target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Nada é para sempre - Ali Cronin

>>  quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013


CRONIN, Ali. Nada é para sempre. São Paulo: Editora Seguinte, 2012. 272p. (Garota encontra garoto, v.1). Título original: No such thing as forever.

“Não contei tudo para as meninas. Não tinha sido incrível. Quer dizer, tinha sido legal, mas doeu um pouco, e eu não fiz barulhos nem nada. A Terra não se moveu. Você sabe.” p.37

A série Garota encontra garoto contará com 7 livros, cada um focado em um dos personagens de uma turma de amigos, além disso existe um conto em formato ebook. O primeiro deles “Noite das garotas” a Editora disponibilizou para download gratuito AQUI, este conto precede o primeiro livro da série. Hoje vou falar sobre Nada é para sempre da Ali Cronin.

A turma de Sarah é meio que inseparável, ela e as meninas estão sempre juntas, os meninos fazem parte da grande turma. Sarah sempre foi a mais quietinha, a única da turma que ainda é virgem e que está esperando pelo cara certo. As meninas tiram onda com ela de vez em quando, mas aos 17 anos, Sarah já se acostumou a ter uma vida onde nada muito emocionante acontece, é apenas ela, os estudos e seus livros.

Mas tudo isso iria mudar naquele verão, durante as férias com a família na Espanha, enquanto fugia dos pais e do irmão mais novo para relaxar na praia, ela conhece Joe. Uma cara mais velho, 21 anos, e já na faculdade. Rola uma paquera, um encontro na praia, muitos beijos molhados, e os dois não desgrudam mais. E é lá que ela perde a virgindade, e deixa de ser a certinha da turma.

De volta a Inglaterra e completamente apaixonada, Sarah está ansiosa para contar tudo para suas amigas e para reencontrar Joe, afinal ele ficou de ligar. Cass é a única da turma que tem um namorado sério, ela irá entender suas angustias. Donah é a que está sempre de alto astral, a festeira da turma. Já Ashley não leva nada a sério, mas já esteve com tantos garotos, que pode dar bons conselhos para a amiga.

Então ela espera e espera. Depois de algum tempo, Joe finalmente entra em contato e a convida para visitá-lo em Londres, no seu dormitório. E assim começa um "relacionamento" a distância, ele está na faculdade e trabalha, ela entende que não tenha muito tempo livre. E assim ela está sempre disponível, mesmo ele não atendendo a maioria das ligações e só aparecendo quando quer sexo. Mas ela acha que está tudo bem, afinal, o sexo é intenso e maravilhoso.

Os amigos não estão acreditando neste relacionamento, e começam a se irritar com a insistência de Sarah em só falar sobre Joe. Ela coloca todas as fichas neste relacionamento, acredita que Joe é o seu grande amor e que no final, eles vão ficar juntos. E acha que as amigas estão é com inveja, afinal ela namora um cara mais velho. Os meninos, OllieRich e Jack estão sempre por perto, mas preferem ficar longe das brigas das meninas.

~~~~~~

Apesar de juvenil, esta série é mais adulta do que muitas do mesmo estilo, aborda abertamente sexo, drogas, álcool e todos os dramas e alegrias desta fase tão bonita e complicada que é a adolescência. Junto com a descoberta do amor, vem os corações partidos, as emoções e decepções do primeiro amor.

Sarah é a protagonista deste livro, narrado em primeira pessoa por ela, acompanhamos um pouco sobre a vida dos outros personagens da turma, mas o foco do livro é seu relacionamento com Joe. Algumas partes ficam muito repetitivas, se o livro falasse mais de outros personagens ficaria mais divertido.

No começo achei Sarah apenas uma menina inocente e crédula, ela apostou todas as fichas em seu “amor de verão” e faz de tudo para que seu pseudo relacionamento com Joe dê certo. Ta na cara que boa coisa não vem por ai, ele está na universidade e a trata como uma adolescente bobinha.

"Sarah-que-não-gosta-de-cerveja, preciso de você na minha cama, ele sussurrou.
Eu entendia o que ele estava dizendo. Eu precisava dele como precisava de oxigênio." p.61

Eu já esperava não gostar muito da personagem, vi inúmeras resenhas falando que o livro era legal, mas que os outros provavelmente seriam melhor, porque a menina é muito chata e etc. E até que durante boa parte do livro não achei isso, achei ela fofa e tonta rs. Mas do meio para o final realmente, ela torra a paciência do leitor. Ela insiste em “dar murro em ponto de faca” e não da “o braço a torcer” até o final. Santa burrice. Sua insistência em ir atrás de Joe e provar que os dois ficariam juntos acaba com a paciência de qualquer um.

Mas independente disso a leitura é agradável e divertida, destes livros que lemos em uma sentada e ficamos curiosos para o final. A série ganhou pontos comigo por ter um foco menos infantil, já estou curiosa para ler o próximo da série, que vai ter Ashley como protagonista, acho que será mais agitado. Se você gosta de YA, leia. ^^

Série Garoto encontra garota da Ali Cronin

  1. Nada é para sempre (No such thing as forever) - Sarah
  2. Dizem por aí (Rumor has it) – Ashley
  3. Três é demais (Three’s a crowd) – Cass 
  4. Lições de amor (Lessons in Love) – Donna 
  5. A garota certa (She's the one) - Ollie 
  6. Eu e você (You and me always) - Sarah
Contos interligados:
0.5 Noite das garotas (baixe o ebook gratuitamente AQUI)
1.5 Não me esqueça (baixe o ebook gratuitamente AQUI)

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO