target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

Amor sem limites - Abbi Glines

>>  terça-feira, 14 de outubro de 2014

GLINES, Abbi. Amor sem limites. São Paulo: Editora Arqueiro, 2014. 192p. (Rosemary Beach, v.3). Título original: Forever too far.

“- O que foi? – perguntei, com medo de me mexer.
- Ela foi embora. As malas dela sumiram. E ela não está em outro quarto, porque eu procurei – respondeu Harlow.
Balancei a cabeça e entrei.
- Foi embora? Ela não pode ter ido embora! Para onde teria ido?
- Provavelmente para algum lugar onde não precise lidar com as merdas de Nan e com o noivo saindo correndo e deixando-a sozinha, sem atender às suas ligações. É o que eu acho. Você é um idiota, exatamente como eu, filho – falou Dean com desprezo antes de se afastar.” p.94

Essa autora deveria escrever novela Mexicana... Me lembro daquelas Maria (s) do Bairro, sim, num passado muito muito distante eu já assisti novela Mexicana no SBT. Enfim, sabe aquela protagonista insegura, boba, sofredora, sofredoraaaa de novo porque é muito sofrimento mesmo, linda e inocente? E sabe aquele cara lindo, rico, pegador e que nunca se apaixonou? Junta-se a megera, não qualquer vilã, aquela que é pior que praga, dor de dente e um prato de jiló e... Pois é, pois é, pois é (sim, eu assisti Chaves também ^^) voilà, temos os livros da Abbi Glines. E não estou reclamando, o trem é viciante igualzinho novela e é tão “ai que amor” que se você torcer (não torça seus livros) pinga melaço. E isso tudo é porque vou falar do último volume da trilogia Too far com Amor sem limites.

Em Paixão sem limites Blaire comeu o pão que o diabo amassou, e pelo jeito, seu sofrimento não está perto de terminar. Sua mãe adoeceu e ela cuidou dela sozinha até o dia em que morreu. O pai abandonou  a família, se casou novamente e não apareceu nem para o enterro. Ela ficou sozinha, sem grana e sem nenhum futuro. Sua única solução foi ir atrás do pai, mas em seu lugar, ela encontra Rush Finlay. Ele queria odiar a filha do novo marido oportunista da mãe, ela queria recomeçar e só encontrou hostilidade. Até que o menino rico e bad boy se interessa pela menina sofrida e boazinha...

A partir daqui contém spoilers se você não leu Paixão sem limites e Tentação sem limites.

Blaire Wynn e Rush Finlay finalmente estão juntos e planejando a chegada do filho. O casamento está marcado e Rush todo alegria e preocupação com a felicidade de Blaire. Ela está com os hormônios em polvorosa, excitada com a nova vida com Rush, e claro, assustada com suas emoções e suas lágrimas por qualquer coisinha. A casa de praia em Rosemary nunca esteve tão alegre, até que eles recebem uma visita surpresa.

Dean Finlay é um famoso astro de rock que nunca vem a cidade, e qual não é sua surpresa quando encontra o filho completamente apaixonado e pronto para ser pai. Ele e Blaire se dão bem instantaneamente, mas ele não veio a passeio. Ele veio implorar a ajuda do filho para lidar com Nan, sua meia irmã lunática, mimada e descontrolada. Ela agora descobriu que é filha de Kiro, outro dos membros da banda, e está assombrando a mansão da banda em Los Angeles. Ainda mais depois de descobrir que o novo pai tinha uma outra filha, Harlow, e que cuidara da menina ao contrário do que fez com ela.

Eles acabam indo para Los Angeles tentar ajudar, mas como Blaire esperava, os problemas da família de Rush sempre são prioridade e mais uma vez pode destruir o relacionamento do casal.


~~~~~~~~

Eu sempre devoro os livros da autora em um dia, são muito viciantes. Apesar disso, eu achei este volume extremamente desnecessário. Tirando a parte que introduz a história de Woods e Della (Estranha perfeição), pareceu apenas um epílogo longo demais. Blaire continua insegura e dramática, Rush continua possessivo e controlador, Nan continua sendo uma vaca com V maiúsculo. Ai que preguiça, parecia uma reprise dos livros anteriores.

Falando em Estranha perfeição, a anta aqui esqueceu que tinha que lê-lo primeiro, estava doida para concluir esta trilogia e inverti a ordem da leitura. Ai que arrependimento, conta tanto spoiler do outro livro! Se você pretende ler os dois não faça o mesmo que eu, que arrependimento. O livro do Woods é um spin-off, mas a história começa antes, então muitos eventos foram citados nos dois livros aff.

Voltando ao livro, apesar de reclamar do exagero e do drama sem fim, gostei de conhecer melhor o pai de Rush e ver Blaire tentar se reaproximar do pai.  Gostei das histórias paralelas em geral, os livros têm ótimos personagens secundários. Morri de preguiça das cenas de sexo, achei muito exagerado para um livro tão fininho (e duvido que uma grávida normal tem este fogo todo, sério). O pai da Blaire foi um escroto, mas é pai dela e ela não tem mais ninguém da família. Fazendo um hiato, eu fico admirada com a capacidade de perdoar dessas protagonistas, fico imaginando que se fosse comigo mandava todo mundo pro inferno. Além disso, ficamos conhecendo a tímida Harlow, que com certeza volta como par romântico do Grant em Take a chance. Pois é, tem esta trilogia, aí tem a duologia do Woods - Perfection, depois tem a duologia do Grant – Chance. O leitor não precisa ler os outros se não quiser, mas eu quero ler todos. Só desisto se ela quiser escrever um livro da Nan, o criatura maldita essa mulherzinha.




O vídeo acima é a música que Rush escreveu para Blaire e cantou durante este livro, confiram, achei a música perfeita para a história. :-)

O final foi fofo e vou adorar vê-los fazendo uma ponta nos outros livros, como eu disse, apesar do dramalhão todo eu curto a leitura. São simples, despretensiosos, mas deliciosos para quem gosta de romances mais calientes e dramáticos. Quem leu me conte o que achou! ^^

Rosemary Beach da Abbi Glines
  1. Paixão sem limites (Fallen too far) - Rush & Blaire
  2. Tentação sem limites (Never too far) - Rush & Blaire
  3. Amor sem limites (Forever too far) - Rush & Blaire
  4. Rush sem limites (Rush too far) - Rush & Blaire
  5. Estranha perfeição (Twisted perfection) - Woods & Della
  6. Simples perfeição (Simple perfection)  - Woods & Della
  7. A primeira chance (Take a chance) - Grant & Harlow
  8. Mais uma chance (One more chance) - Grant & Harlow
  9. You were Mine (os demais não lançados no Brasil) - Tripp
  10. When I'm Gone
  11. Wen you're back
  12. The best goodbye
  13. Up in flames
Avaliação (1 a 5): 3,5

Postar um comentário

Posts Recentes

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO