target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Cidade das almas perdidas - Cassandra Clare

>>  sexta-feira, 23 de agosto de 2013

CLARE, Cassandra. Cidade das almas perdidas. Rio de Janeiro: Galera Record, 2013. 434p. (Os Instrumentos Mortais, v.5) Título Original: City of lost souls.

“- Muito bem, Caçadores de Sombras. E um aviso, apesar de nada terem feito para merecê-lo. Seria bom considerarem a validade desta busca por seu amigo. Pois frequentemente, quando algo precioso se perde, ao voltarmos a encontrá-lo, pode não ser mais o mesmo.” p.40

Uma das poucas séries que valeu a pena ter dobrado de tamanho, a inicialmente Trilogia Os instrumentos mortais virou uma série com seis volumes, e eu só comemorei, a historia continua ótima! Comecei falando isso, porque estamos todos cansados dos autores que aumentam suas séries e não conseguem manter uma boa historia, parece puro olho gordo, mas aqui a historia é bem diferente. Este é o quinto volume, com Cidade das almas perdidas da Cassandra Clare.

Uma mistura de vários seres sobrenaturais em um romance delicioso e repleto de aventuras. São vampiros, lobisomens, magos fadas... todos eles sobre as leis dos Caçadores de sombras. Uma edição lindíssima e capas que fazem os olhos brilharem, literalmente. Esta é a historia de Clare e Jace, de como eles se encontram, e de como eles se perderam.

Contém spoilers para quem não leu os livros anteriores.

Jace está desaparecido! Ele foi visto pela última vez por Clary, no telhado do prédio onde eles haviam enfrentado e matado o demônio Lilith. O corpo de Sebastian também desapareceu. Todos ficam desesperados. Ninguém tão desesperado como Clary.

Mais uma vez ela está longe de seu amor, ela não sabe nem se Jace ainda está vivo, mas ela saberia não é? Se ele tivesse morto, ela tem certeza que iria sentir.

Sem saber o que fazer, ela e seus amigos tentam de tudo para localizá-lo, inúmeras buscas infrutíferas. Os dois sumiram do mapa. Jace e seu irmão, ela odeia pensar nele assim, mas Sebastian é seu irmão.
“Izzy se levantou, atravessou o quarto e abraçou Alec. Os cabelos escuros de ambos, exatamente da mesma cor, misturavam-se enquanto Isabelle sussurrava ao ouvido do irmão; Clary os observou sem um pingo de inveja. Sempre quis um irmão. E agora tinha um. Sebastian. Era o mesmo que passar a vida querendo um cachorrinho de estimação e receber o cão de guarda do inferno.” p. 25
Agora os feitiços de localização de Magnus não funcionam, e mesmo com a ajuda de Alec, Isabelle, Simon, Maia e Jordan eles não têm nenhuma pista.

Para piorar, eles descobrem que Lilith ligou Jace a Sebastian com sua magia demoníaca. Além de Jace ter virado um servo do mal, não existe maneira de matar um sem aniquilar o outro. A situação fica ainda mais crítica, ninguém acredita que exista uma forma de quebrar o feitiço e salvar Jace. Obviamente, a Clave quer matar Sebastian mesmo assim.

Clary irá tentar, ela está disposta a tudo para salvar Jace, mesmo sem poder confiar nele, mesmo colocando sua própria vida em risco...
“-Deixe-me apresentá-la a meu grande amigo Não.- Talvez possamos chegar a um acordo – sugeriu ela, comendo um pedaço da torta.- Não.- SIMON.- Não é uma palavra mágica – relatou. – É assim que funciona. Você diz ‘Simon, tenho um plano louco e suicida. Você gostaria de me ajudar a executá-lo?’ E eu respondo: ‘Ora, não.’” p.121
~~~~~~~~~~~~~~~

Uma das minhas séries YA de fantasia preferidas. Os personagens são ótimos, o enredo é excelente, a narrativa é deliciosa. Cassandra Clare nos leva por uma montanha russa emocional e não tem dó de partir o coração do leitor. Quando você pensa que tudo esta ruim entre os protagonistas, pode saber que ainda vai piorar. O quarto livro deixou todo mundo de queixo caído, mais um vez, e esta foi a aguardada continuação.

Ok para o enredo, continua instigante e eu continuo desesperada para saber como vai terminar. Porém, este é o primeiro da série que não dei nota 5. Nem eu acreditei, porque sou muito fã, mas achei o ritmo deste volume mais lento. Nem sei apontar exatamente o problema, mas demorei para engatar na leitura e para me empolgar com a historia.

Um pouco por Jace, o Jace do mal é bem sem graça, e perde aquele sarcasmo e aquela postura bad boy que eu adorava. Alec está um porre, seu ciúme do passado de Magnus e sua imaturidade me encheram de preguiça. Isa e Simon, assim como Maia e Jordan, são os casais que se salvam aqui, uns fofos.

Cidade das almas sombrias é também menos engraçado que os anteriores; Simon ainda garante umas piadinhas, mas não tem o mesmo clima, o também me incomodou um pouco.
 
Comparativo de notas e leitores no GR e no Skoob
No mais eu amei os desdobramentos, o final foi bom como sempre e mais uma vez, fico desesperada pelo lançamento logo do último volume da série. A notícia boa é que enquanto esperamos, vamos poder conferir a adaptação do primeiro volume para  o cinema que estreia nesta semana. \o




Com certeza indico para fãs de YA sobrenatural, é uma das poucas séries do estilo que eu encho a boca e digo que é imperdível. Leiam!

Série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare
  1. Cidade dos Ossos (City of Bones)   
  2. Cidade das Cinzas (City of Ashes)
  3. Cidade de Vidro (City of Glass)
  4. Cidade dos anjos caídos (City of Fallen Angels)
  5. Cidade das almas perdidas (City of Lost Souls)
  6. Cidade do fogo celestial (City of Heaventy Fire).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO