target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Cidade das Cinzas - Cassandra Clare

>>  sexta-feira, 20 de maio de 2011

CLARE, Cassandra. Cidade das Cinzas. Rio de Janeiro: Galera Record, 2011. 406p. (Os Instrumentos Mortais, V.2) Título Original: City of Ashes.

“- Acho que é Jace que ele quer atingir. Jace deve ter feito alguma coisa ontem à noite no barco, alguma coisa que deve ter irritado Valentim seriamente. Irritado o bastante para que ele abandonasse qualquer que fosse o plano de antes e bolasse um novo. Luke parecia espantado.
- O que te faz pensar que a mudança de planos do Valentim teve alguma coisa a ver com ele? 
- Porque – disse Clary com total certeza – só Jace pode irritar alguém tanto assim.”

Esta série é perfeita! Apaixonante, surpreendente e mais uma vez terminei o livro querendo que tivesse umas 600 páginas de Jace, Simon e Clare. Bom, é perfeita para mim, quem quiser pode colocar defeitos a vontade, enquanto isso eu mergulho em cada uma das páginas de Cidade das Cinzas de Cassandra Clare.

Em Nova York as noites nunca são tranqüilas, quando demônios e seres inferiores do submundo tomam conta da cidade e se espreitam nas sombras. Os humanos continuam suas vidas monótonas sem nunca desconfiarem do que acontece ao seu redor. Vampiros, lobisomens e demônios à solta. E a paz só é garantida pelos Caçadores de Sombras, eles tentam colocar ordem no caos, como se fosse possível.

A partir daqui contém spoilers se você não leu Cidade dos Ossos. Confira a resenha AQUI.

E foi assim que a vida de Claire mudou para sempre, e agora ela era uma caçadora de sombras assim como Jace, Isabelle e Alec; sua mãe estava no hospital e sem dar sinal de melhoras; Luke não só era um lobisomem como era o líder de sua tribo; Simon tomou coragem e afirmou que ela era sua namorada e ele era o único mundano no meio de toda a confusão. 

Se ainda pode ficar pior ela agora sabe que é filha de Valentim - o mais temido caçador das sombras que se virou contra todos os seus e tentou destruir a Clave - e tinha aquele problema do irmão. Ela ainda não conseguia pronunciar a palavra em voz alta, mas era isso, seu irmão, por mais que seu coração estivesse partido ela deveria seguir em frente.

Quando o segundo dos Instrumentos Mortais é roubado da Cidade do Silêncio por Valentim, a Inquisidora entra em cena e o principal suspeito de ajudá-lo é Jace. Acusado de todos os lados, visto com pária por ser filho do maior inimigo da Clave ele se vê sem aliados e cheio de dúvidas. E agora já não sabe de que lado deve ficar nesta batalha.

Claire precisa enfrentar Valentim, lutar contra uma centena de demônios e aprender a conviver com um Simon muito diferente e um Jace mais irritadinho do que nunca. O problema aumenta quando Clare descobre que talvez não possa confiar tanto em Jace e de repente laços se quebram e amizades são postas em cheque.

Para começar, eu preciso dizer que gostei mais de Cidade das Cinzas do que do primeiro livro da série. No primeiro o leitor fica um pouco confuso, são muitos personagens, muito ser sobrenatural e nem tudo é explicado com detalhes. Na continuação nós já estamos familiarizados com todo o cenário e é só curtir a pura adrenalina no livro.

Do outro lado temos todo o drama da grande revelação do livro anterior, corações apaixonados, corações partidos e um triângulo amoroso que se concretiza.  Adorei a parte do romance, eu sou team Jace sempre! Acho o Simon bem pentelho, adora ficar lá se metendo em tudo e esquece que a Claire mudou e não é mais a menininha que ele conheceu.  Mas reconheço que gostei dele depois do meio do livro, surpresa!

Este é uma daquelas séries que os personagens secundários são muito bem aproveitados, adoro o jeito turrão de Alec, a coragem de Isabelle e as piadinhas de Simon. Jace tirando sarro e chamando ele de “mundano” o tempo todo é ótimo também. Jace é bem inconseqüente na maioria do tempo, eu me irritaria se não fosse apaixonada pelo personagem rs.

Aqui se revela mais sobre a história de Valentim, os poderes dos caçadores de sombras e mais sobre os seres do Submundo. Luke também ganha bem mais destaque na trama. Mas ainda fica muito mistério no ar, a gente fica do lado de cá, roendo as unhas e esperando a continuação.

Bom sem dúvida eu recomendo esta série, está na minha TOP lista de preferidas de sobrenatural. Cassandra Clare escreve maravilhosamente bem, o livro tem romance, mistério, aventura e suspense na medida certa. A evolução da trama é fantástica e você não sente que a autora está enrolando em nenhum momento. Para fechar com chave de ouro as capas são fantásticas, adoro os brilhinhos. =] 

Só para não falar que eu gosto de tudooo, acho as frases da Stephenie Meyer anunciando tudo quanto é livro que é lançado totalmente dispensável! Hehehe.  Já Cassandra Clare é imperdível, LEIAM! Super recomendo!

“Você acha que ela vai conseguir colocar um pouco de juízo na cabeça dele? – perguntou. – A irmã?
- Se ele der ouvidos a alguém, será a ela.
- É bonitinho – disse Maia. Que ele ame a irmã desse jeito.
- É – disse Simon. – É uma graça.”

E não se esqueçam que amanhã tem evento de lançamento de Cidade das Cinzas em BH, espero vocês lá hein! Convite AQUI


Série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare
  1. Cidade dos Ossos (City of Bones)   
  2. Cidade das Cinzas (City of Ashes)
  3. Cidade de Vidro (City of Glass)
  4. Cidade dos anjos caídos (City of Fallen Angels)
  5. Cidade das almas perdidas (City of Lost Souls)
  6. Cidade do fogo celestial (City of Heaventy Fire).

  7. Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO