target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Os instrumentos mortais: Cidade dos Ossos

>>  quarta-feira, 27 de outubro de 2010

CLARE, Cassandra. Cidade dos Ossos. Rio de Janeiro: Galera Record, 2010. 462p. (Os Instrumentos Mortais, V.1) Título Original: City of Bones.

“Inicialmente, foi quase como se ele não quisesse beijá-la: a boca dele estava dura, inflexível; depois ele colocou os dois braços em volta dela, e a puxou para perto. Os lábios suavizaram. Ela podia sentir os batimentos rápidos do coração dele, o gosto doce da maçã ainda na boca.”

Ele sem dúvida tem romance, magia e ação da primeira a última página. Aqui também não ficou de fora a eterna batalha do bem contra o mal, todo tipo de ser sobrenatural que você conseguir imaginar, um triângulo amoroso e uma luta mortal. Eu estou falando de Cidade dos Ossos de Cassandra Clare, vai perder?

Nova York. É noite. O Pandemônio. Escuridão, fumaça e gelo-seco. Clary Fray está em companhia de seu melhor amigo Simon, quando algo estranho lhe chama a atenção. Ela resolve seguir o atraente menino de cabelo azul, não imagina que eles irão assassiná-lo. Em choque ela observa o lindo garoto loiro e dois outros adolescentes com armas desconhecidas e atitude cruel. Eles são os caçadores de sombras, ela não deveria conseguir vê-los.

Jace, Alec e Isabelle não entendem como a garota mundana consegue enxergar através da névoa, enquanto Clary está assustada demais depois de ver o garoto de cabelo azul simplesmente desaparecer. Jace é um Nephilim, destinado a proteger a humanidade contra todo tipo de demônio e outras criaturas do mal e agora talvez também tenha que proteger a garota humana e descobrir como ela tem a visão. 

Clary perdeu o pai antes de nascer e foi criada apenas por Jocelyn, sua mãe linda e talentosa. A pessoa que mais se aproximou de um pai foi Luke o melhor amigo de sua mãe. Além deles ela tinha apenas Simon. E na noite seguinte, ela perderia sua pequena família. Sua mãe desaparece misteriosamente, Clary é atacada por um demônio e salva por Jace. Sim, Jace... loiro, olhos azuis, sorriso convencido e jeito arrogante. 

Após o ataque Clary é levada ao Instituto, onde vive Jace e seus amigos. Juntos eles tentam entender porque uma humana qualquer foi atacada por um demônio e quem estaria por trás do plano. Desesperada para descobrir o que aconteceu com sua mãe, ela se envolverá nos mistérios da Clave e do mundo das sombras. 

Os caçadores de sombras combatiam os demônios, tentando manter um acordo mútuo com todos os seres sobrenaturais: vampiros, lobisomens, feiticeiros e muitas outras raças que poderiam viver em harmonia desde que respeitassem os humanos. Valentim, um destes caçadores, não concordava com estes acordos e achava que apenas os puros deveriam sobreviver, ele e seus aliados guerrearam contra a Clave e foram mortos ou banidos de sua terra natal. Os caçadores eram criados a partir do cálice mortal, um instrumento milenar que a muito havia desaparecido misteriosamente.

Onde estaria o cálice mortal? Perdido ou destruído? O que teria Clary e sua mãe em comum com este mundo? Por que ela conseguia enxergar através da névoa? Que estranho interesse levava Jace a querer protegê-la? Quem havia seqüestrado sua mãe e onde ela estava? O destino de todos está ligado, desvendar este mistério é a única forma de sobreviver.

“Jace pareceu ofendido.
- Um diário sem desenhos de mim? Onde estão as fantasias tórridas? As capas de livros de romance? Os...
- Por acaso TODAS as garotas que te conhecem se apaixonam por você? – Clary perguntou suavemente.
A pergunta pareceu desinflá-lo como um alfinete estourando um balão.
- Não é paixão – ele disse após uma pausa. – Pelo menos...
- Você poderia tentar não ser tão charmoso o tempo todo – disse Clary. – Pode ser um alívio para alguns.”

Não sei se depois disso tudo você ainda tem alguma dúvida que este livro é viciante, mas para não deixar dúvidas... Cidade dos Ossos é pura adrenalina. Durante a leitura você não tem um minuto de calmaria, no primeiro capítulo a ação se inicia e só termina no ponto final. No começo achei o livro legal, mas tinha muita informação, pouca introdução e eu cheguei a me sentir cansada de tantas pessoas e cenários diferentes. Ai de repente o livro owwwwwwwwww da uma reviravolta e eu não consegui me desgrudar. 

O livro não é todo focado no romance, na verdade eles passam a maior parte do livro discutindo e se provocando, um fator que eu gostei muito (estou ficando cansada dos livros com “amor ETERNO a primeira vista” rs), além de tudo ser muito leve já que a protagonista tem apenas 15 anos.  Um triângulo amoroso surge naturalmente, mas eu não me senti nem um pouco dividida entre os dois mocinhos, Jace é irresistível. Com toda sua aura de bad boy, seu jeito fechado e sua pinta de quem não está nem aí. 


Mesmo a história me conquistando totalmente, não achei o livro perfeito; primeiro pela confusão de cenários e pessoas deixando o início muito corrido. Em segundo para não abordar muito bem alguns personagens importantes da história como Valentim, Jocelyn e até o próprio Simon (apesar de isso poder ser corrigido na seqüencia da série) e depois aquela história da protagonista ser sempre fodona e aprender  em horas o que as pessoas levam a vida toda treinando rs. 

O enredo envolve inúmeros personagens e situações de todos os tipos, desde uma visita a uma feiticeira até uma invasão a toca de vampiros e é ai que o romance cede completamente o lugar para a aventura.  E o final? Me deixou literalmente de queixo caído, agora estou com depressão pós-livro e esperando ansiosa pela continuação.

Preciso falar que recomendo? Leiam sem sombra de dúvidas, sem medo e sem limite de faixa etária. Se ama os sobrenaturais e está cansada da mesmice se aventure com Cidade dos Ossos, um dos TOP de 2010 e com certeza a capa mais linda do ano. Esta série é irresistível! 

Série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare
  1. Cidade dos Ossos (City of Bones)  
  2. Cidade das Cinzas (City of Ashes)
  3. Cidade de Vidro (City of Glass)
  4. Cidade dos anjos caídos (City of Fallen Angels)
  5. Cidade das almas perdidas (City of Lost Souls)
  6. Cidade do fogo celestial (City of Heaventy Fire).

  7. Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO