder. Prepare-se para se entregar e se apaixonar por Rhage o protagonista do segundo livro da série, o mais bonito dos irmãos e também o mais perigoso. Hoje no blog Amante Eterno de J.R. Ward.

Os livros são bem independentes, não precisam temer spoilers. Se você ainda não leu confira a resenha do primeiro livro: Amante Sombrio.

Rhage é um guerreiro que como seus irmãos luta para manter a raça dos vampiros a salvo dos redutores, um grupo de exterminadores de vampiros. Ele é o mais temido entre os irmãos, a mais de 100 anos foi amaldiçoado pela Virgem Escriba e guarda uma besta dentro dele, sua parte animal desconhece amigos e inimigos e quando aflora destrói tudo a seu redor. Somente duas coisas podem manter a besta controlada: sexo ou luta. Não que qualquer uma das duas fosse difícil de conseguir.

Rhage ou Dr. Hollywood é também o mais bonito dos irmãos, com sua beleza avassaladora, quando ele chega ninguém consegue ficar indiferente a ele. O cabelo louro tem um corte curto com a frente mais longa, o azul de seus olhos é da cor do mar das Bahamas, queixo perfeitamente quadrado, lábios carnudos e o rosto faz Brad Pitt parecer um patinho feio. Alto, ossos largos e muito musculoso. Mas ele nem de longe aparenta ser um boyzinho, algo sombrio e letal ferve por trás do exterior cativante.

Ele está sozinho a muito tempo, incapaz de conter a besta que pode aflorar a qualquer momento, se contenta com sexo fácil e sem envolvimento, mas algo continua sempre vazio. Ele não tem sossego, não tem descanso, tem sempre a sensação de um zumbido junto com ele, sempre a besta. Até que um dia uma simples mortal invade seu mundo.

Mary Luce é uma humana que sofre de leucemia e é vizinha de Bella, uma vampira civil. Em sua ânsia em ajudar um garoto mudo que conheceu em seu trabalho voluntário, Mary aceita acompanhar Bella até um misterioso centro de treinamento. John Mattew era apenas um garoto pobre e franzino, mas Bella percebe que ele precisa de ajuda para se transformar em um vampiro. E assim ela os leva até a sede da Irmandade, e a vida de Mary muda para sempre.

“Rhage estremeceu. Uma onda balsâmica percorreu toda sua pele. O timbre musical de sua voz, o ritmo de seu discurso, o som de suas palavras se espalharam por ele, acalmando-o, confortando-o. Embalando-o docemente.”

A atração entre os dois é imediata, é impossível resistir a Rhage, mas ele não entende o que aquela humana tem de tão especial. Ele que nunca se importou com fêmea nenhuma. Ela, uma humana fraca e doente, que pode morrer em breve. Os humanos não podem saber do mundo em que vivem os vampiros; a Irmandade ordena que Rhage apague sua memória e a esqueça.

Ele promete, irei vê-la apenas mais uma vez. Ela não entende o que aquele Deus grego pode ver nela, talvez seja pena. Mary luta pela vida. Rhage não consegue ficar longe daquela voz. Ele a quer, ele a toma.

Sentiram o sangue ferver só de ler a resenha? É impossível ficar insensível a atração de Rhage, o cara é de parar o trânsito e de arrepiar quem está lendo do lado de cá rs. Eu gostei mais deste livro do que do primeiro, acho que porque a relação entre os protagonistas teve toda uma história introdutória antes de eles se envolverem.

A trama continua envolvente e apaixonante, os redutores também estão aprimorando suas técnicas em capturar e matar vampiros e estão cada vez mais perto da Irmandade. Eles são soldados e enfrentam todos os redutores que aparecem pela frente. E a pobre Mary acaba no meio da confusão toda.

O romance entre o casal é muito bonito e as cenas hots estão presentes de maneira ainda mais forte que no primeiro livro. Eu gostei mais delas neste, mas ainda não consigo imaginar a pobre e doente Mary com fogo para enfrentar aquilo tudo. A mulher tava doente, mas tinha uma disposição rsrs.

Gostei muito de conhecer mais sobre os vampiros da Irmandade, o bom é que a Editora Universo dos Livros está lançando os livros rapidamente e não temos que ficar muito tempo esperando. Com certeza recomendo muito esta série, as meninas vão suspirar com cada um dos protagonistas.


Série Irmandade da Adaga Negra de J. R. Ward:
  1. Amante Sombrio - Wrath (Dark Lover)
  2. Amante Eterno – Rhage (Lover Eternal)
  3. Amante Desperto – Zsadist ( Lover Awakened) 
  4. Amante Revelado – Butch (Lover Revealed)
  5. Amante Liberto – Vishous (Lover Unbound)
  6. Amante Consagrado – Phury (Lover Enshrined)
  7. Amante Vingado – Rehvenge (Lover Avenged)
  8. Amante Meu - John Mattew (Lover Mine)
  9. Amante Libertada - Payne (Lover Unleashed) 
  10. Amante Renascido - Tohrment (Lover Reborn)
  11. Amante Finalmente - Qhuinn (Lover at Last)
  12. O rei (The king)
  13. The shadows (ainda não lançado no Brasil).
Livro interligado
Guia oficial da série (The Black Dagger Brotherhood: An Insider’s Guide)

Avaliação ( 1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO