target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Coração ardente - Richelle Mead

>>  quarta-feira, 26 de novembro de 2014

RICHELLE, Mead. Coração ardente. São Paulo: Editora Seguinte, 2014. 412p. (Bloodlines, v.4). Título original: The fiery heart.

“A magnitude do que eu enfrentava caiu com tudo em cima de mim. Estávamos à beira de uma das maiores descobertas da história de nossa raça e todos estavam esperando que eu a desvendasse. Logo eu! O que tinham na cabeça? Eu não era um gênio como Sydney. Não passava de um moleque mimado que lutava diariamente contra a tentação do armário de bebidas e não conseguia terminar O grande Gatsby. Quem era eu para fazer aquilo?” p.120-121

Hoje vou falar sobre o quarto volume do spin-off de Vampire Academy, a série Bloodlines. O livro anterior deixa o leitor enlouquecido para ter este em mãos e eu não via a hora de saber o que iria acontecer com Adrian e Sydney. Confira o que achei sobre Coração ardente da Richelle Mead.

Como eu disse na resenha de Laços de sangue, não indico a leitura da série antes da anterior, leiam VA! Na série acompanhamos a alquimista Sidney Sage em sua nova missão, proteger a moroi Jill de vampiros dissidentes que planejam sua morte. Ao seu lado estão o guardião Eddie Castile e o moroi Adrian Ivashkov. Além disso, a vida de Sidney é sempre repleta de muitos problemas e investigações, e enquanto protege a moroi Jill muita coisa acontece ao seu redor.

A partir daqui contém spoilers se você não leu os livros anteriores.

A alquimista Sydney Sage deixou para trás os preceitos alquimistas e se entregou completamente as suas próprias convicções. Isso inclui ter quebrado o poder da tatuagem dos alquimistas e assumir seu amor pelo moroi Adrian Ivashkov. Ou melhor, admite seus sentimentos para ele, mas os dois mantém uma relação secreta, que se descoberta, pode mandá-la para a reeducação ou coisa pior. Para completar sua irmã de 15 anos, Zoe, foi inserida na missão e sua tarefa de despistar os alquimistas fica ainda mais difícil. Ao mesmo tempo que mantém seu segredo, ela tenta mostrar a Zoe que as crenças alquimistas são preconceituosas e erradas.

Enquanto isso um Adrian completamente apaixonado está dividido entre o dever e sua sanidade. Ele está sujeito à loucura que acompanha o espírito e precisa se tratar para impedir maiores consequências, ao mesmo tempo, quer usar o espírito para ajudar a descobrir algo que impeça os strigoi de transformar moroi e vampiros em um deles. O namoro com Sydney também é prejudicado por seu laço com a moroi Jill, já que a moroi foi beijada pelas sombras e consegue ver através da mente tudo o que se passa com Adrian, inclusive suas cenas românticas com a namorada.

Sydney continua envolvida com seu treinamento em magia e sua presença constante ao lado da Professora Terwilliger deixa sua irmã muito desconfiada. Ela está pesquisando uma tinta capaz de quebrar os poderes da tatuagem alquimista, e ela não é de desistir de uma missão. Quando os segredos de Sydney tornam-se perigosos tudo pode acontecer, ao mesmo tempo, Adrian sofre com sua decisão.

~~~~~~

Uma ótima leitura como todos da série, Richelle conquista o leitor logo no início da série e depois já ficamos apegados aos personagens e torcendo incansavelmente por eles. Neste volume muita coisa está acontecendo, Sydney e Adrian namorando escondido e completamente fofos e apaixonados, Zoe se metendo em tudo e criticando todas as atitudes da irmã – menininha insuportável. Os outros personagens continuam com a bagunça de sempre: Angeline gostava de Eddie e agora gosta de Trey que é um guerreiro da luz e portanto impedido de ficar com uma dampira, ai ela finge gostar de Neil, o novo dampiro no pedaço. Jill gosta de Eddie que não admite gostar dela, então ela finge gostar de Neil. Eddie sofre calado.Neil aparentemente não gosta de ninguém até que... rs.

Sydney é inteligente e cheia de atitude, a personagem cresce muito no decorrer dos livros. Adrian também amadureceu, está focado em ajudar com o espírito, ao mesmo tempo que deixa todos seus vícios de lado para provar para Sydney que pode ser uma pessoa melhor.

Achei o namoro de Sydney e Adrian excessivamente meloso, fiquei com preguiça de tanta declaração de amor. Por um lado este volume é o primeiro que alterna a narrativa entre os dois, o que é foi muito legal. Por outro o Adrian narrando é tão meloso e tão apaixonado que me deu preguiça. Saudade do Adrian engraçado e sarcástico, ele passa o livro todo: se declarando para Sydney, tendo uns amassos com Sydney, pedindo desculpas para ela, tentando provar para ela que pode ser uma pessoa melhor, se amargurando por não ser bom o suficiente para ela... enfim, bem porre. Se o enredo não fosse tão bom eu não teria curtido o livro.

Tem muitos desdobramentos emocionantes e o final foi de matar, preciso do quinto volume com urgência, espero que não demore a ser lançado.  Quem leu me conte o que está achando da série, leiam. ^^

Série Bloodlines da Richelle Mead
  1. Laços de sangue (Bloodlines)
  2. O lírio dourado (The golden Lily)
  3. O feitiço azul (The índigo spell)
  4. Coração ardente (The fiery heart)
  5. Sombras prateadas (Silver shadows)
  6. O círculo rubi (The ruby circle).
Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO