target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Cidade do fogo celestial - Cassandra Clare

>>  quarta-feira, 1 de outubro de 2014

CLARE, Cassandra. Cidade do fogo celestial. Rio de Janeiro: Galera Record, 2014. 532p. (Os Instrumentos Mortais, v.6) Título Original: City of Heavenly fire.

“E é por isso que vamos com você – disse Isabelle. – Você precisa da gente. Precisa de mim e de Alec para te ajudar, do modo como sempre fizemos. Precisa dos poderes dos símbolos de Clary e da força de vampiro de Simon. Essa luta não é só sua. Se nos respeita como Caçadores de Sombras e como seus amigos, a todos nós, então iremos com você. Simples assim.
- Eu sei – concordou Jace, em voz baixa. – Sei que preciso de vocês.” p.257

Como essa autora arrasa e diva e samba em cima do coração dos leitores! Vocês sabem que tenho receio com finais de séries e essa ainda foi uma trilogia que dobrou de tamanho, mas a autora soube desde o início trabalhar o enredo de cada novo volume. Os instrumentos mortais tem realmente um quê de Harry Potter, principalmente no sentido de deixar os fãs sempre querendo mais. Você não enjoa do enredo, nem dos personagens e o final deixa sempre um gostinho de saudade. Hoje vou contar para vocês o que achei do final da série com Cidade do fogo celestial da Cassandra Clare.

Uma mistura de vários seres sobrenaturais em um romance delicioso e repleto de aventura e muita ação. São vampiros, lobisomens, magos, fadas... todos eles sobre as leis dos Nephilim, os Caçadores de sombras. Uma edição lindíssima e capas que fazem os olhos brilharem, literalmente. Esta é a historia de Clare e Jace, de como eles se encontram, e de como eles se perderam. E de como se encontraram mais uma vez...

Contém spoilers para quem não leu os livros anteriores, confira as resenhas.

Clary e Jace, Alec e Isabelle tentam voltar a uma rotina “normal” após todas as coisas terríveis que enfrentaram, mas eles sabem que o pior ainda está por vir. Sabem que Sebastian criou o cálice infernal e agora é capaz de transformar Caçadores de sombras em seres infernais, controlados por ele. Os demônios estão ao seu lado e ele busca a destruição total.  

Não que eles não tenham seus próprios problemas para se preocupar. Jace é portador do fogo celestial, um fogo que o consome, precisa sempre se manter calmo e controlado, qualquer adrenalina pode ser fatal. E um Jace "calmo e controlado" não é um objetivo fácil de atingir. Ou seja, nada de carícias com a namorada, e Clary está muito frustada. Alec luta para sobreviver ao coração partido depois de ter sido abandonado por Magnus. Isabelle e Simon, estão juntos, embora eles não saibam muito bem o que isso significa.

A Clave, como sempre, ignora os avisos e se prepara para uma guerra como sempre fizeram, eles não têm ideia do que os esperam. Alguns acreditam que os Caçadores de sombras transformados podem ser capturados e curados, não conseguem vê-los como demônios, ainda os enxergam como um deles. 

Nem quando o Instituto de Los Angeles caiu, tomaram consciência real do que estava por vir. Emma Carstairs, 12 anos, enfrentou com a coragem de sempre os eventos que se seguiram, assim como seu melhor amigo, Julian Blackthorn. Eles perderam muito naquele dia e tiveram que depor para o conselho, em Idris. E depois disso todos os Caçadores foram convocados para lá, para se prepararem para a guerra.

Eles não faziam a menor ideia, mas enfrentariam de frente o maior dos males, um garoto com sangue de demônio e alma de Caçador de Sombras. Que buscava o fim do mundo e o nascimento de uma nora era.

~~~~~~~~

Final perfeito! Amei, como quase todos os livros da série, acho que o único que não ganhou nota 5 foi o penúltimo, mas ela fechou com chave de ouro. Este foi o melhor de todos, sofri junto com os personagens, chorei de tristeza e de pura emoção, torci os dedos por um final feliz para todos eles. E a autora foi bem razoável, ainda mais se tratando de uma guerra, se fosse a Suzanne Collins o dobro e mais um pouco teria morrido hehe. Ao terminar pensei que poderia ter sido mais realista, mas depois mudei de ideia, foi tudo como tinha que ser.

Os personagens amadureceram, os cinco (Clary, Jace, Alec, Isabelle e Simon) formam um grupo unido e inseparável. Juntos eles enfrentam o que aparece pela frente, cientes que nem todos irão sair vivos da batalha. Sebastian é pura crueldade, chega dar medo e faz o leitor duvidar que os mocinhos escapariam dessa. Outros personagens ganham destaque, as crianças fofas, Emma e Julian, a lobisomem Maia, o vampiro Raphael e muitos outros caçadores e membros do submundo. Crary evoluiu muito, aqui ela deixa todo o mimimi de lado e está pronta para o que der e vier. Jace consegue controlar seu lado impulsivo, algumas vezes, o que já é um avanço. ^^

Quando o livro caminhava para o final senti que a autora deu atenção demais a alguns personagens, em especial Emma e Julian, mas não só a eles. Depois fica claro que a maioria dos Caçadores não irá mudar, seu jeito preconceituoso de ver o mundo sempre vai render muitas desavenças, agora com um ser do submundo em especial. Então não fiquei surpresa ao terminar e descobrir (a desinformada) sobre a nova trilogia da autora!!! \o \o \o The dark artifices começa com Lady Midnight (previsto para setembro de 2015 nos EUA) e se passará 5 anos após o final deste livro, tendo como protagonistas Emma e Julian, adorei.

Neste volume também vemos alguns dos personagens da trilogia As peças infernais, as duas séries meio que se intercalam, mesmo Anjo mecânico começando muitos anos antes, alguns personagens vocês sabem, são imortais. Então se vocês querem ler as duas series, e vocês deveriam ler, não indico que vocês leiam os livros 4, 5 e 6 antes da trilogia. E nem vejam muitas resenhas deles, eu não vou citar os personagens por isso, mas muita gente por aí soltou spoilers da trilogia sem nem avisar aff. De qualquer forma, para quem já terminou a trilogia é uma delícia reencontrar alguns dos personagens, ou pelo menos, seus descendentes.

Falando em descendência, todo final de livro da autora deveria ter uma árvore genealógica das famílias, minha cabeça da até volta tentando lembrar dos sobrenomes em comuns nas duas séries rs. E gente, quem só viu o filme, peloamor, leiam os livros, nem vou comentar que porcaria tristeza de adaptação viu.

Isso está gigante, mas como é que eu termino tendo certeza de que convenci todo mundo a ler?! A autora é sensacional, o enredo dá de dez a zero as séries de fantasia/sobrenatural adolescentes que vimos por aí e os livros são todos incríveis.  Dúvidas? Parem tudo e vão ler agora! Leiam!!

Série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare
  1. Cidade dos Ossos (City of Bones)   
  2. Cidade das Cinzas (City of Ashes)
  3. Cidade de Vidro (City of Glass)
  4. Cidade dos anjos caídos (City of Fallen Angels)
  5. Cidade das almas perdidas (City of Lost Souls)
  6. Cidade do fogo celestial (City of Heaventy Fire).
Avaliação (1 a 5):

Comente, preencha o formulário e concorra ao Kit top comentarista de setembro!

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO