target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Para Sir Phillip, com amor - Julia Quinn

>>  quarta-feira, 18 de março de 2015

QUINN, Julia. Para Sir Phillip, com amor. São Paulo: Editora Arqueiro, 2015. 288p. (Bridgertons, v.5). Título original: To Sir Phillip, with love.

“- ... mas então eu... – Ela levantou o rosto, piscando aqueles olhos acinzentados devastadores para ele e, por um estante, Phillip ficou tonto. – Sim?
Agora que tinha a atenção dela, ele parecia ter esquecido o que queria dizer.
- Humm.. quem é você? – perguntou.
Ela o encarou por uns bons cinco segundos, depois entreabriu os lábios, surpresa, e por fim respondeu:
- Eloise Bridgerton, é claro.” p.35

Qualquer livro da série Os Bridgertons é certeza de diversão e sorriso no rosto. Os dois livros anteriores foram meus favoritos até agora, então estava ansiosa pelo próximo. No quinto volume a autora conta a história da Eloise em Para Sir Phillip, com amor da Julia Quinn.

Cada livro fala sobre um dos irmãos da família Bridgertons, e por isso são independentes. A resenha não contém spoilers dos livros anteriores, caso queira confiram as resenhas de O duque e euO visconde que me amavaUm perfeito cavalheiro e Os segredos de Colin Bridgerton.

Londres, 1824
Eloise Bridgerton sempre foi espirituosa e cheia de atitude, sua língua solta e seus modos decididos fizeram com que a mãe tivesse dificuldade em lhe arrumar um pretendente. Com 28 anos, depois de rejeitar cinco pedidos de casamento, ela estava satisfeita com a condição de solteirona... até que sua melhor amiga se casou. Estava feliz por eles, de verdade, mas isso fez a moça pensar no que iria fazer no futuro.

Entre seus hobbies preferidos, escrever cartas era do que mais gostava. Ao enviar uma correspondência de pêsames ao viúvo de uma prima distante, não imagina que ele iria lhe responder de forma tão atenciosa. E assim eles começam a se corresponder.

Sir Phillip nunca teve muita paciência com as crianças, depois que perderam a mãe de forma trágica, os gêmeos se tornaram impossíveis. Ele se refugia em sua estufa e deixa a cargo dos empregados a tarefa de lidar com os pestinhas. Mas depois de muita confusão, sabe que é hora de arrumar uma nova esposa. Resolve então fazer uma proposta a Eloisa, com quem vem se correspondendo há algum tempo. Aparentemente a moça é uma solteirona, mas pelo menos é simpática, inteligente e serve para o papel.Tem a esperança de que ela não seja muito feia.

Quando Eloise recebe uma carta com a proposta de conhecer Sir Phillip e, quem sabe, se casar com ele, ela resolve aceitar o convite. Talvez pela necessidade de mudança, ou por estar encantada e curiosa para conhecer o autor daquelas cartas. Encontra um homem rude e prático, bem diferente dos cavalheiros londrinos. Ele se assusta com a moça que fala sem parar, mas na maior parte do tempo, está encantando demais com sua beleza para reparar. E agora, os dois precisam resolver se são compatíveis e adequados para a vida a dois.

~~~~~~~~

Os livros da série são sempre divertidos e muito gostosos de se ler, este não fica atrás. São travessuras, confusões, diálogos atravessados e personagens ótimos. Agora, se for comparar com os anteriores, foi dos que menos gostei. E eu adorei, é só que eu amei alguns e este não foi um favorito.

Eloise é ótima. Eu adorei sua língua grande, seu jeito prático e decidido, sua mania de falar sem pensar e depois se amaldiçoar por isso. Gostei da forma como ela resolve algo e segue em frente. E a paciência que ela tem com Sir Phillip e com as duas pestinhas que ele chama de filhos, é de tirar o chapéu rs. Mas eu não gostei do mocinho, não do personagem em si, apenas não gostei dele a ponto de suspirar pelo casal como nos anteriores. Phillip é mal humorado demais, grosso, cego que nem uma toupeira. A forma como ele ignorava os filhos até quase o final me irritou. Ele tinha um drama passado e etc e tal, mas para mim não justifica aquela atitude. As duas crianças garantem passagens engraçadas, mas nossa senhora, eu tinha esganado os dois no lugar da Eloise Santa Bridgerton rsrs.

Senti falta de Penélope. Como assim a melhor amiga da Eloise nem aparece? Só é citada brevemente. O falto dela sair de Londres durante a história corta grande parte da interação com o resto da família, e são as partes das quais mais gosto. Os irmãos até têm um papel importante, mas as irmãs e a mãe praticamente não aparecem. Achei o final meio sem graça também, não é ruim, é só que tudo se resolve muito rápido e não houve surpresas nesse sentido. Sei que este livro é o favorito da série para muita gente, mas não me apaixonei por ele.

De qualquer forma, a série continua entre minhas queridinhas, sou fã da família e indico muito a leitura para quem gosta de romances de época. Leiam!

Adicione ao seu Skoob!

Série Os Bridgertons da Julia Quinn
  1. O duque e eu (The Duke and I) – Daphne e Simon
  2. O visconde que me amava (The Viscount who loved me) – Anthony e Kate
  3. Um perfeito cavalheiro (An ofter from a gentleman) – Benedict e Sophie
  4. Os segredos de Colin Bridgerton (Romancing mister Bridgerton) – Colin e Penelope
  5. Para Sir Phillip, com amor (To Sir Philip, with love) – Eloise e Sir Phillip
  6. O conde enfeitiçado (When he was wicked) - Francesca e Michael
  7. Um beijo inesquecível (It’s in his Kiss) - Hyacinth e Gareth
  8. A caminho do altar (On the way to the wedding) - Gregory e Lucinda
Happily ever after (ainda não lançado no Brasil).

Avaliação (1 a 5):

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO