target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Viaje com as séries
target="_blank">some alt text
Viaje comigo
target="_blank">some alt text
Ofertas Submarino
target="_blank">Some alt text
Os melhores do ano
target="_blank">Some alt text
Viajando no mundo das cores

A coroa - Kiera Cass

>>  sexta-feira, 8 de julho de 2016

CASS, Kiera. A coroa. São Paulo: Editora Seguinte, 2016. 310p. (A seleção, v.5). Título original: The crown.

“Eu tinha poder e nenhuma ideia de como usá-lo. Era uma governante que não sabia liderar. Uma gêmea sem meu irmão. Uma filha de pais ausentes. Tinha meia dúzia de pretendentes e não sabia direito como me apaixonar.” p.40

Depois do primeiros três livros de A seleção a história dá um salto de 20 anos no tempo e ficamos conhecendo A herdeira. A protagonista agora é Eadlyn, a princesa de Illéa. A cada livro a história foi deixando de ser uma distopia, e se tornando totalmente um YA de fantasia. E hoje vou contar o que achei do final da série com A coroa da Kiera Cass.

Contém spoilers se você não eu os livros anteriores da série.

Eadlyn é a primeira princesa a passar por sua própria seleção. Normalmente só príncipes passaram pelo processo, sendo seu pai, Maxon, o último deles. Ela desprezou o processo e seus participantes, mas acontecimentos tristes fizeram com que a jovem amadurecesse rápido. Ela agora buscava ser uma pessoa melhor, aprendeu muito com cada um dos seus 35 pretendentes, e agora, que só restava sua elite, precisava levar a sério o processo e escolher seu companheiro.

As vezes o amor prega peças. Ela não faz ideia do que era verdadeiramente se apaixonar. E essa não é nem a decisão mais difícil que precisa tomar. Com a partida de seu irmão gêmeo, Ahren, e com tudo o que estava acontecendo com sua mãe, América, ela precisava ser forte. Levar a sério sua função para dar aos pais um pouco de tranquilidade.

Quem seria o escolhido?! Kile, o filho de grande amigos de seus pais, que vivia no palácio e por quem ela aprendera a sentir grande afeição... ou Hale, sempre com um sorriso gentil e disposto a ajudar. Talvez Henri, o estrangeiro fofo que tinha grande dificuldade em aprender o idioma dela. Talvez um deles... mas como escolher com qual desses rapazes ela iria compartilhar a vida,  e uma coroa?

~~~~~

Apesar de ter amado o primeiro, A seleção, a série é bem inocente e romântica, parece mais um conto de fadas. Como um todo, a série está mais indicada ao público pré-adolescente do que ao jovem adulto. Tanto que ele começou sendo classificado por todo mundo como distopia e com o passar dos livros ficou claro que na verdade os livros estão mais para um YA de fantasia. Isso fez com que eu desgostasse um pouco, eu queria mais do que o romance. O livro anterior, A herdeira, me irritou bastante no início, a protagonista era insuportável, mas foi amadurecendo até o final do livro e tudo melhorou. E nesse volume tudo melhorou, olhando como um conto de fadas, a história é fofa, bonitinha e romântica.

Nesse aspecto o livro me agradou muito, adorei ver Eadlyn amadurecendo e se tornando realmente a herdeira do trono. Seus dilemas com os garotos, o lado especial de cada um, tudo foi muito interessante e bonitinho. O romance não foi bem desenvolvido.  A autora mudou o rumo óbvio da história e trouxe um mocinho improvável para a disputa, para mim funcionou, apesar de completamente novelesco, o final foi bem gracinha. Mas por essas mudanças, o romance ficou bem vapt-vupt. Acho que ela quis surpreender, ou então nem ela sabia quem “Eadlyn iria escolher” quando começou a escrever.

America e Maxon vão morar para sempre no meu coração. A parte deles nesse livro é tão marcante e tão fofa, que me vi emocionada em vários momentos. Amor lindo, é muito legal ver o depois do “felizes para sempre”, como acontece aqui. 

O final foi corrido também e não foi muito bem desenvolvido, mas como eu disse... conto de fadas. Se tudo aquilo fosse analisado não funcionaria nunca, mas eu terminei o livro com um suspiro de alegria e um sorriso no rosto. E quando o dilema com o mocinho foi revelado, gente, confesso, até chorei hehe.

O público mais velho já deve estar cansado desse tipo de história, mas é uma escolha perfeita para as meninas entre 12 e 15 anos que curtem esse estilo. É muito fofo e romântico. Fica a dica de leitura, leiam.

Adicione ao seu Skoob!

Série A seleção de Kiera Cass
  1. A seleção (The selection)
  2. A elite (The elite)
  3. A escolha (The one). 
  4. A herdeira (The heir)
  5. A coroa (The crown)
Interligados:
O príncipe (conto interligado disponível para download no site da Editora).
- O guarda (conto interligado disponível para download no site da Editora).
- A rainha
- A favorita.


Avaliação (1 a 5): 3.5

Comente, preencha o formulário, e concorra ao Kit Top comentarista de julho.

Postar um comentário

  © Viagem Literária - Blogger Template by EMPORIUM DIGITAL

TOPO