target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Irmandade da Adaga Negra - Amante Desperto

>>  sexta-feira, 13 de maio de 2011

WARD, J.R. Amante Desperto. São Paulo: Universo dos Livros, 2010. 464p. (Irmandade da Adaga Negra, V.3). Título original: Lover Awakened.

“- Quando me encontrou, estava morto, embora respirasse. Estava cego, embora pudesse ver. E então você chegou... e eu fui despertado.”

Para você que já começou a ler esta série, mas ainda não chegou ao terceiro livro eu aviso: Você não viu nada até conhecer a história de Zsadist! O mais atormentado dos irmãos, o que intimida até seus irmãos da Irmandade com seu jeito de psicopata, quem diria... é apaixonante. Derreta-se nos braços de Zsadist em Amante Desperto de J.R. Ward.

Os livros são bem independentes, não precisam temer spoilers. Se você ainda não leu confira a resenha dos livros anteriores AQUI.

Em Caldewll, Nova York, os bravos irmãos da Irmandade continuam sua eterna batalha contra os grotescos redutores. Os seres sem alma evoluem e melhoram suas técnicas cada ver mais atrozes de capturar e torturar os vampiros em troca de informações sobre a localização da Irmandade. E em um destes ataques eles capturam Bella, uma vampira civil amiga de Mary, e agora a Irmandade tem poucas chances de resgatá-la com vida.

Para Zsadist este é um caso pessoal, mais incontrolado e sanguinário do que nunca ele fará de tudo para vingar Bella, os redutores encontram seu fim de forma rápida e cruel nas mãos do vampiro, nem seus irmãos entendem porque ele está agindo daquela maneira estranha. Zsadist é um selvagem, temido por irmãos e vampiros, observado com desconfiança e receio até por seus irmãos, a raiva é sua única companheira e o terror sua única paixão.

Todos eles imaginam de onde vem tanta fúria, mas nenhum deles está nem perto de saber o passado sombrio de Zsadist, nem mesmo seu irmão gêmeo Phury sabe ao certo tudo o que aconteceu em sua vida. Quando pequeno ele foi seqüestrado, separado de sua família, de seu irmão gêmeo e vendido como escravo de sangue. Ele carrega no corpo as cicatrizes daquele passado, mas ninguém sabe tudo que ele carrega na alma. Zsadist é frio, cruel, insensível, monstruoso. Ele é temido, evitado. Está à margem da grande família da Irmandade e esconde-se através de uma máscara de fúria.

Mas de alguma forma Bella consegue enxergar o que ninguém mais vê e ele busca por ela e a deseja como nunca desejou fêmea nenhuma antes dela. E quando eles a encontram ele toma para si a tarefa de cuidar dela. Ele sabe que não a merece, ele não é bom para mulher nenhuma, quanto mais para uma mulher perfeita como Bella. 

Bella não consegue ficar longe de Zsadist, ela precisa do seu corpo para não sentir frio, precisa dele por perto para esquecer tudo o que passou nas mãos dos redutores. Só Zsadist, nenhum outro. Ela consegue ver o desejo em seus olhos, mas ele sempre a afasta. Ela nunca desejou tanto um homem, seu sexo, seu sangue, seus braços.

“Ela podia sentir a agitação sexual, o calor e a urgência que cresciam naquele corpanzil. Estava louca para que ele a puxasse para si. Como não o fazia, afastou-se um pouco e olhou para ele. Tinha as faces em fogo e os olhos brilhavam intensamente. Estava faminto por ela, mas não fez movimento algum para aproximá-la. Nem iria fazer.
- Quero tocá-lo. Disse ela.”

Sem dúvida meu livro preferido até agora da série e acho que da maioria das leitoras pelo que tenho acompanhado nos outros blogs. Zsadist é um personagem avassalador, daqueles “me pega, me bate, me joga na parede e me chama de lagartixa rsrs” e quando a gente vê não consegue parar de ler o livro até o final. E Bella tem coragem, não é qualquer mulher que encarava aquela fera com tanta confiança. A tensão sexual entre os dois é palpável e as cenas “quero mais não posso” são tão intensas quanto as cenas sexuais em si.

E é emocionante ir conhecendo aos poucos a história sofrida de Zsadist, contada através de flashes do seu passado, vamos conhecendo o porquê dele ter se tornado o que é hoje. Ele acredita ter indigno de ser amado, acha que é sujo e não consegue ver o sexo como uma coisa boa. Ele nunca sentiu prazer, amor, nunca se entregou a mulher nenhuma.

Tirando o casal protagonista da história, muita coisa interessante acontece ao redor. Como o drama e o sofrimento de Phury que estava tão atraído por Bella quanto o irmão, a tristeza do ex policial Butch – o protagonista do próximo livro – que sofre por Marissa e ficamos sabendo mais sobre John Mattew um menino que ainda não fez a transição para vampiro.  Os redutores estão cada vez mais loucos e nojentos, não consigo acostumar com estes seres estranhos.

Quer saber mais? Leiam! Tensão sexual. Desejo. Amor. Fúria. O mais aterrorizante dos irmãos é também o mais apaixonante, devore Zsadist e depois leia de novo só para matar a saudade. J

Série Irmandade da Adaga Negra de J. R. Ward:
  1. Amante Sombrio - Wrath (Dark Lover)
  2. Amante Eterno – Rhage (Lover Eternal)
  3. Amante Desperto – Zsadist ( Lover Awakened) 
  4. Amante Revelado – Butch (Lover Revealed)
  5. Amante Liberto – Vishous (Lover Unbound)
  6. Amante Consagrado – Phury (Lover Enshrined)
  7. Amante Vingado – Rehvenge (Lover Avenged)
  8. Amante Meu - John Mattew (Lover Mine)
  9. Amante Libertada - Payne (Lover Unleashed) 
  10. Amante Renascido - Tohrment (Lover Reborn)
  11. Amante Finalmente - Qhuinn (Lover at Last)
  12. O rei (The king)
  13. The shadows (ainda não lançado no Brasil).
Livro interligado
Guia oficial da série (The Black Dagger Brotherhood: An Insider’s Guide)

Avaliação ( 1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO